publicidade

Em grande fase, São Paulo de Dorival ainda corre atrás de marca atingida por Ceni

Série invicta obtida pelo time sob o comando do antigo treinador foi maior do que…

Alexandre Schneider / Getty Images

O São Paulo vive lua de mel com o seu torcedor desde a chegada de Dorival Júnior. Com ele no comando, o Tricolor ainda não foi derrotado, ostentando uma invencibilidade de onze jogos, com sete vitórias e quatro empates. Nesta quinta-feira (1), o time tem a chance de melhorar ainda mais esse retrospecto, no confronto contra o Sport, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Morumbi.

Apesar dos números com Dorival serem incríveis, o treinador ainda precisa de mais alguns jogos sem derrota para superar uma marca de seu antecessor, Rogério Ceni. Sob o comando do ex-goleiro, o São Paulo emplacou uma sequência de 14 jogos sem derrota, entre abril e junho de 2022.

Porém, o aproveitamento de pontos é pior que o do atual momento, já que na ocasião o Tricolor venceu seis vezes, com mais oito empates. Àquela altura, assim como agora, o time ficou o mês de maio inteiro sem perder e, contando jogos do Brasileirão, Copa do Brasil e CONMEBOL Sul-Americana, só foi ser derrotado no dia 16 de junho, quando caiu para o Botafogo no Rio de Janeiro.

Tricolor tem boa vantagem na Copa do Brasil

Como venceu o Sport fora de casa por 2 a 0, o São Paulo tem uma excelente vantagem para conseguir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Apesar disso, Dorival deve colocar o que tem de melhor à disposição. O provável time é: Rafael; Rafinha, Beraldo, Diego Costa e Caio Paulista; Gabriel Neves, Pablo Maia, Michel Araújo e Alisson; Luciano e Calleri.

Relacionado

Não é só Marinho: São Paulo amplia busca por atacante e tem Savarino, ex-Atlético-MG, na mira

Entenda por que Pato não precisa esperar abertura da janela para defender o São Paulo

No caso, a opção por Diego Costa ocorre porque Dorival vem fazendo revezamento entre o prata-da-casa e Alan Franco. Como o argentino atuou contra o Goiás, Diego jogará diante do Leão. Já o meia Marcos Paulo, artilheiro da "era Dorival", e o meia-atacante Wellington Rato, que vem em boa fase, também brigam por posição na equipe, mas o mais provável é que comecem no banco de reservas. Por fim, o zagueiro Arboleda treinou normalmente com o elenco nesta quarta-feira (31), mas deve ficar no máximo no banco de reservas, sendo preservado para encarar o Grêmio.

Quem não jogará é o meio-campista Rodrigo Nestor, que participou apenas de parte dos trabalhos desta quarta e será resguardado também visando a viagem ao Rio Grande do Sul.

Próximos jogos do São Paulo

Sport (C) - 01/06, 19h30 (de Brasília) - Copa do Brasil

Grêmio (F) - 04/06, 16h (de Brasília) - Brasileirão

Tolima (C) - 08/06, 19h30 (de Brasília) - CONMEBOL Sul-Americana


VEJA TAMBÉM
- Veja a escalação do São Paulo para confronto contra o Cuiabá
- VAI PERDER O TITULAR? Rival no Brasileirão prepara oferta por titular absoluto do São Paulo. Confira!
- PROGREDINDO? Negociação com lateral Alex Sandro avança no São Paulo, diz diretor


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 15 0

Comentários (2)
01/06/2023 18:54:23 Adriano Massaini Mira

As vitórias do Rogério foi no Paulistinha.

01/06/2023 14:41:25 Aguinelo Barbosa

Nestor fora não faz falta Michel Araújo o substitui muito bem o Alison precisa melhorar muito pra merecer essa vaga

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.