publicidade

André Dias ameniza para Simon

Zagueiro afirma que todos estão sujeito a erros e ressalta que SP é líder sem ajuda da arbitragem

Arbitragem está longe de ser um assunto tranquilo no futebol brasileiro. Sempre polêmico e contraditório, uma vez que um erro pode ajudar ou prejudicar, o homem do apito tem sido foco de várias partidas decisivas nessa reta final de Campeonato Brasileiro. O foco da vez é Carlos Eugênio Simon, que anulou um gol legítimo do Palmeiras e fez o time de Muricy Ramalho perder a ponta da tabela, que ostentava a 19 rodadas. O zagueiro André dias, do atual líder São Paulo, comentou que o erro de arbitragem já ajudou e prejudicou todos os times. O defensor ainda falou sobre Simon nesta segunda-feira, dia 9 de novembro.

O camisa 3 preferiu não falar diretamente sobre o erro do árbitro na partida do rival no Maracanã, na derrota por 1 a 0 para o Fluminense. “Isso foge um pouco da minha alçada. Posso dar uma opinião, mas não vai mudar muita coisa. Não podemos esquecer que eles (os árbitro) têm uma pressão enorme, todo mundo está sujeito a errar”, disse André, que amenizou a culpa de Simon. “Todo mundo está sujeito a erros. Assim como eu sou, os árbitros também são seres humanos. Todo mundo já foi prejudicado. Todos nós temos de ser questionados, por que somos passiveis de erros. A gente torce para que não influencie no resultado”.

Simon apitou duas partidas do São Paulo neste Campeonato Brasileiro. O primeiro jogo foi no empate por 2 a 2 com o Coritiba, no Morumbi, e o segundo na vitória tricolor sobre o Santos, na Vila Belmiro, por 4 a 3, jogo em que expulsou de forma direta Rogério Ceni, em lance muito questionado pelos são-paulinos.

“Quando eu saí do jogo, em nenhum momento falei mal dele, e não tenho nada contra o Simon. Já atuei várias vezes com ele, umas ganhei e outras perdi, o que é normal. Se algum dia ele fez algo, eu não posso dizer. O lance do Rogério Ceni a gente também achou que não era pra ser expulso, mas quem está apitando é quem tem de decidir, ele optou por expulsar e mesmo assim conseguimos vencer. No momento que estamos hoje, só dependendo da gente, não podemos nos preocupar com a arbitragem. Nosso foco são as vitórias”, disse André Dias.

Questionado se as reclamações palmeirenses eram choradeira de quem perdeu, André Dias evitou polêmicas e lembrou de casos semelhantes. “Foi assim também em 2005 com o Corinthians, que voltou alguns jogos. Toda a equipe, diretoria e jogador têm direito de se expressar, mas o que posso dizer é que se o São Paulo está aqui líder não foi por ajuda nenhuma de árbitro, foi porque a gente lutou bastante”, finalizou.

VEJA TAMBÉM
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 3 5

Comentários (3)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.