publicidade

Proposta recusada pelo PSG leva Pato de volta ao Brasil e Corinthians.

O "não" que mudou o destino de Alexandre Pato e o levou ao Corinthians em 2013.

Um "não" foi crucial para que os caminhos de Alexandre Pato e Corinthians se cruzassem. Antes de retornar ao futebol brasileiro, em 2013, o atacante quase foi parar na França. Mais precisamente em Paris. Indicado por Carlo Ancelotti, com quem havia trabalhado no Milan , Alexandre Pato foi procurado pelo Paris Saint-Germain no início do projeto "galáctico", mas recusou a proposta porque estava adaptado no clube rossonero. Depois do "não" ao PSG , o atacante sofreu com problemas físicos e perdeu espaço no Milan até ser contratado pelo Corinthians em janeiro de 2013.

Alexandre Pato custou 15 milhões de euros (cerca de R$ 40,5 milhões na época) aos cofres do Timão. "Quando o PSG começou a montar aquele supertime, eu era a primeira escolha do Ancelotti e do Leonardo. Tive um contrato em cima de mesa e acabei não indo. Estava tudo desenhado. Estava em casa no Milan , um salário alto, era o principal jogador para o Berlusconi e ele não queria que eu saísse. E isso me fez pensar: estou em casa aqui, era um cenário ideal. Acabei não indo, comecei a ter um monte de lesões, não consegui recuperar meu corpo e acabei vindo para o Brasil", contou Pato ao podcast Flow Sport Club.

A passagem do atacante pelo Corinthians não foi ruim nos números - 17 gols em 63 jogos, mas ficou marcada pelo pênalti perdido diante do Grêmio, nas quartas de final da Copa do Brasil de 2013, que culminou com a eliminação do Timão. Hoje com 34 anos, Alexandre Pato está sem clube desde que deixou o São Paulo no final da última temporada. Foram apenas dez partidas e dois gols na sua terceira passagem pelo Morumbis.

Próximos jogos do Corinthians: Santo André (C) - 02/03, 16h (de Brasília) - Campeonato Paulista Água Santa (F) - 10/03, 16h (de Brasília) - Campeonato Paulista


VEJA TAMBÉM
- São Paulo vence Atlético-GO e ganha pela primeira vez no Brasileiro
- Veja como assistir Atlético-GO vs São Paulo ao vivo
- Quatro treinadores recusaram proposta do São Paulo antes do acerto com Zubeldía


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 16 10

Comentários (1)
28/02/2024 21:12:22 KERBEROS

Aos que criticavam o Dorival por não escalar o Pato, está aí. O "super jogador" que diziam que o Dorival não colocava por implicância, está aí sem clube e sem ninguém disputando o "super jogador".

É nessa situação que a maioria precisa entender que, se não está sendo escalado, é porque não está jogando bem nos treinos.

E se não vai bem nos treinos, não faz por merecer estar em campo. Não se pode jogar com só com o nome, tem que apresentar futebol também.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.