publicidade

Agora vai? Lembre os projetos de modernização do Morumbi que nunca saíram do papel

O São Paulo está planejando algumas reformas no estádio do Morumbi, inspirada no estádio Monumental de Nuñez, do River Plate. Porém, este não é o primeiro projeto do clube de modernização.

Em 2011, o Tricolor anunciou um projeto que prometia modernizar o Morumbi e chegava, inclusive, a ter uma proposta para construir uma cobertura no local.

Na época, o projeto foi encabeçado pelo ex-governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, do ex-prefeito da capital, Gilberto Kassab, além de Juvenal Juvêncio e Marco Aurélio Cunha.

+ Assista aos jogos do seu clube do coração com aquela gelada! Copo Stanley a partir de R$120,00

+ Já pensou em ser um gestor de futebol? Participe da nossa Masterclass com Felipe Ximenes e descubra oportunidades

O Morumbi iria receber uma arena multiuso para shows e eventos, um hotel com centro de convenções, um novo memorial, além da capacidade do atual estacionamento ampliada. A intenção era manter o limite máximo de 67 mil torcedores.

Quanto a cobertura que seria inserida, a intenção era instalar uma cobertura leve, com estrutura metálica e a menor quantidade possível de pontos de apoio em torno do estádio. De acordo com o projeto, o prazo de conclusão era estimado em 18 meses a partir do início das obras.

No entanto, três anos depois foi descartado. A diretoria entendeu na época que não tinha o dinheiro necessário para que as obras de cobertura, arena e estacionamento funcionassem.

O projeto de agora tem como proposta aumentar a capacidade do Morumbi. Com esta reforma, o estádio poderá comportar uma capacidade de até 80 mil lugares. Porém, existem alguns pontos em questão. A obra, em si, demoraria cerca de oito meses para ficar pronta. Durante este período, o São Paulo precisaria mudar de estádio.

Ainda não existe uma data definida para a realização deste projeto, que é visto com cautela pelo clube. Mas esta ideia é algo que existe há algum tempo. No final da última temporada, o River Plate acabou com a pista de atletismo ao redor do gramado e criou para o lugar dois setores. A geral, atrás dos gols, é específica para suas barras bravas (como são chamadas as torcidas organizadas do país vizinho), sem assentos.


VEJA TAMBÉM
- PRÓXIMO CONFRONTO! Veja o histórico do confronto entre Vasco e São Paulo
- VAI DEFINIR SEU FUTURO! Questionado no Tricolor, possível destaque na Copa América pode definir futuro de meia
- ONDE ASSISTIR: Vasco x São Paulo pelo Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 28 5

Comentários (4)
07/09/2023 21:30:41 Jonata Santana

essa porra de pista de corrida aí , sem falar no fundo dos gols a distância o cara tem que assistir o jogo com Binóculo vsf mano

07/09/2023 13:14:58 Gerson Silva

Só entrar num acordo com a tia Leila....e jogar no alians

bronze
07/09/2023 11:51:54 DonPedrito

Pacaembu abrirá para 25 mil torcedores. Inviável para quem leva 50 mil no Morumbi.

07/09/2023 09:38:46 Everaldo Campos

Joga no Pacaembu, tem Barueri e algumas cidades do interior para presentear os torcedores.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.