publicidade

São Paulo vive rotina de mudanças e tem só sete jogadores em seu elenco há mais de três anos

Rodrigo Nestor, apesar da juventude, é um dos atletas mais longevos do elenco — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O elenco do São Paulo tem apenas sete jogadores que estão entre os profissionais há mais de três anos, período que coincide com a troca da gestão de Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, pela do presidente atual, Júlio Casares.



Dessa lista, quatro são da base: Diego Costa, Luan, Rodrigo Nestor e Welington. Além deles, há Arboleda, o mais longevo (chegou em 2017), Igor Vinícius (contratado em 2018) e Luciano (de 2020).


LEIA TAMBÉM: Rogério Ceni indica medalhão do Flamengo para o São Paulo, revela portal


Há, também, o caso de Juan: o atacante estreou nos profissionais em 2019, num jogo contra o CSA, pelo Brasileiro, em que o técnico Fernando Diniz utilizou atletas da base. No ano seguinte, porém, voltou ao sub-20 e só foi promovido no fim de 2021.

Desde que assumiu, em janeiro de 2021, Casares já contratou 30 jogadores para o São Paulo – nove chegaram no começo da atual temporada. Seu antecessor fez aposta semelhante: foram 60 atletas em cinco anos da gestão de Leco.

O número de contratações da atual gestão deve aumentar em breve, já que há pressão para a chegada de mais reforços antes do Brasileiro. O lateral-direito Raí Ramos, do Ituano, está próximo de acertar contrato com o clube.

A eliminação precoce no Paulista, nas quartas de final, e a série de lesões no elenco fazem a diretoria se movimentar em busca de jogadores até o dia 4 de abril, quando fecha a janela de transferências – com pouco dinheiro, o clube tende a apostar em destaques dos torneios estaduais.

Há carências na zaga, nas duas laterais e no ataque, principalmente.

Desde 2021, 48 jogadores deixaram o São Paulo – 11 deles contratados por Casares, outros 37 herdados pela atual gestão.



Só no final do ano passado, após uma temporada frustrante em que perdeu duas finais e não conseguiu classificação para a Libertadores, o São Paulo negociou 12 atletas - Reinaldo, Eder, Miranda, Patrick, Nikão, Bustos, Léo, Luizão, Colorado, Marcos Guilherme, Thiago Couto e Igor Gomes.

São Paulo, vive, rotina, mudanças, jogadores, elenco

VEJA TAMBÉM
- Meia argentino é oferecido ao São Paulo e tem preferência declarada
- Calleri e Rafinha processam empresa dona do jogo FIFA
- Zubeldía reforça torcida por renovação de lateral do São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 3 1

Comentários (3)
bronze
25/03/2023 01:19:35 charopetacwb

quase todos os longevos sao os que prestam

24/03/2023 10:21:59 Carlos Haffner

contrataram um monte pra enxugar a folha salarial e mesmo assim devem 2 meses o futuro do SP nesse atual gestão é dispensar todo mundo e investir na base Onde quem se destacar será vendido pra enxer os bolsos desses bandidos SP acabou ninguém pode se destacar se não ofusca o brilho do Câncer Ceni que se acha acima de todos ,conseguiram fazer do SP um time de chacota

prata
24/03/2023 08:48:33 Junior-SPFC-83

Só contratam jogador meia boca, é óbvio que já chegam com prazo de validade curto.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.