publicidade

São Paulo leva virada do Sport, mas se classifica nos pênaltis na Copa do Brasil

Nas cobranças, o goleiro Rafael defendeu a cobrança de Juba

Michel Araújo celebra o gol do São Paulo Foto: Reprodução de TV / Jogada10

O São Paulo está nas quartas de final da Copa do Brasil. Mas foi no drama. Afinal, nesta quinta-feira (1/6) na fria capital paulista, perdeu o jogo de virada para o Sport, por 3 a 1. Como ganhou na ida (2 a 0), o resultado levou a decisão para os pênaltis. quando venceu por 5 a 3.  A vaga veio, mas o grande público presente no Morumbi (49.752) viu o time perder pela primeira vez desde a chegada de Dorival Júnior (antes do jogo, sete vitórias e quatro empates). Esta foi a primeira vez na história que o Sport venceu o São Paulo no Morumbi.

O Tricolor fez ótimo primeiro tempo e saiu na frente num golaço de Michel Araújo. Mas o Sport empatou no fim da etapa inicial (com Alisson) e virou no inicio do segundo tempo (Sabino, de cabeça após escanteio). E presionou até o fim um rival que foi apático, fazendo 3 a 1 nos acréscimos, de novo com Sabino em repeteco do segundo gol. Nas cobranças, o goleiro Rafael defendeu a cobrança de Juba.

Veja aqui a tabela de jogos da Copa do Brasil

Com a classificação, o São Paulo  - que ganhou R$ 3,3 milhões pela participação nas oitavas (assim como o Sport), garante mais R$ 4,3 milhões pela presença nas quartas de final da competição.

O Sport, precisando vencer, foi quem tomou a inciativa e teve maior volume de jogo, chegando bem na área do São Paulo. Contudo, o Tricolor paulista era muito objetivo e usava a velocidade e o toque de bola para chegar com extremo perigo.  Assim,  quase marcou em três oportunidades: uma finalização de Caio Paulista, uma cabeçada de Alisson e um lance individual com chute cruzado de Calleri. Nas três, o goleiro Renan fez defesas excepcionais.

Mas, aos 25, Renan não fez milagre. Numa jogada individual sensacional, Michel Araújo tabelou com Luciano, cortou dois jogadores entrando na área e tocou na saída do goleiro. São Paulo 1 a 0 em lance primoroso.  O Sport seguiu buscando o gol e quase marcou aos 30, numa falta cobrada por Jorginho que Juba roçou e o goleiro Rafael espalmou. Mas o São Paulo era melhor. Gabriel Neves e Alisson quase ampliaram. Contudo, no fim do primeiro tempo, após escanteio rechaçado pela defesa, Felipinho mandou uma bomba. Rafael fez defesa parcial e o zagueiro Alisson mandou para a rede.

O empate no fim do primeiro tempo acordou o Sport. E, inexplicavelmente, o São Paulo voltou apático. Deixou o Sport mandar em campo. Numa falta cobrada por Juba, Rafael espalmou para escanteio. Pouco depois, aos cinco. numa cobrança de escanteio pela esquerda, Jorginho levantou e Sabino virou para os pernambucanos. O São Paulo seguiu sem entrar no jogo e o que se viu foi o Sport tentando mais um gol para levar a decisão para os pênaltis. Mesmo mal, o time paulista segurava o placar para garantitr a vaga. Contudo, aos 48. Um repeteco do segundo gol. Escanteio cobrado da esquerda (desta vez de Edinho) e gol de Sabino: Sport 3 a 1. Decisão nos pênaltis.

Para o São Paulo: Wellington Rato, Beraldo, Calleri, Rafinha e Pablo Maia acertaram para o São Paulo

Para o Sport:  Sabino, Alisson e Rafael Thyere acertaram para o São Paulo; Mas Rafel defendeu a cobrança de Juba.

Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil - 2023

Data: 1/6/2023

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)

Público pagante: 49.752

Renda: R$ 2.494.311,00

SÃO PAULO: Rafael, Rafinha, Beraldo, Diego Costa (Arboleda, aos 21' do 1ºT) e Caio Paulista; Pablo Maia, Gabriel Neves (Wellington Rato, aos 21' do 2ºT), Alisson (Méndez, aos 33' do 2ºT) e Michel Araújo (David, aos 43' do 2ºT); Luciano (Marcos Paulo, aos 21' do 2ºT) e Calleri. Técnico: Dorival Júnior

SPORT: Renan; Eduardo (João Igor, aos 45' do 2ºT), Rafael Thyere, Alisson (Méndez, aos 33' do 2ºT), Sabino e Felipinho; Ronaldo (Kayke, aos 45' do 2ºT), Fábio Matheus e Jorginho (Gabriel Santos, aos 20' do 2ºT) Fabrício Daniel (Edinho, aos 20' do 2ºT) e Luciano Juba. Técnico: Enderson Moreira

Gols: Michel Araújo, aos 25' do 1ºT  (1-0); Alisson, aos 44' do 2ºT (1-1); Sabino, aos 5' do 2ºT (1-2); Sabino, aos 48' do 2ºT (1-3)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Auxiliar: Luanderson Lima dos Santos (Fifa-BA) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa-MG)

Cartões amarelos: Rafael Thyere (SPO)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.


VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 1

Comentários (6)

Rafinha e uma vergonha correndo atrás do árbitro no terceiro gol do Sport até qdo esse limitado jogador estará usando essa camisa?

02/06/2023 01:40:54 wilson luiz moraes novaes

timinho mentiroso , tava bom demais pra ser verdade

Classificação vergonhosa,na minha modesta opinião. Postura covarde dos atletas em campo, exceto o goleiro Rafael,que garantiu a classificação defendendo uma cobrança de "tiro livre" da marca penal. Se jogar como jogou contra o Sport não se classifica,seja qual for o adversário,e digo mais,se der o azar de enfrentar Palmeiras e Flamengo em qualquer fase,é goleada certa.

01/06/2023 23:19:35 Alex Dias

deigo costa e Alisson não pode nem ficar no banco moço vai ser ruim lá adiante

01/06/2023 22:57:14 Reri Sousa

Será que vão entra em campo ainda de salto alto

01/06/2023 22:55:20 Everaldo Campos

Hoje foi um aviso......acorda!!!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.