publicidade

São Paulo procura por zagueiro, volante e atacante de baixo custo

Marcos Guilherme, que defendeu o Santos, está acertado com o São Paulo — Foto: Ivan Storti/Santos FC

O São Paulo não pretende raspar os cofres para reforçar o time na janela de transferências que se abrirá no dia 18 de julho. Nem mesmo após a série de lesões que está desfalcando o time de Rogério Ceni de atletas importantes.



O plano continua o mesmo: buscar novos jogadores em negócios que envolvam pouco ou nenhum dinheiro por direitos econômicos, como o que está prestes a ser concluído por Marcos Guilherme, livre após rescindir com o Internacional – ele defendeu o Santos recentemente.


LEIA TAMBÉM: Com aporte financeiro e recusa de Claudinho, São Paulo segue em busca de reforços no mercado


São três as posições que têm demandado trabalho da comissão técnica e diretoria nessa procura por reforços: um zagueiro, um volante e um atacante que possa atuar em duas funções, pelo lado e, eventualmente, como centroavante – essa última, além da chegada de Marcos Guilherme.

Nada aconteceu nos últimos meses que permitisse à diretoria fazer investimento mais alto na próxima janela. O clube continua em grave dificuldade financeira e ainda há uma dívida com o elenco, de salários atrasados, sob a promessa de que esse acerto seria prioridade, acima dos reforços.

O débito com os jogadores diminuiu com pagamentos feitos em maio e junho e tem outro previsto agora para o próximo mês. A diretoria diz para alguns jogadores que já não há mais nada a pagar, restando outros que estão há mais tempo no elenco e com valores mais altos nessa conta.

Mesmo que o clube faça a venda de algum atleta, como admite ser necessário, o dinheiro não será revertido em reforços. É preciso cumprir a meta orçamentária (R$ 142 milhões em vendas de direitos) e, o que entrar, será usado em sua maior parte para acertar as contas combalidas do São Paulo.

Não há, porém, propostas na mesa do presidente Julio Casares. Há sondagens e a perspectiva de que elas se tornem ofertas, principalmente por jogadores como Welington, Rodrigo Nestor e Igor Gomes, por quem o clube diz não aceitar menos de 10 milhões de euros (R$ 55 milhões) cada.

Além disso, há a expectativa de que Antony seja negociado pelo Ajax – o São Paulo tem direito a 20% dos lucros do clube holandês numa transferência, uma cláusula que pode render até R$ 50 milhões em estimativas mais otimistas.

O cenário, então, é o de caçar jogadores de baixo custo.


Marcos Guilherme preenche o requisito de jogador de ataque que atua pelo lado do campo, mas o São Paulo ainda acredita ser necessário outro reforço para o setor, alguém que também jogue como centroavante quando necessário.

A zaga é prioridade: a lesão de Arboleda diminuiu as já poucas opções de Ceni, que tem Diego Costa, Léo e Miranda, além dos jovens Beraldo e Luizão, de pouquíssimos jogos no time principal.

No meio de campo, busca-se um primeiro volante, pois a diretoria vê o elenco, com Gabriel Neves e Pablo Maia, desfalcado após a lesão de Luan.

O departamento médico está lotado: Gabriel Sara, que fez cirurgia no tornozelo, volta no segundo semestre; Arboleda, Caio (que também operaram o tornozelo) e Luan (cirurgia na coxa), retornam em 2023. Alisson, Colorado, Nikão e Talles Costa se recuperam de lesões menos graves.

A previsão é de que Colorado, Nikão e Talles Costa estejam todos em transição, quando revezam tratamento médico com atividades leves em campo, nesta semana, podendo ser liberados, dependendo da evolução de cada um, até a metade de julho.

Outra opção admitida pela diretoria é a de contratar jogadores por empréstimo em modelo semelhante ao que trouxe Colorado, por exemplo, ao Morumbi.

Por ele, o São Paulo pagou US$ 120 mil (R$ 625 mil) por um ano de contrato. Se quiser contratá-lo em definitivo, precisará pagar US$ 1,6 milhão (R$ 8,3 milhões).

