Veja quais são as promessas da base do São Paulo no sub 17

Paulinho – Atacante – 98

Nascido em 98, Paulinho, que também é conhecido como Paulo Henrique ou Bóinha, é um dos principais jogadores do time. Absurdamente veloz, ele se destaca em praticamente todas as jogadas ofensivas do tricolor paulista. Nos dias que Paulinho não está bem, o time sofre muito para criar grandes oportunidades, principalmente por apostar em um meio-campista de criação mais jovem (Augusto Cézar – 99). É raro ver o São Paulo apostar em jogadores velozes, já que Cotia costuma dar preferência à disposição tática e ao bom toque de bola, sendo Lucas uma de suas exceções, motivada pela saída do bem mais técnico, mas mais lento, Oscar. Quem sabe Paulinho não aparece daqui dois ou três anos, como uma nova exceção do tricolor?

Éder Militão – Volante/Zagueiro – 98

Tem nome e porte de volantão e é isso mesmo. Militão se impõe em campo, principalmente quando atua no meio. A vitalidade física impressiona muito, assim como a disposição para marcar. Vem de uma linha de volantes mais próxima, por exemplo, de Rodrigo Caio, se afastando um pouco de nomes como João Schmidt e Gustavo Hebling, por exemplo. Ele atua muitas vezes como zagueiro, deixando a posição de marcação mais adiantada com Luiz Gustavo, mas quando tem a chance de atuar como volante, normalmente dá show. Por conta da vitalidade física, sempre aparece bem no ataque também, inclusive marcando gols de cabeça.

Matheus Viveiros – Lateral-Direito – 98

O jovem lateral direito do tricolor vem ganhando destaque ultimamente, pronto para seguir um caminho diferente dos seus antecessores, Lucas Mendes, Lucas Farias, Auro e Foguete. Todos tiveram (Foguete ainda tem), grande sucesso na base, mas não tiveram muitas chances no profissional (Auro teve mais do que os outros). Viveiros, como é mais chamado, é rápido, tem força física para ganhar as jogadas, mas como todo bom lateral, às vezes avança demais. Está crescendo muito no time.

Caique Silva – Lateral-Esquerdo – 98

Nome certo na Seleção da categoria, Caíque é tecnicamente muito bom e quebra a escrita da dificuldade do tricolor em formar jogadores para a posição. Desde Diogo, nenhum jogador conseguiu grande destaque como lateral-esquerdo pela base do São Paulo, passando por nomes como Gabrielzinho, Gabriel Machado e o mais conhecido deles, Henrique Miranda. Muitas vezes, o técnico coloca Bruno Dip, que também faz a função de lateral pela esquerda e dá mais liberdade para Caíque avançar. Não é o mais veloz e nem o mais forte, mas compensa na sua qualidade técnica.

William – Meia-Atacante – 99

Jogando normalmente do lado direito do campo, William quase sempre é destaque. Ele é rápido, tem habilidade para o drible, visão de jogo e bate bem na bola. Está se desenvolvendo ainda, mas dentre os 99, figura entre os jogadores de mais potencial do tricolor. Muitas vezes entra no time do São Paulo sub-17 no segundo tempo e junto com Matheus Viveiros faz o inferno no lado direito do campo de ataque tricolor.

Fonte: http://torcedores.com/noticias/2015/07/promessas-da-base-do-sao-paulo

Em especial desses jogadores gostei do Paulo Henrique e do Éder Militão bom jogador, tem técnica e raça!

Éder Militão: https://www.youtube.com/watch?v=Y5_NXuBS_P4
Paulo Henrique: https://www.youtube.com/watch?v=EB14TYJ6IYk
Avalie: 6 2

Comentários (1)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.


Últimas Notícias

23/3/2023
22/3/2023
23/03/2023 13:40:06