publicidade

APOIO DO PROFESSOR! Zubeldía mostra confiança em atacante em fase difícil

Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/Saopaulofc.net - Legenda: Juan vive momento de pressão no São Paulo / Jogada10 Apesar do bom momento neste começo de trabalho, o técnico Luis Zubeldía tem uma dor de cabeça para resolver. Afinal, o atacante Juan vem sofrendo com a pressão e crítica dos torcedores nos últimos jogos por perder muitos gols. Contudo, isto não desanima o técnico argentino, que usou Germán Cano, atleta do Fluminense , como exemplo. Zubeldía foi técnico de Cano quando ele ainda era jogador do Lanús. E o jogador do Fluminense viveu na época, algo semelhante com o que vive Juan. Afinal, o jovem do São Paulo vive a pressão de ser um reserva de Calleri, queridinho da torcida. Na Argentina, Cano era o substituto de Sand, maior goleador da história do clube. "É um atacante (Juan), para mim, é o mais centroavante depois do Calleri. É um jogador que permanentemente está dando opções profundas, tratando de marcar um movimento profundo. Depois, sempre digo o que passei com o Cano, no Lanús, onde tinha o Pepe Sand, que foi um goleador na Argentina", disse Zubeldía, que prosseguiu. "Eles, às vezes, terminam dando os gols que têm de dar, mas que a princípio erram. Passei isso com o Cano. Perguntem a ele como foi o processo. Claro que esperam gols dos atacantes, mas também têm de entender que às vezes isso não é tudo, porque o movimento, o espaço que pode nos dar o atacante, nesse caso o Juan, se ele não faz o gol, pode dar para quem está ao redor", completou. Juan vê pressão crescer no São Paulo Revelado em Cotia, Juan costuma ser alvo de críticas dos torcedores, principalmente por, na visão de muitos, perder gols além da conta. Contra o Águia de Marabá, ele foi a rede duas vezes, mas ficou marcado por perder uma oportunidade sem goleiro. Contra o Barcelona-EQU, desperdiçou a melhor chance do Tricolor marcar e sair com a vitória. Nesta temporada, Juan, mesmo reserva, tem 11 jogos e três gols, dois contra o Águia de Marabá e um contra o Água Santa, ainda sob o comando de Thiago Carpini. Com Zubeldía, ele já foi titular três vezes. Aliás, Zubeldía tem o costume de não abandonar jogadores, ainda mais garotos promissores que sobem das categorias de base. Assim, a tendência é que Juan siga ganhando oportunidades. O que ele não deve perder neste momento, é a confiança do treinador.

Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/Saopaulofc.net - Legenda: Juan vive momento de pressão no São Paulo / Jogada10

VEJA TAMBÉM
- São Paulo se vinga do Cruzeiro e negocia com Thiago Mendes, entenda
- Corinthians e São Paulo empatam em clássico com atuação de destaque de Lucas
- Corinthians e São Paulo: informações e prováveis escalações para o clássico brasileiro


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 18 5

Comentários (8)
21/05/2024 00:34:07 Wagner Pires

é nitido que isso não fase...

20/05/2024 22:02:37 Sergio Gandini

Acredito que outros jogadores tinham que ter as mesmas oportunidades do Juan. Juan não vem jogando bem e perdendo gols que implicam no resultado e tem excessos de oportunidades, pesos e medidas diferente..

20/05/2024 20:27:20 iraneide alves silva

deixa o cara jogar, vocês nao aprende nunca, Casimiro Kaká e outros tantos que não serviam pro tricolor e tem alguns que viraram o melhor ou estiveram entre os melhores

20/05/2024 17:50:38 Degi Degi

Tem o caio base que fazia gols pra caramba cadê o cara, o Willian e não põe pra jogar,enquanto esse pereba do Juan já recebeu umas duzentas chances

20/05/2024 15:45:35 Carlos Constantino

paciência zero, enquanto isso outros times vendem bem e nós só a míngua. Daryo Pereira quase sai de graça, depois virou monstro da saga.

20/05/2024 15:24:38 Ozias Bezerra de pula

enquanto os porcos tem um técnico chato mais competente que lanças jogadores da basse e vende por milhões, a base do são paulo juntos com os tecnicos do proficionais são fracos e medrosos e não dão atenção pra base so sabem apostar em jogadores que ja esta um ano tentando e não melhora e esquece e não oportunidades pra outros

20/05/2024 14:38:14 BrunoFC

Pra isso existe um negócio que se chama empréstimo. O jogador amadurece em um time ruim pra vir melhor para um time grande, em vez de ficar fazendo besteira aqui.

bronze
20/05/2024 13:54:31 Tricolorobservador

Engraçado. Tivessem a mesma paciência com vários moleques da base. Tinha um moleque chamado Lucas Gaúcho, se não me engano. O moleque só fazia gol de letra e nunca era escalado. Ao contrário, não deram oportunidades que esse Juan tem. Tantos outros injustiçados por bem menos e o técnico pega e fica alisando. É pra acabar mesmo!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.