publicidade

Há 80 e tantos anos, nascia Juvenal Juvêncio. Deixe seus parabéns a este ilustre São Paulino

0 0 0
Aos 25 de Fevereiro de não se sabe quando (provavelmente década de 1930), nascia o Presidente Juvenal Juvêncio. Para homenagear tão marcante figura de nossa história, preparei uma biografia resumida de Sua Excelência.


Juvenal nasceu aos 25 de na pacata Santa Rosa de Viterbo, região de Ribeirão Preto - SP, onde até hoje conserva uma fazenda e um haras no qual cria cavalos de raça.

De família humilde, que trabalhava nas fazendas da região, Juvenal deu um passo importante em sua vida simples ao se mudar para São Paulo no final dos anos 1940,

Na capital da província, primeiro cumpriu o serviço militar obrigatório. Depois passou a trabalhar como detetive de polícia, ofício no qual se manteve até o final da década de 50.

Em 1961, foi trabalhar na secretaria de assuntos internos e jurídicos da prefeitura, como auxiliar do então secretário Plínio de Arruda Sampaio. Aí se deu o início de sua carreira política.

Em 1962, se filiou ao PDC (Partido Democrático Cristão), pelo qual foi eleito deputado estadual na condição de suplente. Em 1965, Juvenal tornou-se Bacharel em Direito pela então Faculdade de Direito do Vale do Paraíba, hoje Univap, em São José dos Campos. No mesmo ano, também se elegeu vereador na condição de suplente.

Em 1966, já sob a ditadura, deixou o PDC e filiou-se ao MDC (Movimento Democrático Brasileiro) e foi reeleito deputado estadual suplente. Foi assim que se aproximou do grande Laudo Natel, não apenas então governador de São Paulo, mas também homem forte do clube tricolor e responsável pela construção do Estádio do Morumbi; hoje reconhecido até pelo próprio Juvenal como o maior Presidente da história do São Paulo. O motivo da aproximação foi o arquiteto João Batista Vilanova Artigas (1915-85), que projetou a casa de Juvenal no Morumbi em 1972 e de quem era amigo pessoal. Juvenal apoiou o projeto do amigo para a construção do Morumbi em 1952, tendo sido vencedor.

Juvenal foi nomeado em 1970 por Natel para a presidência da Companhia Estadual de Casas Populares (Cecap, hoje CDH), na qual permaneceu até 1976. No mesmo ano 1970, tem-se início a vitoriosa história de Juvenal no São Paulo Futebol Clube, quando adquiri seu título de sócio.

Nesse momento, já era uma figura conhecida no meio político e começava a se aproximar do futebol. Primeiro fez parte da gestão de José Maria Marin na Federação Paulista, em 1982. No mesmo ano, se aproximou do advogado Carlos Miguel Aidar, filho de Henri Aidar (presidente do clube entre 1971 e 1978 e que também fez parte do governo de Natel), e ficaram amigos. Quando Carlos Miguel foi eleito presidente do São Paulo em 1984, nomeou Juvenal Juvêncio como diretor de futebol.

O futebol sob a direção de Juvenal foi vitorioso, com 2 títulos paulistas e um Campeonato Brasileiro. Pelo trabalho desenvolvido, Juvenal foi escolhido para suceder Aidar, e elegeu-se Presidente em 1988, por um voto a mais apenas. Com o conhecido estilo centralizador mesmo quando diretor, comandou o clube tricolor até 1990. Conquistou 1 Paulista, foi Vice-Campeão Brasileiro em 1989 e deixou a base do time que seria Vice do Brasileiro de 1990. Aliás, como diretor e presidente, Juvenal contratou jogadores como Zetti, Raí, Antônio Carlos, Cafu, Leonardo, Elivélton, Mário Tilico, Ronaldão, Ricardo Rocha e Zé Teodoro: todos conhecidos e que participaram de pelo menos 1 dos 5 títulos entre 91 e 93, sob a batuta de Telê Santana.

