publicidade

Revezamento no ataque pode explicar média baixa de gols, afirma Washington

Tricolor marcou 40 gols em 29 partidas. É o pior ataque entre as equipes que estão no G-4

O revezamento de jogadores no ataque do São Paulo pode ser a explicação para o baixo número de gols marcados pelo Tricolor neste Brasileirão. O diagnóstico é feito pelo atacante Washington, que não consegue se fixar como titular, pois o técnico Ricardo Gomes tem feito um rodízio: ora joga Washington, ora joga Borges.

O ataque tricolor é o pior entre as equipes que estão no G-4, com 40 gols marcados. No geral, apenas sete equipes marcaram menos gols que o São Paulo. Quatro delas estão na zona de rebaixamento.


- É inédito na minha carreira esse sai e volta. O jogador precisa de sequência de jogos para ter confiança. Até por isso, talvez tenhamos uma média baixa - comenta.

No ano passado, atuando pelo Fluminense, Washington foi um dos artilheiros do Brasileirão, com 21 gols (ao lado de Kléber Pereira, do Santos, e Alex Mineiro, então no Palmeiras). Neste Brasileirão, o atacante fez apenas nove. Embora seja o maior goleador tricolor no ano, com 24, ele admite que não lembra de um outro ano que tenha marcado tão poucos gols.

- Acredito que esse seja o ano em que marquei menos gols - afirma.

VEJA TAMBÉM
- Cuiabá surpreende, vence São Paulo e derruba invencibilidade de Zubeldía
- São Paulo escalado para o jogo com o Cuiabá
- São Paulo x Cuiabá: onde assistir, horário e escalações no Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 4

Comentários (2)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.