São valores que cabem no orçamento e um investimento que não incomodaria, na visão dos dirigentes, os atletas que ainda têm dinheiro a receber do clube.

Recentemente, o clube sondou o meia Claudinho, do Zenit. O interesse se deu pela possibilidade de contratá-lo sem custos, respaldado pela decisão da Fifa que permite a estrangeiros atuando na Rússia suspenderem seus contratos até junho de 2023 por causa da guerra com a Ucrânia.

Ouviu, porém, que o jogador prioriza permanecer na Europa e que já tem a Roma, da Itália, e o Olympique de Marselha, da França, como opções caso se transfira.

Com o elenco desfalcado, o técnico Rogério Ceni disse em entrevista coletiva no domingo, após o jogo contra o Juventude, que sua missão é manter o São Paulo vivo nas competições que disputa até a abertura da janela, quando espera por reforços.



– Vamos tentar levar o São Paulo ao máximo, chegar vivo no dia 18 em todas as competições. Vamos tentar sobreviver, este é o grande desafio. Se não sobreviver, não adianta ter um elenco de 35 se você jogar apenas um campeonato. Temos que nos preparar antes, se não vira improviso – disse ele.

Oitavo colocado no Brasileiro, o São Paulo inicia nesta semana, no Chile, contra a Universidad Católica, a disputa das oitavas de final da Copa Sul-Americana. No dia 14 de julho, enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil – na ida, no Morumbi, venceu por 1 a 0.

São Paulo, procura, zagueiro, volante, atacante, baixo, custo

VEJA TAMBÉM
- Meia argentino é oferecido ao São Paulo e tem preferência declarada
- Calleri e Rafinha processam empresa dona do jogo FIFA
- Zubeldía reforça torcida por renovação de lateral do São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 3 1

Comentários (36)
28/06/2022 10:13:32 Heisemberg Sam

O presidente do patético pr tirou onda do são Paulo, inter.... Dizendo q os times estavam quebrados e sem planejamento e é essa a vdd msm, em 20 anos com esses novos clube empresa times como são Paulo se continuarem nesse rumo vão times pequenos é bizzaro a modorismo do futebol brasileiro e n só eu q acho o próprio abel ferreira e o jj falaram q aq os clubes mal administrados e sem planejamento

28/06/2022 10:10:28 Heisemberg Sam

Zagueiro barato tem na base, primeiro volante por um baixo preço? N foi assim q veio o colarado kkkkkkkkkkkk o atacante por baixo preço vai trazer outro marcos Guilherme deve dá muito certo, oq pior pode acontecer? O time só tá a 4 pontos do z4 com histórico ruim do técnico em todos anos, com exceção de1( foi kq ganhou), brigou com seu time para n cair

28/06/2022 10:06:42 Degi Degi

Contratar só pereba nunca vai sair de ser time médio a diretoria disse que o Claudinho não da prá contratar por causa do salário sabe quanto ganha o eder, e o mikão um milhão e duzentos mil por mês é o que ganha esses dois perebas,é melhor você pagar um milhão e 200 mil pro arrascaeta, gabi gol ,Hulk e, não esses perebas

28/06/2022 10:05:54 Heisemberg Sam

Q merda em, O são Paulo mandou o bruno alves com a justificativa de enxugar elenco agora vai atrás de outro zagueiro? N atoa o time é um amontoado de jogadores o técnico perdido e o planejamento uma desgraça

28/06/2022 09:59:52 c tls

Aqui na quebrada tem Faisca pro ataque, o Fernando Pezao de Zagueiro e eu mesmo me viro de volante... por 5mil ao mes agente da o sangue em casares....SLC que decadencia.. pra contratar mais pe de rato é melhor puxar da base.... sem comentarios..

28/06/2022 09:44:22 Carmelo Lombardo

Ta esperando achar um em fim de carreira e desgraça, a que nível chegamos, por isso que estamos a dez anos na merda, essa maldita cupula nunca muda, até nossa torcida esses nalditos estão destruindo, porquê a mulecafa hoje nao quer saber de torcer pro São Paulo, se nao mudar o futuro dirá

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.