Cotas de Televisão diminuem: Corinthians e Flamengo são principais prejudicados - veja a redução para todos os times

Cotas de Televisão diminuem: Corinthians e Flamengo são principais prejudicados - veja a redução para todos os times

0 0 0 0
A partir de 2019, o Campeonato Brasileiro terá uma mudança radical nas cotas de TV aberta, para desespero dos grandes clubes de São Paulo e Rio de Janeiro. A divisão do dinheiro seguirá o seguinte modelo: 40% divididos de forma igual entre os 20 integrantes da Série A, 30% pelo número de partidas transmitidas e 30% de acordo com a classificação final do torneio.



O Blog decidiu fazer um levantamento até a 31ª rodada para saber como ficaria a distribuição da grana da TV para todos os clubes.

O grande prejudicado hoje seria o Corinthians, que deixaria de receber R$ 92,2 milhões, seguido pelo Flamengo, com R$ 81,8 milhões a menos de receita (todos os números estão no fim da matéria).

Do eixo Rio-São Paulo, só o Fluminense se daria bem com a mudança. Em compensação, pelo país, muitos times teriam motivos para comemorar, com destaque para o Atlético-PR (com R$ 28,9 milhões a mais), Ceará (R$ 26,3 milhões) e Internacional (R$ 25,7 milhões). Mesmo o Paraná, praticamente rebaixado, teria lucro de R$ 11,3 milhões.

“Mas as mudanças vão exigir muito planejamento dos clubes, porque 30% da receita com a TV só virá no fim do ano, de acordo com a classificação no campeonato”, ressalta Rui Costa, diretor de futebol do Atlético-PR. Vale lembrar que os rebaixados não ganham esse prêmio e sofrerão com uma drástica redução nos vencimentos para o ano seguinte, na Série B.

Abaixo, a situação de cada um dos 20 clubes que integram a elite nacional levando em consideração que o novo sistema já estivesse valendo:

LEIA TAMBÉM: Goleiro do Palmeiras em final do contrato recebe sondagem tricolor



VARIAÇÃO DA COTA DE TV ATUAL/NOVA DIVISÃO:

QUEM MAIS PERDE:
– 1º Corinthians: R$ -92,2 milhões (de R$ 170mi para R$ 77,8mi)
– 2º Flamengo: R$ -81,8 milhões (de R$ 170mi para R$ 88,2mi)
– 3º Vasco: R$ -42,5 milhões (de R$ 100mi para R$ 57,5mi)
– 4º São Paulo: R$ -20,7mi (de R$ 110mi para R$ 89,3mi)
– 5º Santos: R$ -14,5mi (de R$ 80mi para R$ 65,5mi)
– 6º Palmeiras: R$ -3,7 milhões (de R$ 100mi para R$ 96,3mi)
– 7º Chapecoense: R$ -2,9 milhões (de R$ 32mi para R$ 29,1mi)
– 8º Botafogo: R$ -900 mil (de R$ 60mi para R$ 59,1mi)

QUEM MAIS GANHA:
– 1º Atlético-PR: R$ 28,9 milhões (de R$ 35mi para R$ 63,9mi)
– 2º Ceará: R$ 26,3 milhões (de R$ 23mi para R$ 49,3mi)
– 3º Internacional: R$ 25,7 milhões (de R$ 60mi para R$ 85,7mi)
– 4º Atlético-MG: R$ 25,3 milhões (de R$ 60mi para R$ 85,3mi)
– 5º Cruzeiro: R$ 22,3 milhões (de R$ 60mi para R$ 82,3mi)
– 6º Bahia: R$ 21,4 milhões (de R$ 35mi para R$ 56,4mi)
– 7º América-MG: R$ 21,3 milhões (de R$ 23mi para R$ 44,3mi)
– 8º Grêmio: R$ 19,6 milhões (de R$ 60mi para R$ 79,6mi)
– 9º Fluminense: R$ 17,8 milhões (de R$ 60mi para R$ 77,8mi)
– 10º Sport: R$ 12,1 milhões (de R$ 35mi para R$ 47,1mi)
– 11º Vitória: R$ 12,1 milhões (de R$ 35mi para R$ 47,1mi)
– 12º Paraná: R$ 11,3 milhões (de R$ 23mi para R$ 34,3mi)



COTAS DE TV DO BRASILEIRÃO DESTE ANO:
– R$ 170mi: Corinthians e Flamengo
– R$ 110mi: São Paulo
– R$ 100mi: Palmeiras e Vasco
– R$ 80mi: Santos
– R$ 60mi: Atlético-MG, Cruzeiro, Botafogo, Fluminense, Grêmio e Inter
– R$ 35mi: Atlético-PR, Bahia, Sport e Vitória
– R$ 32mi: Chapecoense
– R$ 23mi: América-MG, Ceará e Paraná


VÍDEO de atualização do mercado: Rodrigo Caiox Milan, Hernanes x China, Pato, Gabigol x empréstimo 2019, Rojas, Everton, clássico, Nene, veja abaixo:




LEIA TAMBÉM: Goleiro do Palmeiras em final do contrato recebe sondagem tricolor
Avalie esta notícia: 18 0

Comentários (3)

09/11/2018 03:20:41 CiroG

Excelente!!!! Se for verdade, estou muito feliz com essa perda.

O sistema atual visava promover uma espanholização do Campeonado Brasileiro.
Ou porque vocês acham que o Flamengo começou a contratar Diego Alves, Diego, Ewerton Ribeiro e ao mesmo tempo colocaram as contas em dia? porque simplesmente ganhavam muito mais que os demais.
O Corintihans só não estava montando grandes times por causa da Arena, senão eles, ao lado do Flamengo, estariam marchando economicamente acima dos demais clubes.

SPFC tem que aproveitar e virar protagonista novamente agora.

08/11/2018 19:45:11 Edson John

Agora sim, tava muito injusta a forma antiga????????????

08/11/2018 19:20:11 Lemonz

Podemos até perder... mas acho mais justa essa distribuição, é mais igualitária e leva outros fatores em conta, como desempenho, não somente tamanho da torcida como a anterior

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.