publicidade

Zubeldía quebra recorde de 20 anos e "muda" desempenho do São Paulo

A chegada de Luis Zubeldía transformou, em poucos dias, o São Paulo. Anunciado no último dia 20, o técnico já comandou o Tricolor seis vezes e venceu cinco delas — o único empate ocorreu no clássico sem gols contra o Palmeiras.

Os resultados trouxeram, além da euforia do torcedor, a quebra de um recorde. Zubeldía e alegria o argentino crava o melhor começo de um técnico no São Paulo desde 2004, quando Cuca embalou uma sequência parecida no Tricolor durante o Campeonato Paulista daquele ano — o recorte engloba as seis primeiras partidas de cada comandante.

O desempenho invicto supera o registrado por alguns nomes fortes do clube desde então, como Muricy Ramalho, Hernán Crespo, Rogério Ceni e até mesmo Dorival Júnior.

Zubeldía também mudou o dia a dia no CT da Barra Funda. Diante do pouco tempo no Brasil e de um calendário apertado, ele se aprofundou em vídeos para conhecer seus jogadores — e trazer ideias táticas das telas para os treinos. O elenco "comprou" a nova filosofia.

Depois da vitória do São Paulo sobre o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro, Arboleda, autor do gol da vitória paulista, ressaltou que a "atitude mudou" desde a chegada do argentino.

Igor Vinícius e Nestor também já falaram sobre a facilidade na adaptação dos métodos do comandante.

Crédito da imagem: UOL Esporte

Mudou a atitude, o fato de acreditar. A gente sabe que a gente é bom e que temos um grupo maravilhoso. Trabalhamos todos os dias.

A comissão chegou para ajudar a gente e acho que o trabalho está sendo bem feito, estamos aplicando o trabalho da melhor maneira, Arboleda, ao Sportv, depois de São Paulo 2 x 1 Fluminense.

O próprio Zubeldía não esconde a alegria diante do início vitorioso. Ele ressaltou, também depois da vitória sobre os cariocas, a importância de manter "princípios de jogo" e de estar sempre próximo aos seus comandados. Já em ritmo de "Zubeldía e alegria", o São Paulo tem nesta quinta-feira (16) um novo desafio para manter a invencibilidade recente. O adversário é o Barcelona-EQU, pela Libertadores, dentro do MorumBis. O rival já está eliminado da competição.


VEJA TAMBÉM
- Meia argentino é oferecido ao São Paulo e tem preferência declarada
- Calleri e Rafinha processam empresa dona do jogo FIFA
- Zubeldía reforça torcida por renovação de lateral do São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 26 0

Comentários (2)
15/05/2024 10:57:49 Adilson Silva

não é que ele não aceitou, o Murici não quiz esperar! ele pediu uns dias para pensar e pressa da diretoria vez com que o São Paulo escolhesse o Carpine

15/05/2024 05:02:30 Carlao Caverinha157

se ele tivesse aceitado vim pro são Paulo no começo do ano nossa o time tava o fino da bola né mais tem tudo pra evoluir cada vez mais só estou procurando cm a janela q podemos perder jogadores aí fode né

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.