publicidade

Fã de violão e pai coruja, Rafael avalia 2023: "Espero ficar no São Paulo até o fim da carreira"

Um cara tranquilo e muito família. É desta maneira que o goleiro Rafael se define quando está fora de campo. Nas férias, ele quer curtir os momentos em paz em Minas Gerais para voltar ao São Paulo em 2024 e fazer uma temporada ainda melhor.

+ Siga o canal ge São Paulo no WhatsApp

O ano de 2023 foi o melhor da carreira de Rafael. O título da Copa do Brasil, as conquistas individuais e o nascimento da filha coroaram um início de São Paulo marcante. E por ele, essa sinergia com o clube pode se estender por um longo período.

– É especial (estar aqui). Estou amando e espero ficar até o final da minha carreira como goleiro do São Paulo , porque o que eu vivo aqui é algo magnífico e maravilhoso. Se o presidente me chamar ali e quiser renovar até o final da minha carreira, eu já assino aqui agora (risos). O meu sim ele já tem – afirmou Rafael.

Mais do São Paulo : + Independiente faz proposta por Alan Franco; saiba mais + Quem foi bem? Quem foi mal? A temporada do São Paulo + Kaká e Kobe Bryant: as inspirações de Galoppo para fazer sucesso

"Melhor ano da vida": De férias, Rafael projeto 2024 ainda melhor

Em uma papo exclusivo com o ge , Rafael fez um balanço da sua temporada e citou as metas para o próximo ano. Com a volta do clube à Conmebol Libertadores, também aumenta a responsabilidade.

– A gente tem que ir em busca disso, a gente sabe que a cobrança vai ser maior, a responsabilidade vai ser maior não só dos torcedores, da imprensa, mas nossa também. Nós vamos enfrentar grandes adversários, mas nós temos também sabedoria que se a gente continuar se dedicando, trabalhando e fazendo nosso melhor, a gente está muito próximo de chegar nessas competições.

O goleiro também revelou seu hobby, tocar violão, e como aprendeu sozinho o instrumento.

Leia abaixo o papo com o goleiro do Tricolor:

O que você gosta de fazer no período de férias? – Toda vez que eu saio de férias, eu gosto de ficar quietinho. Eu gosto muito de reunir minha família, vou encontrar meus pais, vou encontrar primos, vou juntar todo mundo. Para mim é um momento para descansar mesmo a mente e poder aproveitar muito eles, que são pessoas que eu não vejo muito com a correria do dia a dia no futebol.

Tempo de ficar mais tempo com a filha, né... – Filho para mim é a melhor coisa que existe, e a Clarinha me encanta e me impressiona a cada dia. Essa é a melhor fase, aí vai passando o tempo e falando "não, agora é a melhor fase". Só vão melhorando as fases, sabe? E agora está muito legal, porque ela interage muito comigo. Ela já está falando papai, mamãe, algumas coisas. Ela tá uma peça. Daqui a pouco já vai estar andando, já vai estar fazendo estripulia pela casa.

– É um momento que eu tenho para apertar, ficar muito abraçado com ela. Isso é bom, eu vou sentir falta dessa fase de ter ela grudadinha comigo o tempo inteiro.

Rafael e a pequena Clara comemoram o título do São Paulo na Copa do Brasil — Foto: Reprodução/sportv

Rafael e a pequena Clara comemoram o título do São Paulo na Copa do Brasil — Foto: Reprodução/sportv

A gente sabe que você tem um hobby... O violão. – Sim... Eu estava com 16, 17 anos na concentração e falei assim: "Cara, eu vou aprender a tocar violão". Só que eu sou canhoto de pé, de mão... Aí eu cheguei na loja para comprar o violão mais barato e ia tentar aprender. O cara me mostrou e pedi pra inverter as cordas para mim.

– Passei de lá numa banca, comprei todas as revistas que tinham de ensinar violão, vídeos em CD, aquelas coisas que você colocava DVD e assistia. Não tive um profissional para me ajudar e eu acabei fazendo o que era mais fácil pra mim. E inverter as cordas é um grande problema que eu tive, porque hoje eu sei tocar, mas eu só toco meu violão.

Qual estilo de música você mais gosta de tocar? – Toco de tudo. Eu normalmente entro no Cifra Club e vejo as mais tocadas. E aí eu vou tocando, vou aprendendo. Eu gosto de aprender vários estilos, mas no meu dia a dia eu só escuto sertanejo, sertanejo raiz também, então é o que eu escuto. Sempre que eu venho pro treino, eu vou embora para casa ou viajo no avião é César Menotti e Fabiano, Rio Negro e Solimões, Bruno e Marrone, Fred e Liel, Leandro e Romário. Ó, tudo que você tiver de sertanejo eu gosto.

+ Leia mais notícias do São Paulo

Você chegou ao São Paulo na característica do mineiro, quietinho e ganhando um espaço, conquistando a torcida. O torcedor é muito grato a você, você sente essa relação por eles nessa temporada? – Na verdade, eu que sou muito grato ao torcedor, porque de verdade, é impressionante todo o carinho que eu recebi desde minha chegada. Desde que eu pisei no clube, desde do meu primeiro jogo, a torcida sempre me passou uma confiança, um carinho. Foram muito importantes para mim e até hoje isso com certeza me faz ser ainda mais grato e que ele ainda mais fazer o meu melhor para eu poder retribuir dentro de campo.

– Eu falo que vestir a camisa do São Paulo é um privilégio muito grande, porque grandes goleiros vestiram essa camisa. Foram goleiros que fizeram marca no futebol mundial, no futebol brasileiro e eu poder chegar aqui e ter o apoio do torcedor que viu esses grandes goleiros foi muito importante. Com certeza eles são referência e eu quero traçar o caminho que eles fizeram aqui.

Quando você chegou na tua apresentação, você escolheu a camisa 23 e explicou porque queria a 23. Gostaria que você lembrasse essa tua escolha e se foi melhor do que esperava. – Porque eu falei que 2023 ia ser o meu melhor ano da vida. E com certeza foi, com a chegada da minha filha, com a minha chegada ao São Paulo , por tudo que eu vivi esse ano todo, por esse título da Copa do Brasil, que foi tão importante para mim. Então, com certeza foi o melhor da minha vida. Mas eu espero que 2024 seja ainda melhor.

Rafael, goleiro do São Paulo, tem simulador de voo em casa

Você conquistou muita coisa esse ano. Mas foi difícil conviver com a sombra de tentar ser o goleiro que enfim iria suprir a falta de Rogério Ceni? – Eu sempre tive muita gratidão. Eu falo que eu não penso na pressão. Eu sei que existe muita pressão em vestir a camisa do São Paulo . Isso não só o goleiro, mas qualquer um que esteja dentro de campo tem uma pressão e uma responsabilidade muito grande de vestir essa camisa, que é muito grande. Mas sempre coloquei na frente a gratidão. Eu falei assim: "Cara, eu estou tendo a oportunidade de vestir a camisa do São Paulo , de defender isso". Para mim é um privilégio muito grande. Eu preciso fazer o meu melhor para que isso dê certo. Poder viver uma conquista tão grande como a Copa do do Brasil no primeiro ano estando aqui, com esse grupo que é tão batalhador, para mim foi incrível.

Além do título na Copa do Brasil, você foi eleito melhor goleiro da competição. e passou a temporada toda com 31 jogos sem ser vazado. Você tinha estabelecido isso como meta? – Na verdade, eu sempre penso no coletivo. O futebol existe em números individuais, mas o trabalho é sempre coletivo, e eu tenho que dividir muito esses 31 jogos com todos, porque hoje em dia eu acho que é a nossa melhor qualidade é a marcação, começando desde o nosso atacante. Acho que o nossos jogos foram quando a gente conseguiu pressionar o adversário lá em cima e que a parte ofensiva fez todo esse trabalho de marcação.

– Foi uma dedicação muito grande do time todo, a passar pelo Dorival que nos deu muita confiança e que nos dá todas as armas possíveis para que a gente possa desenvolver o nosso melhor trabalho dentro de campo. Esse ano foi de conquistas para todo mundo, um título onde não só um, dois ou três se destacaram, mas o grupo inteiro, desde a comissão, da diretoria até os jogadores. Acho que foi um trabalho de todos e foi um um título que coroa muito a dedicação de todo mundo dentro de campo.

