publicidade

Presidente revela chegada de Erison ao São Paulo nesta segunda-feira

ESQUENTOU - Com a possibilidade real de perder o atacante Erison para o Coritiba, o São Paulo mudou de postura nas conversas com o Botafogo e desistiu de negociar pelo atacante. Dessa forma, o Tricolor topa as exigências iniciais do Glorioso: pagamento de 1,7 milhões de reais pelo empréstimo de um ano além de bancar os salários do jogador de maneira integral.
Foto: Vítor Silva/Botafogo / Lance!




Como vem se tornando rotina no São Paulo nesta temporada, o presidente Julio Casares mandou às favas o sigilo e confirmou que o clube do Morumbi chegou a um acordo com o Botafogo para ter o atacante Erison. O jogador chega para ser o cobrado reserva de Calleri pelo técnico Rogério Ceni.


LEIA TAMBÉM: Novela continua! São Paulo desiste de 'acordo' com Botafogo por Erison, topa pagar pedida e se aproxima de acerto


O mandatário são-paulino foi além: revelou que o jogador é esperado já nesta segunda-feira (30) para a realização de exames médicos e, quem sabe, ser anunciado como o oitavo reforço do Tricolor no ano.

- O Erison não tem contrato assinado, mas eu acredito que ele está num bom caminho. Deverá chegar na semana que vem, para fazer exames médicos. A expectativa… eu sempre brinco que, enquanto não está assinado, eu não posso falar oficialmente. Mas existem grandes possibilidades, sim, de ele chegar na segunda-feira, fazer exames médicos e integrar o elenco. Oitavo reforço (do ano) - disse Casares, ao Canal do Paulistão, no 'YouTube'.

A novela pela chegada de Erison ao Morumbi ganhou seus capítulos finais ainda no sábado (28), quando o São Paulo desistiu de tentar um 'acordo' com o Botafogo, topou pagar a pedida pelo clube carioca e ficou próximo de acertar a contratação por empréstimo de um ano do atacante.

A reviravolta, conforme apurou o LANCE!, foi promovida pela diretoria são-paulina pela chance concreta do Fogão aceitar a oferta do Coritiba para ter o jogador.

O L! levantou que o São Paulo se mostrou disposto a pagar R$ 1,7 milhão pelo empréstimo de um ano de Erison, além de ser o responsável pelos salários integrais do jogador no período. Esse deverá ser o valor pago pelo clube do Morumbi.

Inicialmente, contudo, a negociação proposta pelo Tricolor não envolveria pagamentos. Pelo contrário. O São Paulo viu uma oportunidade de encerrar as dívidas que o Botafogo mantém com ele, referentes às compras de Lucas Perri e Tchê Tchê. Somados, o valor beira os 300 mil euros (cerca de R$ 1,7 milhão).

Acontece que o Glorioso não gostou muito da ideia. E tratou de abrir negociações com o Coritiba para repassar Erison aos paranaenses.

Segundo o portal português 'SIC Notícias', Erison rescindiu o contrato com o Estoril, onde atuaria por empréstimo até o final da corrente temporada europeia. O jogador já está no Brasil. Já há acerto entre o estafe do jogador e o Tricolor.

Revelado pelo XV de Piracicaba, Erison chegou ao Glorioso em 2022 após boas passagens emprestado a clubes como Figueirense e Brasil-RS. O jogador de 23 anos disputou 34 jogos pelo Alvinegro no ano passado, marcando 16 gols e dando outras três assistências.



No meio da temporada, contudo, o atacante foi emprestado por John Textor ao Estoril, clube que pertence a David Blitzer, sócio do proprietário do Fogão no Crystal Palace, da Inglaterra. O contrato de Erison com o Glorioso vai até o fim de 2025.

Presidente, revela, chegada, Erison, São Paulo

VEJA TAMBÉM
- Internacional x São Paulo: Onde Assistir ao Duelo Pela Oitava Rodada do Brasileirão
- QUASE 1 MILHÃO?? Jornalista confirma negócio no São Paulo com pedida alta de Welington
- REFORÇOS CASEIROS? Avaliação de jogadores emprestados por Zubeldía pode beneficiar São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 7 1

Comentários (17)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.