publicidade

Irritados com perda de mando, são-paulinos veem fantasmas nos bastidores

Gomes e Ceni desconfiam que mais um título tricolor incomoda. 'Isso (perda de mando) é pouco perto do que pode acontecer', diz goleiro

Os são-paulinos estão preocupados com os bastidores da reta decisiva do Brasileirão. Ao vencer o Vitória por 2 a 0, neste domingo, no Morumbi, o Tricolor alcançou a liderança isolada do campeonato, três pontos à frente do Palmeiras, e ficou bem perto de conquistar o mais um título nacional. E é exatamente isso que preocupa o técnico Ricardo Gomes e o goleiro Rogério Ceni. Eles acham que uma eventual quarta conquista consecutiva do São Paulo pode incomodar demais.

Ambos se referem principalmente ao fato de o Tricolor ter perdido um mando de jogo por causa da invasão de um torcedor ao gramado do Morumbi durante confronto contra o Internacional, dia 28 de outubro. Além disso, a equipe corre o risco de perder até cinco jogadores para o confronto contra o Botafogo, no Rio na próxima rodada. Além de André Dias e Hugo, que receberam o terceiro amarelo contra o Vitória, o time pode perder ainda Jean, Dagoberto e Borges, que serão julgados quarta-feira por suas expulsões contra o Grêmio.

Ricardo Gomes achou estranha a punição imposta ao São Paulo. Ele diz que houve invasão de campo em jogos do Atlético-MG e Flamengo, mas nenhum dos dois clubes foi punido. No caso do Fla, o incidente ocorreu após o apito final do jogo contra o Santos, dia 31 de outubro, quando um torcedor com a camisa rubro-negra entrou no campo para abraçar Adriano. O caso não foi relatado pelo árbitro.

- Tenho notado que deve ser um incômodo a possibilidade de o São Paulo conquistar o quarto título. Vi outros casos de invasão de campo que não foram muito comentados. No nosso caso, o rapaz foi identificado. Ele não vestia a camisa do clube, nem sequer torcia pelo São Paulo. mesmo assim, fomos punidos. Aceito perder dentro campo. Acontece, é normal. Mas fora de campo, não.

Já Rogério Ceni prefere tomar cuidado para tecer comentários. Ainda assim, ele não consegue esconder a sua desconfiança.

- Tem horas que é melhor ficar em silêncio e não se manifestar. Acredito que isso (perda do mando) é relativamente pouco perto do que pode acontecer no final do campeonato - diz o goleiro. O que poderia acontecer? O capitão não explica.

Por conta disso, Ceni não acha difícil que o Tricolor perca pelo menos Borges e Dagoberto para o jogo contra o Bota. Ambos foram expulsos por entradas violentas em jogadores do Grêmio. Já Jean foi expulso em Porto Alegre pelo acúmulo de dois cartões amarelos.

- Com o Jean não vai acontecer nada. Agora, com os outros dois, não sei. Acho que, como já cumpriram a suspensão automática, estariam liberados. Mas depois dessa punição (perda do mando), acho que podemos esperar algo que a mais nesses julgamentos.

VEJA TAMBÉM
- São Paulo quer contratação de novo volante para reforçar o elenco no meio-campo
- ALVO DE MUITAS CRÍTICAS! Ex-São Paulo tem saída decretada por torcedores após derrota para o Tricolor
- VITÓRIA DO TRICOLOR! São Paulo supera o Grêmio e retorna ao G-4, mantendo gaúchos na degola


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 7 3

Comentários (6)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.