publicidade

Em litígio com São Paulo, Fasson participa de treino em clube do Chile

Zagueiro aparece em foto com uniforme do La Serena. Tricolor cobra multa de R$ 244 milhões

0 0 0
O zagueiro Lucas Fasson iniciou treinamentos no La Serena, da primeira divisão do Chile. Em meio ao litígio com o São Paulo, o atleta acertou com seu novo clube, viajou e começou a trabalhar (veja abaixo).



LEIA TAMBÉM: Conmebol e Band terão canal próprio para transmitir Libertadores e Sul-Americana, diz site


O jornal chileno "El Día" publicou a imagem em sua edição deste domingo e confirmou o início dos treinos de Fasson. A ideia é inscrevê-lo no Campeonato Chileno na vaga de um outro zagueiro que lesionou o ligamento cruzado do joelho e ficará mais de seis meses afastado.



O Tricolor contesta a saída, pois entende que seu contrato válido até junho de 2021 está ativo, e notificou que cobrará do La Serena e o próprio jogador a multa rescisória do vínculo, de 40 milhões de euros (R$ 244 milhões).

Na visão do São Paulo, trata-se de uma transferência para um "clube ponte", no qual o jogador fica por um período de tempo e depois vai para outro time. Seria um mecanismo para conseguir na Fifa a liberação do seu contrato.



O Barcelona teve interesse em Fasson para seu time B, mas informou ao São Paulo que o atleta havia sido oferecido como livre e que não negociaria sem falar com o Tricolor. No entanto, se no futuro o zagueiro vencer um eventual litígio na Fifa, o Barça poderia eventualmente negociar direto com o La Serena.

Na Justiça, o São Paulo pede que o contrato de trabalho de Fasson seja reconhecido como ativo, baseado na legislação nacional, e também cobra uma multa por entender que o jogador assinou contrato com outro clube sem poder.

Entenda o caso

Fasson notificou o São Paulo com um pedido de rescisão unilateral do contrato, mas o Tricolor considera ativo o vínculo válido até junho de 2021.

O São Paulo aponta que a CBF negou ceder à federação chilena de futebol o Certificado de Transferência Internacional (ITC, na sigla em inglês) de Lucas Fasson para registro no La Serena. O Tricolor informou que há um litígio no caso.

Com um terceiro internacional interessado, a Fifa poderá entrar no caso para resolver a disputa. Em tese, esse cenário é favorável a Fasson, que se baseia no regulamento da entidade para rescindir com o São Paulo.

Fasson entende ter direito a sair livre porque cumpriu três anos do seu primeiro contrato profissional. Ele se baseia em regulamento da Fifa de que jogadores menores de 18 anos não podem assinar vínculos superiores a três temporadas - o dele tinha quatro anos de duração.

A entrada do La Serena na disputa por Fasson pode repetir o cenário de "clube ponte" do caso Bissoli. Ele saiu do São Paulo para um time da segunda divisão do Paraguai e depois foi ao Athlético-PR.

O Barcelona foi um dos clubes europeus notificados pelo São Paulo sobre Fasson, em junho. O Tricolor informou que, se houvesse acerto com o jogador, iria exigir o pagamento da multa rescisória.

Convocado para retornar aos treinos com o time sub-20 do São Paulo, Fasson não voltou mais a treinar no CT da base, em Cotia.

Por que Fasson pede rescisão?

Fasson alega na notificação ao São Paulo ter assinado o atual vínculo de quatro temporadas (de julho de 2017 a junho de 2021) antes de fazer 18 anos e ter uma proposta de um clube do exterior.

A CLT e a Lei Pelé permitem que clubes brasileiros façam contrato de trabalho por cinco anos com atletas menores de 18 anos. O regulamento da CBF diz isso, mas também afirma que em casos de litígio submetidos à Fifa serão considerados os três primeiros anos de vínculo.

Baseado nisso, Fasson pede a rescisão unilateral. Ele cumpriu três anos do acordo em junho.
Mas o São Paulo entende que a CBF é a entidade para decidir o assunto por se tratar de uma questão nacional, entre clube e jogador brasileiros (veja abaixo o que diz o regulamento da CBF). Por isso, o clube não vê a Fifa, responsável por casos internacionais, como entidade competente para essa questão.

Advogados consultados pelo GloboEsporte.com veem o São Paulo protegido no caso. Segundo eles, por se tratar de uma disputa entre partes brasileiras, aplica-se a legislação nacional.

Agora, no entanto, a Fifa pode ser acionada porque a disputa se torna internacional, com a solicitação de transferência por parte do La Serena, do Chile.

Leia o trecho do regulamento nacional de registro e transferências de atletas de futebol versão 2020 da CBF:

Art. 7º - O contrato especial de trabalho desportivo, facultado a partir dos 16 (dezesseis) anos de idade do atleta, terá prazo determinado, com duração mínima de 3 (três) meses e máxima de 5 (cinco) anos.

Parágrafo Único - Os atletas menores de 18 (dezoito) anos podem firmar contrato com a duração estabelecida no caput deste artigo amparados na legislação nacional, mas, em caso de litígio submetido a órgão da FIFA, somente serão considerados os 3 (três) primeiros anos, em atendimento ao art. 18.2 do Regulamento da FIFA sobre o Status e a Transferência de Jogadores.



