publicidade

Times melhoram sem Diniz? A situação de clubes após demitirem treinador.

Fernando Diniz não é mais o técnico do Fluminense. Nesta segunda-feira (24), o Tricolor anunciou a demissão do treinador, campeão da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Recopa. Na sequência da temporada, quem assumir terá a missão de tirar o clube da zona do rebaixamento e conduzir a equipe nas oitavas do torneio continental e da Copa do Brasil. Pensando na continuidade do ano, o ESPN.com.br separou o que aconteceu com cada clube brasileiro que teve Diniz como treinador e o demitiu durante o ano.

Athletico-PR - 2018 Diniz acertou com o Athletico-PR em janeiro de 2018 após o Furacão não chegar a acordo com Clarence Seedorf. Porém, desligou o técnico no dia 25 de junho após cinco vitórias, sete empates e nove derrotas em 21 jogos. Na época, o clube paranaense era o vice-lanterna do Brasileirão, com nove pontos. Quem assumiu foi Tiago Nunes, que levou o time ao título da CONMEBOL Sul-Americana e terminou o Brasileirão em 7º lugar, com 57 pontos.

Fluminense - 2019 Depois de deixar o Athletico, Diniz acertou com o Fluminense. Na primeira passagem pelo Tricolor, foram 43 partidas, com 18 vitórias, 11 empates e 14 derrotas. A demissão veio em agosto após a derrota para o CSA, no Maracanã, por 1 a 0. Quem assumiu de maneira interina até o final da temporada foi Marcão, auxiliar permanente do clube. O treinador tirou o Fluminense da zona de rebaixamento, terminando o Brasileirão na 14ª colocação, com 46 pontos, garantindo vaga na Sul-Americana.

São Paulo - 2020 No dia 26 de setembro de 2019, o São Paulo anunciou Fernando Diniz como treinador para a vaga deixada por Cuca. No Tricolor do Morumbis, foram 74 jogos, com 34 vitórias, 20 empates e 20 derrotas até a queda em fevereiro de 2021. Com o treinador no comando, o clube paulista caiu nas quartas do Campeonato Paulista para o Mirassol, na semifinal da Copa do Brasil e foi de líder para 4º colocado no Brasileirão, posição em que terminou a competição com Marcos Vizolli no comando.

Santos - 2021 Em maio de 2021, Fernando Diniz chegou para comandar o Santos, que havia demitido o argentino Ariel Holan. Foram aproximadamente quatro meses no Peixe, sendo demitido em setembro. Ao todo, foram 27 jogos pelo Santos, com 10 vitórias, sete empates e 10 derrotas, deixando o clube após uma derrota para o Cuiabá, fora de casa, por 2 a 1, o que colocou o Alvinegro na 13ª colocação, com 22 pontos e a quatro de distância da zona de rebaixamento.

Vasco - 2021 Ainda em 2021, em setembro, Diniz teve a experiência de trabalhar na Série B, chegando para comandar o Vasco. O Cruzmaltino vivia situação delicada na segundona, na 10ª colocação, com 32 pontos e buscando o acesso. Pelo clube de São Januário, foram apenas dois meses de trabalho e 12 jogos. Com cinco derrotas, quatro vitórias e três empates, Diniz caiu após a sequência negativa de quatro reveses seguidos, incluindo um 4 a 0 dentro de casa para o rival Botafogo. O Cruzmaltino terminou a competição na 10ª posição, com 49 pontos, sendo comandado pelo auxiliar Fabio Cortez.

Fluminense - 2022 Em abril de 2022, o Fluminense anunciou o retorno de Fernando Diniz. O treinador chegou para a vaga de Abel Braga, demitido após empate por 0 a 0 com o Unión La Calera pela Sul-Americana. A passagem foi encerrada nesta segunda-feira após 783 dias, ultrapassando quem sucedeu, se tornando o comandante com mais tempo à frente do Tricolor no século XXI. Diniz deixa o clube com o pior início na era dos pontos corridos, com uma vitória em 11 jogos, ocupando a lanterna da competição. Como legado, carrega o título do Carioca em 2023, da Libertadores no mesmo ano e da Recopa na atual temporada. Além disso, levou o prêmio de melhor técnico da América do Sul no ano passado, na votação do jornal El País, do Uruguai, desbancando nomes como Abel Ferreira (Palmeiras), Lionel Scaloni (seleção da Argentina), Luis Zubeldía (ex-LDU e atualmente no São Paulo) e Marcelo Bielsa (seleção do Copa América).

Próximos jogos do Fluminense: Vitória (C): 27/6, 19h (de Brasília) - Brasileirão Grêmio (F): 30/6, 16h (de Brasília) - Brasileirão Internacional (C) - 04/07, 20h (de Brasília) - Brasileirão


VEJA TAMBÉM
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez
- REVOLTANTE! Análise da polêmica entre Atlético-MG e São Paulo em sequência do Brasileirão!


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 10 4

Comentários (6)
24/06/2024 18:47:22 wil de

essa mensagem significa que já querem contratar o Diniz kkk, espero que eu esteja errado.

24/06/2024 17:32:49 Marcondes Camargo

o tricolor já está patinando e a página ainda posta mais um lascado. kkkkk

24/06/2024 17:17:59 Sergio Gandini

Um resumo de sua carreira, e estão dando um alerta para o Cagares e Belomonte não pensarem em contrata-lo para a vaga do Rebeldia, só pide ser isto...

24/06/2024 16:43:59 Nelson Ferreira

quem tem que se preocupar com isso são os torcedores do Fluminense né

24/06/2024 16:39:56 durval pereira

DIGO , A VER (

24/06/2024 16:37:50 durval pereira

APENAS UMA PERGUNTA: O QUE O SÃO PAULO TEM HAVER COM ESSA MENSAGEM?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.