publicidade

Possível manipulação de resultado em clássico paulista repercute no futebol nacional

Polêmica: dono da SAF do Botafogo acusa Palmeiras de ser beneficiado pela arbitragem nas últimas temporadas.

O norte-americano John Textor, dono da SAF do Botafogo, alega ter “evidências pesadas” de que o Palmeiras vem sendo beneficiado pela arbitragem há, pelo menos, duas temporadas. Na noite desta segunda-feira, por meio de nota publicada em seu site oficial, o empresário disse que o Choque-Rei pelo Brasileiro 2023 foi manipulado por jogadores do São Paulo, mas não apresentou provas. No Allianz Parque, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras contou com gols de Piquerez (2), Marcos Rocha e Breno Lopes (2) para ganhar do São Paulo por 5 a 0. Com a vitória, o time alviverde, então quarto colocado, chegou aos 50 pontos, nove a menos que o líder Botafogo. Em sua nota, o dono da SAF da equipe carioca citou o clássico. “De acordo com especialistas e inteligência artificial, o jogo foi manipulado por, pelo menos, cinco jogadores do São Paulo. Um total de sete jogadores apresentou desvios anormais em situações claras de gol, embora apenas cinco tenham ultrapassado os limites que estabeleceriam provas claras e convincentes de manipulação. Deve ficar claro que as provas não estabelecem o motivo nem sugerem que qualquer clube ou parte tenha sido responsável pela manipulação, além dos jogadores identificados”, diz a nota. Os nomes dos jogadores supostamente envolvidos não foram publicados por John Textor na nota oficial. “Tais provas só devem ser apresentadas a procuradores e investigadores governamentais nomeados constitucionalmente. Não tenho intenção de colocar esses indivíduos em perigo antes que eles possam agir para se defenderem e proteger”, afirmou. Mais cedo, quando Textor disse ter "evidências pesadas" de manipulação a favor do Palmeiras, o clube rebateu. “O Palmeiras vem adotando todas as medidas jurídicas cabíveis contra o dono da SAF do Botafogo, John Textor, e não pretende se manifestar novamente sobre a bizarra tentativa do caricato cartola de justificar a perda do título brasileiro de 2023. Confiamos que as autoridades competentes tomarão as providências necessárias com a urgência que o tema exige”, diz a nota.

O clube do Morumbi, citado por Textor no texto de seu site oficial, também decidiu se manifestar. "O São Paulo Futebol Clube tomou conhecimento e repudia veementemente as graves e infundadas acusações de participação de atletas do elenco tricolor em manipulação de resultado feitas pelo dono da SAF Botafogo. Tal afirmação sem nenhum vestígio de prova ataca a idoneidade de jogadores do elenco profissional masculino e a lisura da instituição São Paulo FC em seus 94 anos de história. O clube já acionou seu departamento jurídico, que estudará e tomará as medidas cabíveis na esfera legal”, diz o comunicado.


VEJA TAMBÉM
- Veja como deve ser a escalação do Tricolor contra o Barcelona-EQU
- São Paulo vence Atlético-GO e ganha pela primeira vez no Brasileiro
- Veja como assistir Atlético-GO vs São Paulo ao vivo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 4 1

Comentários (1)
02/04/2024 06:52:29 Adriano Gomes

John Textor , seu Caloteiro !!! Pague o SÃO PAULO pela compra do Tche -Tche e pare de falar Bosta !!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.