publicidade

Arouca recupera confiança, voltar a jogar bem e agradece a Ricardo Gomes

Volante diz que chegada do treinador foi fundamental para seu crescimento

Com a camisa do Fluminense, o volante Arouca chamou a atenção da diretoria do São Paulo durante o jogo entre as duas equipes que foi realizado na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, no Morumbi. O Tricolor paulista, na época comandado por Muricy Ramalho, precisava de uma simples vitória para comemorar antecipadamente o hexacampeonato. Mas o empate por 1 a 1 adiou a definição para a última rodada.

Procurado pelos cartolas do Morumbi, o meio-campista, cujo contrato estava perto do final com o clube das Laranjeiras, assinou um pré-contrato e tinha chegada prevista para abril. Mas Arouca agradou tanto que os dirigentes são-paulinos costuraram um acordo e conseguiram antecipar a sua vinda para janeiro.

Mas, quando a bola voltou a rolar em 2009, Arouca não repetiu as boas atuações no novo clube. Em algumas rodadas do Campeonato Paulista e da Taça Libertadores da América, não chegou nem a ficar como opção no banco de reservas. Agora, com Ricardo Gomes, ele começa a resgatar o seu futebol.

No empate por 1 a 1 com o Grêmio, no dia 4 de novembro, quando substituiu Richarlyson, o camisa 11 teve sua melhor atuação com a camisa do São Paulo. E também foi elogiado pelo que apresentou no triunfo de 2 a 0 sobre o Vitória, no último domingo.

O jogador diz que recuperou a confiança e que a tendência, daqui para a frente, é evoluir cada vez mais. E Arouca deixa claro que o técnico Ricardo Gomes teve um papel fundamental nisso.

- Posso dizer que a confiança que o Ricardo Gomes me deu foi fundamental. Eu cheguei a trabalhar com ele no Fluminense em 2004. Eu nunca deixei de acreditar no meu potencial, mas faltava confiança. Agora, chegou o meu momento. Acredito que agora comecei a mostrar o meu futebol – comemora o atleta, que ganhará nova chance entre os titulares no domingo, contra o Botafogo.

Arouca não esconde a ansiedade para comemorar o título no final do ano.

- Quando me apresentei ao São Paulo, deixei claro que estava chegando para conquistar títulos. Infelizmente, esse objetivo não foi alcançado no Campeonato Paulista e na Taça Libertadores. Ganhar o título terá um gosto especial – concluiu o meio-campista.

VEJA TAMBÉM
- VAI PRO RIVAL? Chegada de James Rodríguez a um rival após rescisão com São Paulo tem aprovação da torcida
- A CAMINHO DO RIVAL? São Paulo e Corinthians buscando a contratação de meia do Santos
- EMPATE FORA DE CASA! São Paulo não mantém sequência de vitórias e tem prejuízos na sequência do Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 6

Comentários (3)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.