publicidade

CBF admite erros inaceitáveis da arbitragem e diz que são divisor de águas

Reunião da CBF com clubes a respeito da arbitragem
Imagem: Reprodução/CBF



O presidente da comissão de arbitragem, Wilson Seneme, admitiu a existência de erros "inaceitáveis", nas palavras dele, ao longo do primeiro turno do Brasileirão e na Copa do Brasil. A mea culpa aconteceu durante reunião com os clubes das Série A e B, na sede da CBF. O encontro de hoje (26) acontece como marco após a conclusão da metade do campeonato, em um momento de muita reclamação contra decisões de campo e do árbitro de vídeo.



LEIA TAMBÉM: Telê é eleito o maior técnico da história do futebol brasileiro


Alguns dos equívocos recentes, por exemplo, foram no Palmeiras x São Paulo, que não teve linha de impedimento traçada no lance do pênalti para o São Paulo, e uma marcação equivocada da linha no Ituano x Cruzeiro, na Série B, para citar alguns.

O discurso de Seneme tem como ponto de partida o período em que ele trabalhava na comissão de arbitragem da Conmebol. O dirigente se remeteu a alguns dirigentes que estavam no auditório e, por participarem dos torneios continentais, puderam medir a alegada evolução dos árbitros sul-americanos.

"A referência de quando eu venho à CBF, aceitando o convite, era um grande desafio de tentar reproduzir o mesmo modelo de gestão no Brasil. Não foi um sucesso feito de um dia para a noite, de um minuto para o outro. Ocorreram erros absurdos, sim. Muitos que ocorrem, inclusive, são inaceitáveis para vocês, para nós e para o futebol. Na Conmebol, esse período serviu como um divisor de águas. Essa reunião nossa aqui eu espero e tenho como objetivo que seja um divisor de águas também para a arbitragem brasileira. Os equívocos que ocorreram no primeiro turno, uns são de interpretação, que, com os árbitros afastados ou não, podem ocorrer. Outros são inaceitáveis e têm que servir como divisor de águas", disse Seneme.

Seneme trouxe aos clubes detalhes de algumas medidas previstas no plano de ação apresentado internamente quando a composição atual da comissão de arbitragem foi montada. Segundo ele, haverá uma intertemporada da arbitragem, entre 1 e 5 de agosto, reunindo 95 árbitros.

Para sanar algumas reclamações recentes dos clubes, Seneme prometeu um prazo mais organizado para publicação de áudio e vídeo das principais checagens e revisões do VAR. Para jogos da Série A, até 24 horas após a partida. Na Série B, 48 horas. A comissão de arbitragem da CBF ainda vai formalizar a criação de um quadro chamado de VAR-CBF, com 128 árbitros homologados.

Presidentes dos principais clubes do Brasil compareceram à reunião, entre eles Sérgio Coelho, do Atlético-MG, Leila Pereira, do Palmeiras, e Rodolfo Landim, do Flamengo. Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, abriu o encontro e repetiu um discurso de que é necessário, sim, fazer cobranças aos árbitros para que haja melhora no desempenho deles.



"Mas deixamos claro que não existe premeditação em equívocos ou parcialidade no trato da arbitragem", ponderou.




São Paulo, CBF, VAR, Erros, Arbitragem, SPFC

VEJA TAMBÉM
- São Paulo oficializa contratação do atacante André Silva para reforçar o time
- BEM -VINDO DE VOLTA! Tricolores comemoram retorno de James Rodrigues
- ELE FALOU ISSO? Pato dá declaração polêmica sobre segunda passagem no tricolor


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 0

Comentários (5)
26/07/2022 17:52:30 Rubens Rubao

Juiz empurra à responsabilidade para o VAR e este analisa a camisa do time favorecido confirma confirma ou não o lance e os responsáveis pela arbitragem se calam. Times grandes os beneficiados sempre.

26/07/2022 16:55:14 Mario Carneiro

Desgraça de CBF ome, quero saber é dos reforços. Diretoria mediocre do caralho

26/07/2022 16:47:51 Nelson Galhardo

A presidente do palmeiras está comprando até a CBF a federação paulista já é dela e os outros paulistas ficam quietos deixar mulher mandar coitado do marido dela .

26/07/2022 16:20:06 Sergio Gandini

O importante é que o São Paulo derrubou as peppas na copa do Brasil..

26/07/2022 15:44:35 Wanderlei Wackerhage

Legal saiu de falar do passado para falar de coisa pior .

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.