publicidade

Assessora de ministra é exonerada do Ministério da Igualdade Racial por publicações contra torcida do São Paulo

O Ministério da Igualdade Racial anunciou na tarde desta terça-feira (26) a exoneração de Marcelle Decothé, que era, até então, chefe da assessoria especial da ministra Anielle Franco. A demissão ocorreu após ofensas aos são-paulinos e aos paulistas durante a final da Copa do Brasil, no último domingo (24).

- (...) Para evitar que atitudes não alinhadas a esse propósito interfiram no cumprimento de nossa missão institucional, informamos que Marcelle Decothé da Silva foi exonerada do cargo de Chefe da Assessoria Especial deste Ministério na data de hoje. As manifestações públicas da servidora em suas redes estão em evidente desacordo com as políticas e objetivos do MIR -, dizia um trecho da nota.

No último domingo (24), Marcelle Decothé esteve presente no Morumbi para decisão entre São Paulo x Flamengo, pela Copa do Brasil, e fez postagens em sua rede social criticando a torcida do São Paulo, a diretoria do Flamengo - seu clube de coração - e também a Polícia Federal.

- Torcida branca, que não canta, descendente de europeu safade... pior de tudo, pauliste -, escreveu Decothé sobre os são-paulinos.

Garanta a sua vaga no curso que Pet, Dante e outros craques da bola participaram também. Cupom: LANCE400

CONFIRA A NOTA OFICIAL NA ÍNTEGRA

"O Ministério da Igualdade Racial reafirma seu compromisso inegociável com a promoção de direitos e com a igualdade étnico-racial, a partir de princípios como a transparência e o cuidado. Com nove meses de atual gestão e um legado de luta de muitas e muitos que constroem as políticas de enfrentamento ao racismo no país, reerguemos a agenda de ações afirmativas e colocamos em prática medidas fundamentais de inclusão e valorização da população negra.

Esta é uma luta que se configura como compromisso de governo e política de Estado, por isso seguiremos realizando as transformações sociais que a sociedade brasileira e os povos negros, quilombolas e ciganos almejam, prezando pela boa conduta dos servidores do nosso quadro.

De acordo com esses princípios, e para evitar que atitudes não alinhadas a esse propósito interfiram no cumprimento de nossa missão institucional, informamos que Marcelle Decothé da Silva foi exonerada do cargo de Chefe da Assessoria Especial deste Ministério na data de hoje. As manifestações públicas da servidora em suas redes estão em evidente desacordo com as políticas e objetivos do MIR.

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

Recém-instalado pelo Ministério, o Comitê de Integridade, Transparência, Ética e Responsabilização - instância interna de debate e deliberação sobre situações que envolvam temas de transparência, integridade pública, ética e questões disciplinares de caráter abrangente – vai investigar o caso e atuar para prevenir ocorrências que contrariem os princípios norteadores da missão do Ministério".


VEJA TAMBÉM
- São Paulo redefine postura e aguarda reapresentação de James Rodríguez no clube
- NOVO TITULAR? São Paulo encaminha contratação de lateral titular para Zubeldía
- TOMOU DECISÃO: Zubeldía comunica ao São Paulo sobre negociação com Seleção Equatoriana


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 0

Comentários (3)

não sei oque é pior, pronome neutro imbecil, ou o post inteiro dela

26/09/2023 19:43:06 Celso Fonseca

e era chefe de assessoria no ministério da igualdade racial. que absurdo. todo esse recalque rançoso por causa de futebol.....

26/09/2023 19:34:41 Everaldo Campos

Ela sim é racista e preconceituosa, uma pessoa com uma raiva no coração e uma inveja tremenda.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.