PM prende homem que jogou bomba no clássico paulista

PM prende homem que jogou bomba no clássico paulista

Robinson Damião, de 25 anos, confessou o delito e afirmou ser integrante da torcida Gaviões da Fiel

0 0 0 0
ÃO PAULO - A Polícia Militar prendeu, nesta sexta-feira, Robinson Damião, de 25 anos, que confessou ter atirado uma bomba no estacionamento do Morumbi após o clássico de domingo entre São Paulo e Corinthians. Ele afirmou ser integrante da Gaviões da Fiel.

Mas a prisão não se deu por causa das investigações do caso. A PM foi acionada depois que Robinson invadiu um edifício de luxo no bairro do Morumbi. "Quando chegamos ao local, o porteiro do prédio já havia dominado o invasor", contou o tenente da PM Thiago Chyo.

Damião não estava armado, mas carregava duas bolas de bilhar nos bolsos. Foi levado para a 89.ª DP, onde foi deixado "bem à vontade", segundo o relato da PM. Lá, contou que usava as bolas para fabricar bombas caseiras. E confessou que atirou uma delas no domingo.

No depoimento, Robinson Damião disse que estava na arquibancada do Morumbi quando jogou a bomba. A intenção era atingir integrantes da Independente, principal facção organizada do São Paulo. "Não sei como ela foi parar no estacionamento", disse ao delegado Luiz Gustavo de Lima.

A Gaviões da Fiel, por meio de sua assessoria, afirmou não ter conhecimento da prisão de Robinson Damião. E informou que, se ele for mesmo filiado à torcida, será expulso.

Tags: futebol, Corinthians, São Paulo FC, violência, clássico,
Avalie esta notícia: 9 4

Comentários (8)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.