publicidade

Mesmo com premiação da Copa do Brasil, São Paulo tem prejuízo de R$ 97 milhões e estoura orçamento

A Copa do Brasil exibe como atrativo, além da taça, uma das maiores premiações do futebol sul-americano. Campeão desta temporada, o São Paulo recebeu cerca de R$ 88 milhões pelo título inédito .

Apesar da injeção de dinheiro, o clube fechou o terceiro trimestre de 2023 com as contas no vermelho. Houve um resultado contábil de R$ 97 milhões negativos até o mês de setembro.

Julio Casares comemora reeleição no São Paulo

O resultado foi pior do que o projetado pela diretoria tricolor para o período. Caso todos os números do orçamento tivessem sido cumpridos, o São Paulo chegaria a setembro com um déficit de R$ 50 milhões.

Todos os números expostos nesta reportagem têm origem no relatório financeiro referente ao terceiro trimestre de 2023. Embora a direção do clube não publique o documento, para que a torcida possa acompanhar as finanças, o ge obteve uma cópia dele.

Julio Casares, presidente do São Paulo — Foto: Felipe Ruiz

Julio Casares, presidente do São Paulo — Foto: Felipe Ruiz

RECEITAS Previsto Realizado Variação
Transmissão 141 207 66
Bilheteria 49 99 50
Sociais e amadores 38 41 3
Atletas 84 39 -45
Patrocínio 43 32 -11
Estádio 25 30 5
Licenciamentos 14 16 2
Sócio-torcedor 14 16 2
Outros esportes 1,5 1 -0,5
Total 410 481 72
Fonte: Demonstrações financeiras
deslize para ver o conteúdo

No quadro acima, estão expostas todas as receitas do São Paulo entre 1º de janeiro e 30 de setembro. O título da Copa do Brasil deixou a sua marca na linha de "transmissão", pois a sua premiação tem origem na venda dos direitos de mídia da competição.

A bilheteria também foi beneficiada pelo torneio. Com a alta demanda pelos ingressos das partidas contra Flamengo, Corinthians e Palmeiras , nas fases finais da Copa do Brasil, a arrecadação ficou próxima dos R$ 99 milhões e "dobrou" a meta para o período.

Houve dois pontos em que o São Paulo ficou abaixo do projetado: patrocínios e transferências de atletas. Enquanto a área comercial chegou ao terceiro trimestre com R$ 11 milhões aquém do que esperado, as vendas de direitos de jogadores geraram R$ 45 milhões a menos.

— Em agosto, a gente tinha oferta por três ou quatro jogadores. Naquele momento tivemos a tranquilidade de não os vender para tentar ganhar a Copa do Brasil, como ganhamos. Trouxemos o legado esportivo e valorizamos os atletas — justificou o presidente Julio Casares em entrevista coletiva na última sexta-feira .
DESPESAS Previsto Realizado Variação
Folha salarial -160 -236 -76
Materiais e serviços -17 -17 0
Gerais -8 -8 0
Jogos, tributos, outros -54 -81 -27
Depreciação -3 -3 0
Amortização -68 -68 0
Sociais -37 -41 -4
Outros esportes -8 -7 1
Estádio -16 -17 -1
Administrativas -32 -32 0
Total -403 -510 -107
Fonte: Demonstrações financeiras
deslize para ver o conteúdo

Já o quadro acima mostra os custos até o terceiro trimestre. Fica evidente o "outro lado" da Copa do Brasil: da mesma maneira que a competição eleva as receitas com transmissão e bilheterias, puxa as despesas.

A folha salarial registra os salários, encargos trabalhistas, direitos de imagem e... premiações dos atletas. À medida que o time avançava de fase no torneio, os atletas recebiam parte dos ganhos. Isto faz com que o custo extrapole o que estava projetado no orçamento.

Como o São Paulo também teve despesas adicionais com cada partida realizada na Copa do Brasil, a linha "jogos, tributos, arena e intermediações" também superou a expectativa.

Vale destacar que o orçamento para a temporada de 2023 foi calculado pelo departamento financeiro do São Paulo em 2022, nos últimos meses do ano. O clube elevou a sua folha com as contratações de Lucas Moura, no início de agosto , e James Rodriguez, no fim de julho .

RESULTADO Previsto Realizado Variação
Receitas 410 481 71
Despesas -403 -510 -107
Resultado financeiro -56 -68 -12
Resultado do exercício -50 -97 -47
Fonte: Demonstrações financeiras
deslize para ver o conteúdo

No fim das contas, como as despesas aumentaram mais do que as receitas, a associação chegou ao fim de setembro com um prejuízo maior do que o aguardado por sua diretoria para esses nove meses.

Também pesa o custo financeiro de sua dívida. O clube perdeu R$ 68 milhões com itens financeiros, sobretudo juros sobre dívidas. Só em obrigações com instituições financeiras — como Rendimento, Tricury, Bradesco, Daycoval e BTG —, o São Paulo deve cerca de R$ 209 milhões .

A expectativa de Casares para reduzir os problemas financeiros ainda em 2023 é a venda de jogadores. Beraldo, Pablo Maia, Rodrigo Nestor e Wellington são os principais ativos.

— Dirigente tem que ter sangue frio. Se por um acaso tivermos um déficit esse ano, sabemos que os atletas que valiam cinco ou seis milhões (de euros) vão valer 18 milhões (de euros). É oficial, já existe, mas sabemos que pode aumentar – disse Casares.

@rodrigocapelo


VEJA TAMBÉM
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez
- REVOLTANTE! Análise da polêmica entre Atlético-MG e São Paulo em sequência do Brasileirão!


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 11 10

Comentários (8)
13/12/2023 07:38:03 GRM

Como tem leigo comentado aqui, pelo amor de Deus... Se vende os jogadores da base para sanar dívidas feitas por outros gestores, os caras reclamam. Se o clube não vende e fica no prejuízo, reclamam igual. Essa molecada não tem a mínima noção de como funciona a gestão de um clube desse tamanho e quer vir dar pitaco aleatório na internet.

12/12/2023 21:24:55 Morumbitri

Enquanto continuar a acumular dívidas, o clube só vai ganhar um título a cada 10 anos.... a política é tentar montar times competitivos e reduzir as dívidas.

E tem torcedor que apoia esse presidente uma hora a conta chega ano passado a venda do Anthony ajudou a não fechar no vermelho agora imagina se o Anthony não tivesse sido vendido teria tido um rombo ajuntando com mais esse rombo se não fosse a bilheteria deste ano e o título da copa do brasil era conversa para mais de 300 milhões de rombo com esse filho da puta na presidência

Olha o tamanho do rombo que esse filha de uma puta feiz com o São Paulo esse ano...Agora vcs imagina se a torcida não tivesse apoiando e se não fosse campeão da copa do brasil passaria de 200 milhões fácil o rombo

12/12/2023 19:02:51 gui47 Catelaine

ganhou a copa do brasil arecado bilheteria e ainda vem blá blá blá blá blá bando desafado

12/12/2023 18:37:11 Talles Lessa

o SPFC já é SAFadeza

12/12/2023 17:41:29 Fabio Santos

sempre amesma pode colocar a população da china no Morumbi que vai continuar devendo vai contar essa pra outro

12/12/2023 16:25:00 Edson Carlos Santos Pessoa

vende alguém pra sanar esse prejuízo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.