publicidade

Confronto direto e cartões podem decidir o campeonato? Bom para o Flamengo

Na luta contra a degola, o equilíbrio é total nos critérios de desempate

A regra básica de uma competição como o Campeonato Brasileiro é pontuar mais que os concorrentes para ficar com a taça. Caso aconteça um empate na tabela de classificação, os critérios comumente usados para se apurar o campeão são quantidade de vitórias, saldo de gols e gols pró, números que mudam a cada rodada. Dificilmente, o desempate chega ao confronto direto, menos cartões vermelhos ou menor número de amarelos. Mas, neste ano, o equilíbrio é tão grande que estes quesitos podem acabar decidindo o título, uma vaga na Libertadores ou mesmo a permanência na Série A.

Na parte de cima, quem se destaca nos confrontos diretos é o Flamengo. A equipe rubro-negra já jogou duas vezes contra todos os aspirantes ao título e leva vantagem sobre São Paulo, Palmeiras, Atlético-MG e Internacional, perdendo apenas para o Cruzeiro, que, por sua vez, vence também dos colorados.
O Tricolor Paulista, atual líder, também já enfrentou todos os adversários diretos e supera apenas Inter e Raposa, que já ficaram um pouco para trás. Além de perder para Fla e Galo, há um empate com o Verdão. Mas, quando se passa para o critério seguinte, a vitória palmeirense seria quase certa, já que recebeu oito cartões vermelhos contra 13 dos tricolores.

Já o Palmeiras ainda tem um confronto diante do Atlético-MG, no Palestra Itália, no dia 29 de novembro. No Mineirão, houve empate por 1 a 1 e, caso o placar se repita, um eventual desempate nos cartões vermelhos daria vantagem ao Galo, que teve seis jogadores expulsos no Brasileirão.

A equipe alvinegra, que também enfrenta o Inter ainda, pode se orgulhar de bater o maior rival no confronto direto. O clássico mineiro teve uma vitória para cada lado, mas os atleticanos meteram 3 a 0 na primeira metade do campeonato contra o 1 a 0 do returno a favor do time celeste.



Resultados SPO PAL FLA CAM CRU INT
São Paulo - 0 x 0 2 x 2 0 x 1 3 x 0 1 x 0
Palmeiras 0 x 0 - 0 x 2 ? 3 x 1 2 x 1

Flamengo
2 x 1 2 x 1 - 3 x 1 1 x 2 4 x 0
Atlético-MG 1 x 1 1 x 1 1 x 3 - 0 x 1 ?
Cruzeiro 1 x 2 1 x 2 2 x 0 0 x 3 - 1 x 1
Internacional 2 x 2 2 x 0 0 x 0 3 x 0 2 x 3 -
Faltam dois confrontos diretos: Atlético-MG x Inter (22/11) e Palmeiras x Atlético-MG (29/11)
Das sete equipes ameaçadas pelo rebaixamento à Série B, todas vencem pelo menos um dos concorrentes à permanência na elite quando o assunto é o confronto direto. Os paranaenses têm as melhores situações. O Coritiba supera o maior rival, o Atlético-PR, o Náutico e parcialmente o Fluminense, já que as equipes se enfrentam na última rodada. O Coxa é superado por Botafogo e Santo André e empata diante do Sport, mas é superior aos pernambucanos no critério seguinte, somando sete expulsões contra 12 dos rubro-negros.

O Furacão é melhor que quatro rivais: Ramalhão, Leão, Bota e Flu, sendo que ainda vai se reencontrar com as duas equipes cariocas. Além de perder a disputa regional, os atleticanos são superados apenas pelo Timbu com derrotas em casa e fora.

O último dos ameaçados fora da zona de perigo, o Botafogo, tem duas vitórias e quatro derrotas nos confrontos diretos. Há vantagem sobre Coritiba e Náutico, mas os outros superam os alvinegros. Enquanto isso, o Flu, além da vitória sobre o rival da cidade, é superior também ao Santo André. Tricolor e Timbu empatam mais um duelo, o time das Laranjeiras, porém, recebeu cinco vermelhos a menos que o Alvirrubro.

O último empate confirmado no confronto direto acontece entre Sport e Ramalhão, e os paulistas do ABC levam vantagem por terem recebido oito vermelhos contra uma dúzia do Leão.



Resultados CAP CTA BOT FLU STA NAU SPT
Atlético-PR - 0 x 0 ? 1 x 0 3 x 0 2 x 3 1 x 0
Coritiba 3 x 2 - 2 x 2 ? 2 x 4 2 x 0 1 x 1
Botafogo 0 x 1 2 x 0 - 0 x 0 1 x 2 1 x 0 2 x 2
Fluminense ? 3 x 1 1 x 0 - 0 x 1 1 x 1 5 x 1
Santo André 1 x 0 1 x 0 1 x 1 1 x 2 - ? 2 x 1
Náutico 3 x 0 0 x 1 2 x 2 1 x 1 2 x 1 - 3 x 2
Sport 0 x 1 1 x 1 2 x 1 ? 2 x 1 3 x 3 -
Faltam cinco confrontos diretos: Fluminense x Atlético-PR (15/11), Sport x Fluminense (22/11), Santo André x Náutico (29/11), Atlético-PR x Botafogo (29/11) e Coritiba x Fluminense (06/12)

Se tudo terminar empatado em confrontos diretos, cartões vermelhos e amarelos, a classificação de cada equipe vai a sorteio a não ser que seja para decidir o título ou a permanência na elite nacional. Nestes dois casos, os times empatados disputam um jogo extra em campo neutro uma semana após o fim da competição. Persistindo o empate, o vencedor do duelo será decidido nas cobranças de pênaltis.

VEJA TAMBÉM
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 3

Comentários (4)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.