publicidade

Mesmo confiante, advogado são-paulino admite preocupação com Borges

Advogado do São Paulo acredita nas absolvições de Dagoberto e Jean, mas vê caso de Borges mais difícil

A semana não vai ser fácil para o líder São Paulo, nem dentro e nem fora de campo. O Tricolor enfrentará o Botafogo, fora de casa, no próximo domingo, dia 22 de novembro, mas, antes disto, o departamento jurídico do clube terá uma missão nos tribunais: absolver os atacantes Borges e Dagoberto, e o volante Jean, na sessão da Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na próxima quarta-feira, dia 18.

E a situação do atacante Borges, denunciado por agressão física – artigo 253 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – e que pode ser suspenso por até 540 dias, é a que mais preocupa o advogado do clube, Roberto Armelin.

“Sempre vou ao julgamento para tentar a absolvição ou que seja uma pena justa. Não vou dizer que o caso do Borges é fácil, por exemplo. Em três, dois é uma quantidade razoável”, disse Armelim à Rádio Bandeirantes, confiando mais na absolvição de Dagoberto e Jean.

O técnico Ricardo Gomes só poderá confirmar a equipe que enfrenta o Botafogo após o julgamento. O São Paulo já não poderá contar com Hugo e André Dias, que vão cumprir suspensão por terem recebido o terceiro cartão amarelo no triunfo sobre o vitória.

VEJA TAMBÉM
- São Paulo quer contratação de novo volante para reforçar o elenco no meio-campo
- ALVO DE MUITAS CRÍTICAS! Ex-São Paulo tem saída decretada por torcedores após derrota para o Tricolor
- VITÓRIA DO TRICOLOR! São Paulo supera o Grêmio e retorna ao G-4, mantendo gaúchos na degola


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 1 6

Comentários (5)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.