publicidade

Transferências No Futebol Brasileiro

O próprio futebol brasileiro é muito poderoso e eficaz, e é neste país que se levantam estrelas que depois vão parar em clubes europeus. A história conhece muitos exemplos de como um atleta luta acirradamente pelo título da Seleção Brasileira, mas não menos profissionalmente atua pela equipe com a qual assinou contrato. Mover um jogador entre clubes é chamado de transferência e é feito oficialmente e, via de regra, por muito dinheiro. Quando um clube quer contratar um bom jogador para si, ele negocia e o compra ao seu atual dono. Todos os lendários brasileiros que ingressaram no Campeonato Europeu foram transferidos para lá por meio de uma transferência.

Os jovens futebolistas brasileiros sempre iniciaram suas carreiras em clubes nacionais. Cruzeiro, São Paulo, Fluminense, Corinthians, Palmeiras são a base para criar transferências fortes. As compras mais bem sucedidas e caras do Brasil durante a existência do futebol profissional foram:
• Neymar para o Barcelona;
• Endrick Felipe para o Real Madrid;
• Júnior para o Real Madrid;
• Lucas Moura da Silva para o PSG;
• Oscar para o Chelsea.

Muitos desses jogadores já se transferiram diversas vezes para outros clubes, mas ainda jogaram pela seleção brasileira de origem.

Transferências De Registros E Assinaturas


O recordista em quantidade de transferências do Brasil foi o jovem Neymar. Depois que ele se destacou nas categorias de base do Santos e passou para o time principal, o Barça se interessou por ele. Para a temporada 2013/2014, o jogador de futebol foi comprado pelos espanhóis por um dinheiro fabuloso - 88 milhões de euros. Jogou quatro anos no Barcelona, ??apresentou resultados irreais, venceu a Liga dos Campeões em 2015 e se transferiu para o PSG por 222 milhões de euros a as partidas incríveis do Brasileiro podem ser conferidas ainda hoje no site da casa de apostas Brabet https://brabetx.com/app/.

Em segundo lugar está Endric, comprado pelo Real Madrid por 45 milhões de euros para a temporada 2024/2025. O jovem jogador é oriundo do Palmeiras e só iniciará a carreira pela Espanha em julho deste ano. Em terceiro lugar no ranking de transferências está o atacante Rodrigo, que se transferiu do Santos para o Real Madrid em 2019 por 45 milhões de euros. Um ano antes, a nata da cultura também adquiriu o Junior do Flamengo, Vitor Roque, que foi para o Barcelona na temporada passada e Lucas Moura para o PSG e essas foram, até ao momento, as transferências mais caras da geração jovem de clubes brasileiros.

O Impacto Das Transferências Nas Carreiras Dos Jogadores


Nenhum jogador de futebol no mundo quer marcar passo, ele sempre quer desenvolver sua carreira profissional e isso é facilitado por transferências para clubes fortes e respeitáveis. Tendo se declarado a nível nacional, o atleta pode contar com a presença dos melhores treinadores da Europa e em 95% dos casos é nos clubes europeus que os brasileiros vão parar. Esta ação tem um efeito positivo no seu desenvolvimento, os jogadores recebem contratos lucrativos, grandes taxas, apoio e reconhecimento. Muitas vezes, no auge ou no final da carreira, os jogadores de futebol retornam à sua terra natal para continuar desenvolvendo o esporte.

Tendências E Mudanças No Mercado De Transferências


As federações de futebol preparam inovações nas regras de transferência de jogadores. Em primeiro
lugar, os especialistas querem regulamentar os direitos simplificados de aquisição de jogadores de futebol e estabelecer restrições para evitar enormes fluxos de caixa. Na verdade, muitos clubes despendem grandes quantias de dinheiro por uma transferência, que acaba no bolso. Também está prevista a regulamentação da duração dos contratos onde, muito provavelmente, os jogadores serão proibidos de deixar os times até o final do contrato.

As transferências têm características positivas e negativas. Naturalmente, comprar um jogador novo ou
experiente ajuda a obter resultados nas partidas e a criar um certo estilo para o time, mas, ao mesmo
tempo, muitas vezes são aplicadas condições contratuais desfavoráveis, não existe uma regulamentação
clara sobre as condições de trabalho com um atleta.

Como As Transferências Afetam Os Clubes De Níveis Nacionais

Graças a transferências lucrativas, o clube recebe um jogador poderoso que o ajuda a atingir os seus objetivos de forma mais rápida e eficiente. Por vezes, a transferência de um jogador de futebol muda radicalmente o conceito de jogo e as táticas em campo. Os recém-chegados criam um espírito único na equipe, introduzem técnicas únicas e sempre chamam a atenção dos torcedores. O impacto máximo de uma transferência é o sucesso do clube, mas por vezes também pode renovar as ligas nacionais. A aquisição de novos atletas pela equipe cabe ao diretor esportivo, que poderá sentir um jogo especial e diversificar o clima na equipe principal. Sempre há grandes esperanças de transferência, principalmente se o atleta já conquistou um grande nome e a compra de tais atletas aumenta muito as chances do clube vencer e se classificar em qualquer torneio.

VEJA TAMBÉM
- São Paulo interessado: Matheus Henrique pode definir futuro em breve
- VAI REFORÇAR O TIME? Zubeldía que contar com craque no ataque da São Paulo na Libertadores
- GANHANDO DESTAQUE! Meia do tricolor ganha destaque e se torna peça chave para Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 3 6

Comentários (1)
16/04/2024 21:41:13 Gustavo Henrique

todos jogos de futebol na palma da sua mão+filmes e séries por um valor minúsculo ZAP 11954044319 mando teste grátis

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.