Veja o que diz o artigo 18.2 do regulamento da Fifa sobre status e transferências de jogadores:

O prazo mínimo de um contrato deve ser a partir de sua data efetiva até o fim da temporada, enquanto o prazo máximo de um contrato deverá ser de cinco anos. Contratos com quaisquer outros prazos só serão permitidos de acordo com leis nacionais. Jogadores com menos de 18 anos de idade não poderão assinar um contrato profissional por um período maior do que três anos. Qualquer cláusula que se refira a um período maior não deve ser reconhecida.


São Paulo, Fasson, Litígio, Rescisão, Chile, SPFC
VEJA: Destaque do São Paulo, Brenner tem 'aval' de Ceni e multa de R$ 337 milhões

CONFIRA:
Diniz não terá muitas opções na lateral direita para o próximo jogo



SPFC MONITORA MERCADO ATRÁS DE REFORÇOS APÓS LESÕES LOTARAM O DM

Avalie esta notícia: 0 7

Comentários (16)

14/09/2020 19:06:51 marcello camorcio

Tomará que quebre perna e nunca mais jogue futebol, pessoas dessa laia de vagabundos merece sempre o pior

14/09/2020 09:16:08 wilson carlos

Mais um traira no ninho de cobrinha q se tornou Cotia, o FDP do Oscar fez escola.

14/09/2020 01:05:03 Jaquisson Da Cruz

SP cagou em assinar por 4 anos, isso é ilegal, não vai conseguir ganhar na fifa.

13/09/2020 22:22:36 True & Lies

Cuspiu no prato que comeu filho da puta.

13/09/2020 21:25:41 josemar souza

Precisamos de uma diretoria mais atenta a isso, daqui a pouco os pilantras sulamericanos e europeus, vai querer sempre tirar jogador da base de graça acorda diretoria pqp

13/09/2020 19:57:46 Bruno Lopes

O problema nao é se o jogador é bom ou ruim, a questao é que abre um precedente juridico que outro jogadores irao tirar proveito, isso da ao clubes europeus o poder der roubar um monte de jogadores brasileiros e sulamericanos com contratos, isso pode ser o fim dos investimentos na base pois os clubes ficam juridicamente expostos a esse tipo de malandragem

13/09/2020 19:01:00 Samuel Vilar

Libera o jogador. Fraco.

13/09/2020 17:56:01 Matheus Thiago

Independente nao foi receber o cara e bater papo?

13/09/2020 17:40:22 Tiago Felippe

Legislação que privilegia os empresários e quebra os clubes ....o futebol brasileiro esta fudido e mal pago

13/09/2020 17:25:36 Luiz Fernando Cintra Silva

Mal agradecido ,e nem adianta falar que é por causa de agente porque a ultima palavra é sempre do jogador mostrou que não honra o manto e nem se importa com a instituição que lhe abriu as portas .

13/09/2020 16:57:30 Alexandre silva

No gol do Marinho o thiago frango fala sai da barreira que eu quero tomar um gol

Tem que cabrar s multa e deixa esse pilantra sumir e nunca mais deixa isso voltar a jogar no São.

13/09/2020 16:07:10 Celso Fonseca

Mais outro que vai na cola de Cafu, Oscar e outros mais. Pode até ter sua razão mas para nós ssopaulinos ficará marcado por sair pela porta dos fundos....

13/09/2020 15:06:21 AntJr

Tem q mudar a legislação para proteger os clubes , pois os empresários estão ricos e os clubes quebrados .

13/09/2020 16:04:54 Tiba Eugenio

O Sao Paulo tem q pedir indenizacao pelo arroz q ele comeu em Cotia

13/09/2020 15:56:52 Helton CamargoAlves

Lucas fasson é um pilantra não honrou o tricolor

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • publicidade
  • + Comentadas

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Brasileiro

    Dom - 16:00 - -
    Flamengo
    Flamengo
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Copa Do Brasil

    Dom - 20:30 - Morumbí
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    2 2
    X
    Fortaleza EC
    Fortaleza EC
    Calendário Completo
  • publicidade
  • Blogs

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Internacional
    2 Flamengo
    3 Atletico-MG
    4 Fluminense
    5 São Paulo
    6 Santos
    7 Palmeiras
    8 Fortaleza EC
    9 Grêmio
    10 Ceará
    11 Atletico Goianiense
    12 Sport Recife
    13 Corinthians
    14 Bahia
    15 Bragantino
    16 Botafogo
    17 Vasco DA Gama
    18 Atletico Paranaense
    19 Coritiba
    20 Goiás
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    35 18 10 5 3 30 15 15 VVVVE
    35 18 10 5 3 32 21 11 VVEVE
    32 17 10 2 5 31 20 11 DVEDE
    29 18 8 5 5 28 21 7 VVEEV
    27 15 7 6 2 20 13 7 EEVVE
    27 18 7 6 5 24 22 2 EVDVD
    25 17 6 7 4 22 20 2 DDDDV
    24 16 6 6 4 16 11 5 EEVEV
    24 17 5 9 3 19 16 3 VDVEV
    22 17 6 4 7 21 24 -3 DEVEV
    22 18 5 7 6 17 24 -7 DVVED
    21 18 6 3 9 18 26 -8 DDDDE
    21 18 5 6 7 21 26 -5 EDVDV
    19 17 5 4 8 22 25 -3 DVDEV
    19 18 4 7 7 21 24 -3 DDEVV
    19 17 3 10 4 17 20 -3 EVVDE
    18 16 5 3 8 19 24 -5 DDDDD
    16 17 4 4 9 13 19 -6 EDDED
    16 18 4 4 10 15 24 -9 DEVDD
    11 16 2 5 9 19 30 -11 DDEED
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota