publicidade

Ricardo Gomes terá de superar Atlético-MG e Internacional

Derrota e empate no primeiro turno, agora concorrentes ao título

Para o São Paulo arrancar nesta reta final de campeonato, o técnico Ricardo Gomes terá de seguir os mesmos passos do seu início no São Paulo. Faltando nove jogos para o Tricolor terminar a campanha 2009, algumas lições podem ser tiradas do início dos seus trabalhos com o time.

Ricardo Gomes estreou contra o Náutico, no Morumbi. Uma vitória por 2 a 0, com um time em busca de mudanças, mas uma vitória ainda nos moldes Muricy Ramalho: um famoso chuveirinho, com gol de Jean Rolt, e um gol de falta de Hernanes. Foi só o começo. Essa vitória, talvez deu tranquilidade para o inexperiente Ricardo ganhar fôlego e seguir em frente no seu trabalho.

Os dois jogos que viriam mostrariam que outras equipes se prepararam para dificultarem o caminho do Tricolor até o tetra. Veio a derrota para o Coritiba, com um show de Marcelinho Paraiba, e um empate suado no Morumbi, com o Flamengo de Adriano.

O segundo turno de Ricardo Gomes começou com um jogo que deu ao Jason a moral do campeão. Na chamada Batalha dos Aflitos, parte II, o São Paulo venceu de forma épica o Náutico, nos Aflitos. Com 9 jogadores em campo e num gramado sofrível. Mas os dois próximos jogos o Tricolor tropeçou em si mesmo. Empate em casa contra o Coritiba, e mais uma bela atuação de Marcelinho Paraiba, e uma derrota para o Flamengo, agora sem Adriano, porém com Petkovic.

Agora a pedra na chuteira do São Paulo é o Atlético-MG, concorrente direto no G4. No primeiro turno, foi a segunda derrota sob o comando de Ricardo Gomes, no Mineirão, por 2 a 0. E os jogadores esperam mesmo em casa, um jogo díficil.

- Vai ser jogo dificil, assim como tivemos, inclusive temos que se concentrar nos proximos jogos que temos em casa - disse o zagueiro Rodrigo.

Dos próximos adversários do São Paulo, além do Galo, Ricardo Gomes não venceu apenas um: o Internacional. O empate em 2 a 2, no Beira-Rio, quando estava atrás do placar por 2 x 0, foi considerado um marco na arrancada do time na primeira parte do Brasileirão, com destaque para atuação de Dagoberto.

Nesta reta final de Brasileiro, o lema do São Paulo é vencer. Com cinco pontos de diferença do líder Palmeiras, além de manter a freguesia do primeiro do primeiro turno, Gomes e o São Paulo terão de superar dois rivais direto ao título.

VEJA TAMBÉM
- Vai sair? Titular comenta possibilidade de transferência para o Cruzeiro
- Zubeldía reconhece desempenho ruim, justifica time no banco e revela lesão
- Cuiabá surpreende, vence São Paulo e derruba invencibilidade de Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 5

Comentários (8)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.