publicidade

Bosco se conforta: "Poderia ser pior"

Goleiro lamenta nova lesão, mas encara situação com maturidade

A fratura na face do goleiro Bosco, que aconteceu em lance acidental na última quarta-feira, deixou o camisa 22 triste, já que o jogador não poderá ajudar o clube nas próximas semanas. Mas o atleta mostrou toda a sua maturidade ao aceitar a condição que o destino, mais uma vez, colocou em seu caminho.

"São coisas do futebol. Eu lamento ficar de fora porque o time estava começando a ter uma identidade e é muito ruim ter que sair. Mas entendo o que aconteceu, tenho que encarar essa nova situação com naturalidade e força que logo estou de volta", afirmou.

A fratura do arqueiro se localizou muito próxima ao olho, mas não acertou a visão de Bosco. Se isso acontecesse, o problema seria muito mais grave, e o são-paulino agradece pela contusão não ter sido mais comprometedora. "Se fosse um pouco mais para cima, as coisas poderiam ser mais graves. Agradeço a Deus por não ter acontecido algo pior e vou procurar fazer meu trabalho correto para voltar o quanto antes", completou.

Essa não é a primeira vez que o goleiro tem um problema na face. Em julho do ano passado, o atleta permaneceu 20 dias parado devido a uma outra fratura no rosto (em local diferente da atual contusão), que aconteceu em um lance com Hugo, em um treinamento. Naquela ocasião, o arqueiro não precisou ser operado. Bosco ignora essa coincidência negativa e se diz tranquilo para encarar os dias fora do gramado.

"Estou tranquilo. Sei que não posso ficar sofrendo com isso e não adianta ficar me lamentando. Daqui a pouco estarei de volta", afirmou.

Assim que chegou ao vestiário, no intervalo, o goleiro ligou para sua família para tranquilizar sua esposa e os três filhos: Kátia, de 15 anos, Lucas, de 12, e Bianca, de 11. "A Kátia ficou triste, o Lucas nem quis falar comigo pra não se chatear ainda mais. Mas eles vão me dar força para melhorar o quanto antes", contou.

Bosco dará lugar, mais uma vez, a Denis na meta são-paulina. O jovem, que atuou em 12 partidas consecutivas (do jogo contra o Atlético Paranaense até o embate com o Atlético Mineiro), recebeu a confiança do colega mais experiente e ganhou mais elogios vindos do camisa 22. "Desejo boa sorte ao Denis e tenho certeza de que a posição estará muito bem representada, porque o garoto é fera", finalizou.

VEJA TAMBÉM
- RETORNO DE ASTRO? Em baixa na Europa, São Paulo sonda situação de joia da base que dá resposta
- VAI PRO RIVAL? Chegada de James Rodríguez a um rival após rescisão com São Paulo tem aprovação da torcida
- A CAMINHO DO RIVAL? São Paulo e Corinthians buscando a contratação de meia do Santos


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 2

Comentários (2)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.