publicidade

Possíveis Implicações da Ausência de Alisson para Zubeldía no São Paulo.

Siga o UOL Esporte no Mais que a tentativa de retomar o caminho das vitórias no Brasileiro, o duelo do São Paulo neste sábado (22), contra o Vasco, às 21h30 (de Brasília), em São Januário, pode dar ao técnico Zubeldía algumas respostas para os próximos passos em 2024. A equipe não poderá contar com Alisson, suspenso. O volante tinha atuado em todos jogos da competição até aqui e apontado como peça-chave em setor que a própria comissão entende ter fragilidades quanto à opções. O que aconteceu Alisson é um dos jogadores que mais atuaram na temporada. Foram 30 jogos, sendo 28 como titular. Ele está empatado com Luciano no topo da lista em 2024. Galoppo desponta como opção para a lacuna deixada no time. Ele pode atuar ao lado de Luiz Gustavo, que ganha sequência em meio aos desfalques causados pela Copa América. Zubeldía também vê outras opções à mesa para compor a equipe. Ele pode, por exemplo, recuar Nestor ou Michel Araújo em um novo desenho do time. O treinador argentino tem alguns jovens à disposição, como Iba Ly e Negrucci. Apesar de ver a base com bons olhos, o treinador ainda não indica tendência de fazer apostas nas posições à frente da defesa. O meio de campo é um dos setores que causa dor de cabeça à comissão técnica. Zubeldía já admitiu a carência de opções para volantes e ainda analisa formações para um melhor rendimento da equipe — o posicionamento de Lucas e Luciano gera debates. A ausência de Alisson obriga o argentino a mudanças. Pode pesar na escolha da formação ainda a possibilidade de o zagueiro Alan Franco estar à disposição. Ele está recuperado de dores musculares — foi para o banco contra o Corinthians para "forçar" o terceiro amarelo e estar suspenso contra o Cuiabá. Zubeldía já escalou o São Paulo com uma linha de três zagueiros. Vale lembrar que a relação para o duelo com o Vasco tem uma novidade justamente para a defesa. Relacionadas 'São Paulo não tem condição de lutar pelo título brasileiro', diz Arnaldo Quem são atacantes sub-20 que fazem São Paulo lutar contra assédio europeu Aloísio Chulapa chora ao relembrar trajetória: de garçom a campeão mundial

Créditos da imagem

O zagueiro Igão, de 16 anos, está relacionado pela primeira vez no profissional. Ele integra a delegação que desembarcou no Rio de Janeiro. Ele foi eleito o melhor zagueiro da Copa do Brasil Sub-17 deste ano, em que o Tricolor foi vice-campeão. Sequência sem vitória Zubeldía perdeu a invencibilidade à frente do São Paulo na última quarta-feira. O time perdeu para o Cuiabá, em casa, e deixou o campo sob vaias. A equipe tricolor tem, agora, três jogos sem vencer. Antes do referido resultado negativo, o São Paulo vinha de empates com Internacional e Corinthians. O São Paulo luta para voltar a encostar na briga pelo topo da tabela. Os comandados de Zubeldía deixaram o G6 e veem a distância para o líder Flamengo ser de seis pontos.


VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 1 0

Comentários (1)
22/06/2024 18:14:30 Sergio Gandini

Faltou planejamento para as antas da cúpula São Paulina, emprestaram Luan e Neves e hoje sofrem para escalar o time tendo que improvisar novamente, como fizeram co Luciano..

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.