publicidade

Andrade e Ricardo Gomes lutam por título de técnico mais vitorioso do Brasileiro

Desbancando medalhões como Muricy Ramalho e Luxemburgo, treinadores de Flamengo e São Paulo se destacam com os melhores aproveitamentos

Durante o Campeonato Brasileiro, como já é de costume, diversas trocas de técnicos movimentaram o mercado do futebol. Estas mudanças foram significativas no desempenho dos times dentro da competição. Dois treinadores podem se orgulhar de ter tido um papel fundamental em reestruturar suas equipes e colocá-las na briga pelo troféu de campeão: Andrade, comandante do Flamengo, e Ricardo Gomes, técnico do São Paulo. Ambos assumiram a tarefa de organizar o elenco que tinham em mãos e superar o descontamento com os que os precederam no cargo. E os números mostram que tiveram sucesso: cada um possui 65% de aproveitamento dos pontos disputados, a melhor marca entre todos os treinadores que participaram do campeonato.



Além de Flamengo e São Paulo serem favoritos ao título do Brasileirão, ao lado de Palmeiras e Atlético-MG, também estarão em uma disputa pessoal para ver quem será o técnico mais vitorioso desta edição 2009. Celso Roth corre por fora com o terceiro melhor aproveitamento: 55%. O ponto favorável ao comandante do Galo é o fato de ele estar empregado desde a primeira rodada, mérito para poucos. Apenas cinco podem se orgulhar de ter participado de todos os jogos de seus times: além de Roth, Adilson Batista (Cruzeiro), Silas (Avaí), Mano Menezes (Corinthians) e Hélio dos Anjos (Goiás).



Estatísticas do Brasileirão: clique aqui e confira os principais números atualizados



Andrade dirigiu pela primeira vez o time rubro-negro na partida contra o Santos, na Vila Belmiro, no dia 26/07. E o resultado não poderia ser melhor, vitória por 2 a 1, decretando o fim de um jejum na competição: foi a primeira vitória do Flamengo na Vila em Brasileiros. De lá para cá, os resultados pesaram na valorização de Andrade no cargo: foram 12 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Marca bem superior a de seu antecessor, Cuca (13 jogos, quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas).



Ricardo Gomes assumiu o posto de Muricy Ramalho na equipe tricolor logo após a eliminação na Libertadores, diante do Cruzeiro. No Brasileirão, o tricampeão Muricy comandou a equipe do Morumbi em seis partidas: foram quatro empates, uma derrota e apenas uma vitória. Ricardo Gomes conseguiu formatar o Tricolor de acordo com o seu estilo tático e hoje colhe os frutos do bom trabalho:em 27 partidas, conquistou 15 vitórias, empatou sete vezes e perdeu cinco. Mais importante: lidera o Brasileirão com um ponto à frente do Palmeiras. Confira abaixo a lista completa dos técnicos que participaram de pelo menos 10 jogos no campeonato:



Ténico Times Jogos Aproveitamento
Andrade Flamengo 21 65%
Ricardo Gomes São Paulo 27 65%
Celso Roth Atlético-MG 34 55%
Tite Internacional 27 55%
Adílson Batista Cruzeiro 34 53%
Antônio Lopes Atlético-PR 18 52%
Vanderlei Luxemburgo Palmeiras e Santos 29 50%

Cuca
Flamengo e Fluminense 25 49%
Paulo Autuori Grêmio 32 49%
Silas Avaí 34 49%
Mano Menezes Corinthians 34 48%
Muricy Ramalho São Paulo e Palmeiras 26 48%
Paulo César Carpegiani Vitória 18 47%
Hélio dos Anjos Goiás 34 46%
Waldemar Lemos Náutico e Atlético-PR 15 43%
Ney Franco Botafogo e Coritiba 33 42%
Sérgio Guedes Santo André 14 41%
Estevam Soares Barueri e Botafogo 35 38%
Emerson Leão Sport 10 37%
Vágner Mancini Santos e Vitória 26 36%
Parreira Fluminense 10 34%
Diego Cerri Barueri 13 34%
Péricles Chamusca Sport 17 34%
Sérgio Soares Santo André 11 34%
Geninho Náutico 29 32%
René Simões Coritiba 18 30%
Renato Gaúcho Fluminense 10 20%



Muricy e Luxemburgo decepcionam

Técnicos com nome e carreira de peso no futebol brasileiro, Muricy Ramalho e Vanderlei Luxemburgo não estão tão bem colocados na lista. Após deixar o comando do São Paulo com um aproveitamento ruim nas seis primeiras rodadas, Muricy fez 20 partidas pelo Palmeiras: teve oito vitórias, seis empates e seis derrotas. Apesar de ser o vice-líder com o Verdão, não teve desempenho tão destacado assim no total: 48%. Luxemburgo deixou o comando do Palmeiras tendo disputado sete partidas: venceu três, empatou três e perdeu um jogo. O desempenho no Santos tem sido irregular: oito vitórias, sete empates e sete derrotas. Aproveitamento total de 50% dos pontos disputados.



Outro desempenho que merece destaque é o do técnico Tite, ex-Internacional. Antes de Mário Sérgio assumir o Colorado, Tite vinha tendo bom desempenho: 55% de aproveitamento. Marca que o coloca ao lado de Celso Roth na terceira colocação do ranking de técnicos. Mas isto não foi suficiente para convencer a direção colorada.



Na lanterna do ranking está o técnico Renato Gaúcho, que teve desempenho muito fraco nas dez partidas que dirigiu o Fluminense: conquistou apenas 20% dos pontos que disputou. No número de jogos disputados, Estevam Soares lidera com 35 no total, 18 pelo Barueri e 17 pelo Botafogo (incluindo uma partida contra o Cruzeiro que foi adiada no 1º turno). Desempenho total de apenas 38%.

VEJA TAMBÉM
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 6

Comentários (3)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.