publicidade

Para Gomes, arbitragem não decidirá o Brasileiro

Treinador diz que erros são equilibrados durante a competição

O São Paulo assumiu a liderança do Brasileirão, após empatar com o Grêmio, no Olímpico e acompanhar o Palmeiras tropeçar diante do Fluminense, na derrota por 1 a 0, no Maracanã. Na ocasião, o árbitro Carlos Eugênio Simon anulou um gol legítimo do atacante Obina, fato que irritou toda a cúpula palmeirense.

No entanto, para o técnico Ricardo Gomes, os erros de arbitragem não vão decidir o Brasileirão 2009. Sobre possíveis armações em torno dos bastidores do futebol, o treinador acredita que não existam, e defende a adequação da arbitragem, em função da pressão que existe sobre os quartetos responsáveis pelas partidas.

- Empanar o brilho do campeão, acho que não chega a tanto. Não acredito em armação, mas tem jogos que tem uma revolta, e isso aconteceu com São Paulo. Mas colocado na balança, fica equilibrado, mas não define campeonato. O afastamento foi decisão da comissão, mas tem que fortalecer a arbitragem, o quarteto, e mais para frente pensar num quinto. Se fragilizarmos a arbitragem, fica complicado. Mas o campeão será por méritos. Gostaria que a arbitagem fosse fortalecida, tem de haver cobrança, mas fortalecimento, para que o torcedor veja um futebol limpo. Pensaria até em cinco árbitros, ou seis, uns atrás do gol, seria legal. Porque hoje tem várias cameras, até eu aqui vejo de muitas maneiras, tem eu vendo de baixo, o Milton de cima, e está pesado para os árbitros - enfatizou o treinador.

Sobre os bastidores no futebol carioca, Ricardo reiterou sua descrença quanto às possíveis armações. Para o treinador, todos foram beneficiados e prejudicados no decorrer do campeonato. Mais importante do que levantar suspeitas, é jogar bola, e mostrar recuperação dentro das quatro linhas.

- Há pouco falavamos da fragilidade do futebol carioca, hoje estamos falando da força nos bastidores. Acredito que não, já foi o tempo. O Flamengo está jogando um grande futebol, não acredito em armação. Hoje o quarteto chega para apitar fragilizado, temos de mudar essa situação. Não é culpa dos quatro times do Rio. O Fluminense se recuperou jogando bola. Erros acontecem, aconteceu no jogo com o Palmeiras contra o Corinthians também. Contra o Cruzeiro, lembram do lance do Fabricio? Que foi finalizar, saiu machucado e falou para o juiz " você não deu pênalti?". Mas no fim das contas, dá tudo na mesma - ressaltou Ricardo Gomes.

VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 4

Comentários (4)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.