publicidade

Belluzzo é suspenso pelo STJD por nove meses

Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Palmeiras, foi suspenso nesta terça-feira por nove meses - ou 270 dias - em julgamento no Superior Tribunal de Justiça (STJD) pelas ofensas contra o árbitro gaúcho Carlos Eugênio Simon, após a derrota por 1 a 0 para o Fluminense, no último dia 8, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com isso, Belluzzo - que não compareceu à sessão, no Rio, para se defender, mandando apenas o advogado - só poderá voltar a exercer oficialmente suas funções administrativas no time palmeirense em 6 de agosto de 2010.

O presidente foi punido pelos artigos 186, 187, 188 e 279, combinados com o artigo 184 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Eles falam sobre ato hostil, ofensa moral, manifestação desrespeitosa e incitação à prática de violência. Soma-se a isso mais 90 dias pelos artigos 189 e 190, relacionados ao questionamento que fez ao tribunal por uma punição a Vágner Love.

Com a suspensão, Salvador Hugo Palaia é quem deve passar a responder como presidente do Palmeiras. Eleito no começo do ano ao cargo, aos 66 anos, Belluzzo tem mandato até o fim de 2010. Ele ainda deve recorrer da punição.

VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 11 5

Comentários (12)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.