O que é ser goleiro do São Paulo ? – Ser goleiro no São Paulo é diferente , porque é como eu eu já citei: são grandes goleiros que fizeram nome com essa camisa e que ganharam muitos títulos. Isso te traz uma responsabilidade, né? Isso te traz comparações. Apesar de eu achar que cada goleiro vive o seu momento, tem as suas particularidades. É especial (estar aqui). Estou amando e espero ficar até o final da minha carreira como goleiro do São Paulo , porque o que eu vivo aqui é algo magnífico e maravilhoso. Se o presidente me chamar ali e quiser renovar até o final da minha carreira, eu já assino aqui agora (risos). O meu sim ele já tem.

O São Paulo volta para a Libertadores. Qual é o peso de jogar uma Libertadores representando o São Paulo ? – Não tem como não pensar já no ano que vem, mas é claro que por tudo que a gente viveu, trabalhou, a gente sabe do potencial que a gente tem para fazer um 2024 ainda melhor. Então a gente tem que ir em busca disso, a gente sabe que a cobrança vai ser maior, a responsabilidade vai ser maior não só dos torcedores, da imprensa, mas nossa também. Nós vamos enfrentar grandes adversários, mas nós temos também sabedoria que se a gente continuar se dedicando, trabalhando fazendo nosso melhor, a gente está muito próximo de chegar nessas competições. O nosso grupo tem isso, ele não é um grupo que se acomoda, ganhou e tá bom. A gente quer mais, a gente tem sede por títulos e a gente sabe que quem veste a camisa do São Paulo , tem que ganhar títulos a cada ano. Temos que ser vencedores aqui.

Nessa temporada você teve à frente da zaga um jogador como o Beraldo, que possivelmente vai ser um dos grandes zagueiros do Brasil. Como o avalia? – Tá louco. É muito craque. Um cara muito técnico e eu tenho certeza de que por onde ele passar, onde ele estiver, ele vai fazer grandes jogos, eu tenho certeza de que logo logo eu vou estar vendo ele aí na seleção brasileira. Ele tem tudo: um cara veloz, inteligente e que consegue fazer uma leitura de jogo muito rápida, tem um passe muito bom, ele tem uma visão de jogo muito diferenciada, ele tem um passe que quebra linhas. Apesar da pouca idade, é um cara completo.

Rafael antes de São Paulo x LDU — Foto: Marcos Ribolli

Rafael antes de São Paulo x LDU — Foto: Marcos Ribolli

O São Paulo deve começar 2024 com muitos jogadores da base. O que você tem visto de especial nesses garotos que já treinaram aqui na Barra Funda? – O que me chama atenção aqui no São Paulo é todos os jogadores que vêm de Cotia já sobem com o nível de preparação e de capacidade de poder entrar e executar. Isso é impressionante. Não é à toa que você vê aí que grande parte do nosso elenco é formado por jogadores que vieram de Cotia. Então tenho certeza de que a torcida vai se surpreender com grandes e novos jogadores que estão subindo, porque todos eles têm uma capacidade incrível e não é à toa que já estão entrando em campo e nos ajudando muito.

O William Gomes já vai participar da pré-temporada com vocês... – William Gomes especificamente é um que chama atenção. Ele tem uma velocidade incrível, um cara que tem muita qualidade, de muita personalidade e que logo logo vai estar fazendo grandes jogos, vai dar muito trabalho pra zaga adversária.

?? Ouça o podcast ge São Paulo ??

+ Assista: tudo sobre o São Paulo no ge, na Globo e no sportv

50 vídeos

VEJA TAMBÉM
- São Paulo vence Atlético-GO e ganha pela primeira vez no Brasileiro
- Veja como assistir Atlético-GO vs São Paulo ao vivo
- Quatro treinadores recusaram proposta do São Paulo antes do acerto com Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 21 1

Comentários (6)
01/01/2024 21:43:45 Clovis De Oliveira Ferreira

Não é tudo isto não, talvez seria um bom reserva.

31/12/2023 09:51:17 Fernando Bueno

Excelente goleiro, precisa melhorar no quesito pênalti apenas!

30/12/2023 23:42:41 FELIPE PAIS

Se aprender a pegar pênalti será um goleiro top

30/12/2023 22:02:08 wenderson paz

É um bom goleiro só tem que treinar mais defesas de pênaltis

30/12/2023 15:14:43 Alexandre Bastos

Temos goleiro, enfim ???????? Pega muito e tem sorte. Só deixa o sertanojo de lado que aí fica 10! Mandar umas cifras do Metallica pra ele kkkkkk

30/12/2023 11:55:38 gintokispfc

Pega muito e ainda é humilde. Todo sucesso para você, monstro!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.