publicidade

Patrick e Galoppo comemoram noite de classificação do São Paulo: "Fui além do meu limite"

Galoppo, autor do pênalti decisivo, também destaca noite "incrível" no Morumbi; Tricolor bate Atlético-GO e avança à final da Sul-Americana

O São Paulo venceu o Atlético-GO nos pênaltis, na noite desta quinta-feira, no Morumbi, e garantiu uma vaga na final da Copa Sul-Americana. A vitória no tempo normal, por 2 a 0, teve Patrick como destaque.



Camisa número 3 do Tricolor na competição, o meio-campista foi o autor dos dois gols da vitória que levou a decisão para a disputa das penalidades máximas.

Acho que essa noite vai ficar na memória de muitos tricolores. Muito tempo que o São Paulo não chegava em uma final de competição internacional. Estamos de volta. Revertemos o placar adverso diante de uma responsabilidade muito grande diante do Morumbi lotado. Dei meu máximo, fui além do meu limite, e, graças a Deus, saímos vencedores nos pênaltis – disse Patrick ao final da partida.

Patrick também comentou sobre o nervosismo que sente quando não está em campo, já que foi substituído antes dos pênaltis. O meia também analisou o adversário da final, o Independiente Del Valle, do Equador.

Eu brinco com meus amigos que, quando estou lesionado ou suspenso, nem venho ao estádio para não passar nervoso, agora imagina uma disputa de pênalti.

Agora temos o grande desafio que é ser campeão. É um adversário muito difícil. Com muita humildade e trabalho vamos traçar a melhor estratégia para tentar o nosso objetivo – completou Patrick.

Outro jogador decisivo para a partida, mas nas cobranças das penalidades máximas, Galoppo comentou sobre a sensação após a classificação no Morumbi.

Incrível, incrível. É uma noite especial para nós. Trabalhamos muito para isso. Estamos muito felizes. É agradecer meus companheiros por o esforço que fizeram durante a temporada. Necessitávamos disso. A equipe fica forte com toda essa torcida, isso é indispensável para nós. Queremos a Copa e vamos lutar por isso. Temos muita ilusão de voltar para São Paulo, de Córdoba, no mais alto. Quero dedicar essa vitória para a minha família, que está na Argentina, e eu sinto saudade. Vamos, São Paulo! – gritou o meio-campista argentino



A final da Sul-Americana será disputada em Córdoba, na Argentina, no dia 1º de outubro (horário ainda não confirmado). Até lá, o São Paulo volta suas atenções ao Brasileirão e volta a campo no domingo, contra o Corinthians, às 16h (de Brasília), no Morumbi.




São Paulo, Patrick, Galoppo, Classificação, Sul-Americana, SPFC

VEJA TAMBÉM
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana
- Zubeldía esclarece sobre proposta do Equador e opinião sobre James Rodríguez


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 15 0

Comentários (5)
ouro
09/09/2022 09:20:05 Tricolaço7

Foi surpreendente o quanto Patrick e Reinaldo aguentaram o jogo.

São jogadores que morrem no segundo tempo, mas ontem deram tudo de si.

09/09/2022 07:01:05 Sousa SOUSINHA

Patrick ainda joga melhor ao lado do Reinaldo!! Parabéns!!!

09/09/2022 00:44:49 Josef Schroll

Seus perninha kkk

09/09/2022 00:44:05 Josef Schroll

Luciano e caleri agora presta atencao patrick.e aprecem jogar

09/09/2022 00:39:39 Jhonnathan Mota

Eu não o que o Luciano tem ba cabeça. O cara só tem o canto direito pra bater a bola quando bate o penalti. Porra, caralho bate no outro canto, todos os goleiros sabem que tu (luciano) só bate o pênalti em um canto. Poxa...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.