publicidade

Advogado do São Paulo admite que não será fácil absolver Borges

Atacante será julgado no STJD por explusão contra o Grêmio. No mesmo dia, Dagoberto e Jean também serão avaliados pelo tribunal

O São Paulo terminou o jogo contra o Grêmio, no dia 4 de novembro, com três jogadores a menos. Borges, Dagoberto e Jean foram expulsos e tiveram que cumprir suspensão diante do Vitória. Nesta quarta-feira, no STJD, acontecem os julgamentos dos são-paulinos, e o departamento jurídico do clube admite que pode ser considerado uma vitória ter dois deles à disposição de Ricardo Gomes para o confronto contra o Botafogo, domingo, no Engenhão.

- Estou confiante. Sempre vou ao julgamento para tentar a absolvição ou que seja uma pena justa. Não vou dizer que o caso do Borges é fácil, por exemplo. Em três, dois é uma quantidade razoável - diz o advogado do São Paulo, Roberto Armelim, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Para o jogo contra o Botafogo, Ricardo Gomes já não terá Hugo e André Dias, que vão cumprir suspensão por terem recebido o terceiro cartão amarelo.

VEJA TAMBÉM
- VAI PRO RIVAL? Chegada de James Rodríguez a um rival após rescisão com São Paulo tem aprovação da torcida
- A CAMINHO DO RIVAL? São Paulo e Corinthians buscando a contratação de meia do Santos
- EMPATE FORA DE CASA! São Paulo não mantém sequência de vitórias e tem prejuízos na sequência do Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 9 5

Comentários (1)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.