publicidade

André Dias minimiza polêmica envolvendo Simon



A arbitragem de Carlos Eugênio Simon na derrota do Palmeiras para o Fluminense gerou a revolta de dirigentes alviverdes. Curiosamente, há pouco mais de duas semanas, ao ser expulso pelo gaúcho no clássico contra o Santos, Rogério Ceni o acusou de perseguição.

No entanto, agora, o elenco do Tricolor minimiza a polêmica envolvendo o árbitro. O zagueiro André Dias admite sua divergência com o apitador em relação à jogada do capitão do São Paulo, mas alega que todo mundo está sujeito a cometer falhas.

"Não falei mal do Simon e não tenho nada contra ele, que já apitou jogos em que venci e outros em que perdi. Não tenho nada a dizer em relação ao que ele fez ou deixou de fazer. Teve uma interpretação no lance do Rogério em que achamos que não era para ser expulso. Mas conseguimos vencer. Só estamos dependendo de nós e não vamos nos preocupar com arbitragem. Não estamos nesta posição por ajuda de árbitros", afirmou.

Depois da derrota do Palmeiras no Rio de Janeiro, o São Paulo se confirmou na liderança do Campeonato Brasileiro, com 59 pontos. Nesta segunda-feira, a CBF anunciou o afastamento de Simon até o fim do ano, mas André Dias preferiu não se envolver no assunto.

"Eu posso até me expressar sobre isso, mas não vai mudar nada. Sou subordinado aqui. Se o Ricardo quiser me tirar, vou ter que acatar. O Simon também (pode ser barrado por superiores). Se jogador recebe pressão grande, imagine a arbitragem sofrendo dos dois lados. Erros acontecem. (...) Os times que foram favorecidos por um erro da arbitragem já acabaram prejudicados em outros momentos", afirmou o zagueiro.

Além de André Dias, o ala direito Adrián González também se esquivou de polêmica. O argentino viu semelhanças entre as críticas à arbitragem no futebol brasileiro e as de seu país.

"Isso acontece no Brasil, na Argentina... Na dúvida, é sempre mais fácil apontar o outro. Todos do futebol têm que ajudar a coisa a melhorar. A arbitragem aqui é normal, acho que é muito parecida com a da Argentina. A diferença é que corta muito o jogo (marcando faltas) e dá muitos cartões", finalizou.

VEJA TAMBÉM
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 4 4

Comentários (1)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.