Em 2003, voltou a ser o homem-forte do futebol profissional, na regência de Marcelo Portugal Gouvêa, conquistando 1 Paulista, 1 Libertadores e 1 Mundial. Em 2006, foi eleito Presidente e permaneceu até 2014, período em que conquistou 3 Brasileiros seguidamente e 1 Copa Sulamericana. Elegeu Carlos Miguel Aidar, da situação, para Presidente, e em Abril de 2014 foi nomeado Diretor das Categorias de Base, permanecendo até Setembro. Hoje, Juvenal faz oposição a Aidar como Conselheiro Vitalício.


Os Resultados de Juvenal, em resumo:

a) Como diretor de futebol (1984-1988 e 2003-2005):
- Campeão Paulista 1985
- Campeão Brasileiro 1986
- Campeão Paulista 1987
- 3o colocado Campeonato Brasileiro 2003
- 3o colocado Campeonato Brasileiro 2004
- Campeão Paulista 2005
- Campeão Libertadores 2005
- Campeão Mundial 2005
- Idealização e Inauguração do REFFIS da Barra Funda, 2003
- Concepção e inauguração do CFA Laudo Natel em Cotia, 2005


b) Como presidente (1988-1990 e 2006-2014):
- Vice Brasileiro 1989
- Campeão Paulista 1989
- Campeão Brasileiro 2006
- Campeão Brasileiro 2007
- Campeão Brasileiro 2008
- Vice Campeão Brasileiro 2009 (mesmo pontos que o Internacional)
- Campeão Sul-Americana 2012
- Vice Campeão Libertadores 2006
- 3º colocado Libertadores 2010
- Inauguração do REFFIS em Cotia e no Morumbi
- Modernização do Morumbi, concluída em 2013

Total:
4 títulos brasileiros
4 paulistas
1 mundial
1 libertadores
4 Campeonatos brasileiros em 2o/3o colocação.


"Esqueçam os meus erros, pois só errei com a intenção de acertar", disse um certo rei antes de morrer. Caberia bem saída da boca de Juvenal. E de fato, ele mais acertou do que errou. Por isso que é considerado por muitos, não o maior presidente, mas o maior Dirigente da História do São Paulo Futebol Clube. Neste dia 25 de fevereiro, presto minha homenagem a este grande são paulino.


Parabéns, Juvenal!


Avalie: 15 42

Comentários (55)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.


Últimas Notícias

26/1/2022
25/1/2022
  • publicidade
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Paulista

    Qui - 21:30 - Brinco de Ouro da Princesa -
    Guarani Campinas
    Guarani Campinas
    São Paulo
    São Paulo

    Último jogo - Brasileiro

    Qui - 21:30 - Raimundo Sampaio
    https://media.api-sports.io/football/teams/125.png
    America Mineiro
    2 0
    X
    São Paulo
    São Paulo
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Atletico-MG
    2 Flamengo
    3 Palmeiras
    4 Fortaleza EC
    5 Corinthians
    6 RB Bragantino
    7 Fluminense
    8 America Mineiro
    9 Atletico Goianiense
    10 Santos
    11 Ceará
    12 Internacional
    13 São Paulo
    14 Atletico Paranaense
    15 Cuiaba
    16 Juventude
    17 Grêmio
    18 Bahia
    19 Sport Recife
    20 Chapecoense-sc
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    84 38 26 6 6 67 34 33 EVVVD
    71 38 21 8 9 69 36 33 EVEDD
    66 38 20 6 12 58 43 15 DEVEV
    58 38 17 7 14 44 45 -1 VDVDV
    57 38 15 12 11 40 36 4 VDVED
    56 38 14 14 10 55 46 9 DEDDV
    54 38 15 9 14 38 38 0 VVDDV
    53 38 13 14 11 41 37 4 DEVEV
    53 38 13 14 11 33 36 -3 EVVVV
    50 38 12 14 12 35 40 -5 DVEVE
    50 38 11 17 10 39 38 1 EVDED
    48 38 12 12 14 44 42 2 DDEDD
    48 38 11 15 12 31 39 -8 EVDVD
    47 38 13 8 17 41 45 -4 EDVEE
    47 38 10 17 11 34 37 -3 EDDVE
    46 38 11 13 14 36 44 -8 EVDDV
    43 38 12 7 19 44 51 -7 EDVEV
    43 38 11 10 17 42 51 -9 VDDVD
    38 38 9 11 18 24 37 -13 VDEVE
    15 38 1 12 25 27 67 -40 DDDDD
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
26/01/2022 22:48:39