publicidade

Diego Costa: Pilar do São Paulo após lesão com Ceni.

A evolução de Diego Costa como jogador ao receber a braçadeira de capitão do São Paulo.

Formado nas categorias de base do São Paulo, o zagueiro Diego Costa tinha apenas 23 anos em 2022, período em que recebeu a braçadeira de capitão da equipe. A decisão não partiu de "qualquer um", mas sim de Rogério Ceni, um dos maiores ídolos do clube e que, na época, era técnico do elenco tricolor. Diego Costa revelou ao UOL como lidou com o momento. Para ele, usar a braçadeira do São Paulo na época gerou evolução em seu futebol. Na primeira vez em que ele falou que eu seria capitão, me surpreendi, ainda mais vindo dele, que é um cara tão duro em relação a ser perfeccionista. Foi uma honra ter sido capitão com ele como treinador. É um cara que admiro muito e é um ídolo de todo mundo que é são-paulino. Eu não esperava, mas depois de um tempo, vi que ele confiava no meu trabalho e isso fez com que meu futebol no São Paulo evoluísse muito Diego Costa, ao UOL

Crédito: source: Youtube

O zagueiro liderou a zaga até outubro daquele ano, mas uma lesão interrompeu a sequência: ele sofreu uma tendinite do joelho e precisou passar por uma cirurgia. Diego Costa passou seis meses afastado e em seu retorno, já em abril do ano passado e sem pré-temporada, acabou perdendo espaço — Beraldo, outra cria de Cotia, atropelou a concorrência e ganhou a vaga titular ao lado de Arboleda na defesa são-paulina. A saída do colega rumo ao PSG fez o camisa 4 retomar seu status de pilar da equipe, hoje comandada por Thiago Carpini. A cereja do bolo da boa fase foi a renovação: o zagueiro estendeu seu vínculo com o Tricolor até 2028. A reviravolta de Diego Costa Lesão. "Foi bem difícil. Lembro que a gente perdeu a final da Sul-Americana e, logo em seguida, tive que passar por uma simples operação no joelho. Graças a Deus, não foi nada grave, mas isso me tirou uns meses do campo. A gente sabe que no futebol, ainda mais no Brasil com o calendário tão cheio, se você fica um pouco fora, é difícil voltar. Acabei perdendo a pré-temporada no começo do ano. Foi um começo meio complicado. A gente sabe que, quando está fora, é difícil, mas graças a Deus, com a ajuda do departamento físico do São Paulo, consegui voltar e ganhar ritmo de jogo. Por mais que eu não tivesse feito a pré-temporada, fui ganhando condição aos poucos nos jogos.

Diego Costa em ação durante jogo do São Paulo; zagueiro sofreu com lesão no joelho

Retorno em momento crucial. "Quando voltei, vi que o time estava muito bem. Tanto é que, quando saí na Sul-Americana, sabia que o próximo título que fôssemos disputar, tínhamos que ser campeões, então estava focado em voltar para poder ajudar ao time. Graças a Deus, consegui voltar muito bem e joguei os jogos mais importantes da Copa do Brasil." Melhor jogo da carreira. "Se fosse para escolher um jogo, seria contra o Flamengo na final da Copa do Brasil, muito pelo fato de o Morumbi estar lotado, pela festa que foi... até hoje, aquele jogo foi o mais importante. Acabei entrando no começo. Por mais que eu estivesse concentrado, não esperava. Foi logo no começo. Entrei e dei conta do recado."


VEJA TAMBÉM
- Veja como assistir São Paulo vs Fortaleza ao vivo
- Veja a provável escalação do Tricolor para o jogo de hoje
- Crespo quer voltar e divide opiniões de torcedores nas redes sociais


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 25 3

Comentários (7)
23/02/2024 11:16:36 José Raimundo de Jesus SOUZA

a zaga tá uma merda,tem q mudar ,arboleda e ferraresi tem q ser testados urgente

23/02/2024 09:00:09 Edivaldo Santos

Se isso for pilar com certeza a casa caiu

É um pilar sem nenhuma Ferragens no interior da Estrutura de concreto!! Kkk..

23/02/2024 08:29:31 Ozias Bezerra de pula

de novo essa matéria, esse estagiário que escreve essas matérias deve ser amigo do cara, pode melhorar, mais ainda não é pilar de nada, deveria apostar mais no Ferraresi, dar mais minutos pra ele voltar alcançar o mesmo nivel de quando se machucou, ele esta bem a frente do Diego na segurança e nas saidas de bola, a grande maiorias dos torcedores ve isso menos o técnico

23/02/2024 08:23:31 Sergio Gandini

Diego é novo e pode melhorar, hoje tem muito que aprender principalmente se colocar dentro da área, vários gols que o São Paulo sofre é em cima dele e do Wellington. Acredito que o Ferraresi é melhor que ele..

23/02/2024 07:13:38 Sergio Santos

pilar essa imundície kkkk

23/02/2024 07:07:42 Sergio Santos

pilar de quê das entregadas

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.