publicidade

Rodrigo Caio: trajetória do jogador do São Paulo ao Flamengo.

Rodrigo Caio: da base ao sucesso e à espera de novos desafios no futebol.

Cria das categorias de base do São Paulo e multicampeão no Flamengo, Rodrigo Caio se tornou um nome comum na história recente dos dois clubes que se enfrentam nesta quarta, 21h30, no Maracanã, pelo Brasileiro. Mas por onde anda o zagueiro? Cadê o Rodrigo Caio? Rodrigo Caio está sem clube desde a saída do Rubro-Negro. Ele se despediu da Gávea em dezembro do ano passado, ao fim do contrato. Ele fez um curso na CBF Academy. A ideia foi estudar um pouco e entender processos extracampo, visando abrir possibilidades de carreiras que poderá seguir após pendurar as chuteiras. O zagueiro está treinando de forma individual com uma equipe multidisciplinar. Ele faz trabalhos com acompanhamento de um preparador físico, nutricionista e fisioterapeuta. Houve procura de clubes desde a saída do Flamengo, mas nada que agradasse. Rodrigo está tentando aproveitar ao máximo o tempo com a família. O retorno à carreira vai acontecer caso surja algo interessante. Ele tem publicado parte da rotina nas redes sociais. Postagens mais recentes mostram um treino em um parque e também um momento de lazer com os filhos.

Rodrigo Caio em ação pelo São Paulo
Rodrigo Caio em ação pelo São Paulo Imagem: GUILHERME RODRIGUES/ESTADÃO CONTEÚDO

Rodrigo Caio foi criado nas categorias de base do São Paulo. Ele estreou no elenco profissional em 2011, com 17 anos. Pelo Tricolor, foi campeão da Copa Sul-Americana de 2012. Ele deixou o clube em dezembro de 2018, após mais de uma década, para concretizar o acerto com o Flamengo. O Rubro-Negro desembolsou 5 milhões de euros (R$ 22,2 milhões à época). Os cariocas adquiriram 45% dos direitos, com um bônus de possibilidade de adquirir outros 30% por mais 2 milhões de euros (R$ 8,8 milhões na cotação daquele período) — o que foi concretizado posteriormente. No Flamengo, Rodrigo Caio fez parte de uma geração que marcou história. Ele integrou o elenco campeão da Libertadores de 2019 e 2022, do Brasileiro de 2019 e 2020, da Copa do Brasil de 2022, da Recopa Sul-Americana 2020, da Supercopa do Brasil: 2020 e 2021 e do Carioca de 2019, 2020 e 2021. O zagueiro também defendeu a seleção brasileira. Ele foi campeão dos Jogos Olímpicos de 2016, o primeiro título do país na competição.


VEJA TAMBÉM
- REFORÇO IMPORTANTE! Zubeldía confirma reforço de atacante para a Libertadores
- Vai renovar? São Paulo abre conversas para renovação de Juan e recebe contraproposta
- São Paulo enfrenta Talleres pela Libertadores: saiba onde assistir ao jogo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 12 1

Comentários (4)
17/04/2024 16:15:00 Eduardo Aurelio

JOGADOR DE CONDOMÍNIO JOGAVA BOLA NO CARPETE DA SALA

17/04/2024 14:16:58 Emily Oliveira

zuado só jogou em 2 times

17/04/2024 08:09:19 aguifs

Infelizmente as contusões atrapalharam. Não guardo nenhum rancor. Infelizmente, pegou uma das piores fases do São Paulo.

17/04/2024 06:50:02 Tarcisio Ferreira de lima

Ele e melhor que D. Costa

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.