publicidade

Alisson, o Fundamento de Três Técnicos e Destaque no São Paulo

Grande pilar do São Paulo No último domingo (23), durante o clássico Majestoso, entre Corinthians e São Paulo, o volante Alisson foi quem ficou mais tempo em campo, do começo ao final da partida, superando o goleiro Rafael, que está com a Seleção Brasileira para a disputa da Copa América, como o jogador tricolor com mais tempo de jogo em toda a temporada. Alisson no São Paulo. Foto: Rubens Chiri/São Paulo/Flickr

Agora, nesta próxima quarta-feira (19), o volante também estará em campo, desta vez contra o Cuiabá, no Morumbis, às 20h (horário de Brasília), pela 10ª rodada do Brasileirão. O Tricolor Paulista busca quebrar o tabu de só ter vencido o Dourado apenas uma vez em seis partidas desde 2021, quando os mato-grossenses chegaram na Série A. É impossível dizer que Alisson é um volante comum. Com tanta concorrência dentro do elenco do São Paulo e estando mais propenso a tomar cartões por sua posição, mas ainda somar mais minutos que o goleiro titular. Vale ressaltar que Rafael possui um status de incontestável dentro da equipe.

Alisson e sua importância no time Diante do Timão, o volante completou 29 jogos no ano, sendo 27 deles como titular, 20 que nem mesmo foi substituído e somando 2.544 minutos em campo. Para efeito de comparação, Rafael tem 25 jogos e 2.517 minutos. Contratado como meia-atacante no final de 2021, com desconfiança da torcida, teve pouco destaque na primeira temporada. Em sua primeira temporada, durante o ano de 2022, o jogador atuou em 38 das 77 partidas do São Paulo, com três gols. Mas, um novo status surgiu a partir do meio do ano passado.

Torcedor do São Paulo. Foto: Reprodução/Twitter
Torcedor do São Paulo. Foto: Reprodução/Twitter

Sem poder contar com Pablo Maia, Dorival Junior, então treinador tricolor, improvisou Alisson como volante em um clássico contra o Palmeiras. Deu certo. No meio-campo, o jogador se tornou um pilar do time, terminando a temporada de 2023 com 56 jogos. A presença se tornou ainda mais frequente neste ano, onde Alisson ficou fora de apenas duas partidas, por suspensão, contra a Ponte Preta, no Campeonato Paulista, e na Copa do Brasil, poupado contra o Águia de Marabá.

Torcedor do São Paulo. Foto: Reprodução/Twitter
Torcedor do São Paulo. Foto: Reprodução/Twitter

E a importância de Alisson se torna uma boa temporada para o Tricolor. No Campeonato Brasileiro, ocupa a 6ª colocação, com 15 pontos, quatro a menos que o líder Botafogo. Já na Libertadores, foi líder do Grupo B, com 13 pontos, empatado com o Talleres, mas conquistou a primeira colocação pela diferença no saldo de gols. Agora, enfrenta o Nacional-URU nas oitavas de final do torneio continental. O mais intrigante é que, caso o Palmeiras elimine o Botafogo na rodada, é possível ter um Choque-Rei logo nas quartas de final da Libertadores.


VEJA TAMBÉM
- São Paulo redefine postura e aguarda reapresentação de James Rodríguez no clube
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 12 1

Comentários (2)
19/06/2024 14:52:38 Negro Anjo

Engraçado que não servia no Grêmio e nem no Cruzeiro e agora serve bem quando se firmou no time e virou peça fundamental no esquema. Aí vem o Cruzeiro querendo tirar o cara do São Paulo só porque tá com a bala toda VTNC

19/06/2024 11:29:40 Sergio Gandini

Realmente o Dorival foi fundamental na escolha pelo Alisson de volante, hoje ele é importantíssimo nesta posição. Porque o Luiz Rebeldia através deste exemplo não faça o mesmo com o Rato de lateral esquerdo. Os treinos são para isto, só falta ousadia...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.