publicidade

Análise: velhos problemas custam caro ao São Paulo, que acumula mais uma frustração com Ceni

Rogério Ceni e Luciano lamentam a eliminação do São Paulo no Paulista — Foto: Marcos Ribolli

Mais de 60% de posse de bola, três vezes mais finalizações do que o adversário e, no fim, (mais) uma frustração. Nesta segunda-feira, o São Paulo deu adeus ao Campeonato Paulista em uma situação que já viveu anteriormente. O time criou menos do que deveria e caiu diante de um Água Santa visivelmente satisfeito em travar o jogo da equipe de Rogério Ceni.

bn2]


Apesar do número alto de finalizações na comparação com o time de Diadema, o São Paulo criou pouco. O domínio com a bola nos pés não correspondeu a grandes chances criadas. O placar de 0 a 0 nos 90 minutos, no Allianz Parque, antecipou uma derrota dramática nos pênaltis por 6 a 5, que decretou o fim da campanha no estadual.


LEIA TAMBÉM: São Paulo deve receber fortuna com negociação de ex-jogador


É a quarta grande frustração de Rogério Ceni nesta segunda passagem no comando do São Paulo. Antes da eliminação precoce para o Água Santa, o ídolo e treinador acumulou três feridas que são transportadas pelo torcedor a cada derrota.

O vice-campeonato do Paulista de 2022, depois de goleada sofrida para o Palmeiras, atingiu a confiança do grupo. A perda da Sul-Americana para o Independiente Del Valle, também. Rogério Ceni e o São Paulo ainda terminaram o ano passado frustrados após o fracasso na briga por um lugar na Libertadores via Campeonato Brasileiro.

O São Paulo poderia ter ido para o intervalo em vantagem, graças a duas chances perdidas por David. A primeira após cruzamento de Wellington Rato, a segunda depois de Luciano recuperar a bola e colocar o atacante na cara do gol. As oportunidades, contudo, foram ficando raras conforme a partida se desenvolvia.

O Água Santa cresceu, sentiu-se mais à vontade e conseguiu levar o São Paulo a um cenário parecido com a de outras ocasiões. Na segunda parte do jogo, com cansaço, perda de intensidade e a irregularidade comum ao time, o Tricolor caiu de rendimento e viu o adversário até criar chances para vencer no tempo normal.

Mais uma vez, o São Paulo não aproveitou quando o jogo se apresentou para ele. Mais uma vez, o resultado não veio, e Rogério Ceni saiu frustrado com mais um revés inesperado do time, que caiu nas penalidades após erros de Alisson e Jhegson Méndez.

– Não sofremos nenhuma finalização. Só não tivemos capacidade, com calma e frieza, para fazer o gol. É muito frustrante, não tem outra palavra. É frustrante sair desclassificado – lamentou o treinador são-paulino, ainda digerindo a queda para o Água Santa.

– Não tivemos a capacidade de fazer gol no melhor momento que tivemos no primeiro tempo. Não conseguimos botar a bola para dentro – acrescentou o treinador.

Essa falta de capacidade tem aparecido em jogos importantes. O São Paulo chegou para a decisão desta segunda-feira com o ataque mais positivo da competição, com 23 gols em 12 jogos. Diante do Água Santa, que tomou nove na competição, não conseguiu sair do zero.

Todo este contexto gera frustração. Cada decepção, porém, pesa ainda mais pela história acumulada do treinador enquanto goleiro. A cada queda, esta precoce e considerada como uma “obrigação não-cumprida”, machuca o comandante, acostumado às glórias que vêm do passado.

– Sempre pós-elliminação, neste caso nos pênaltis quando se era favorito, as análises são mais pesadas. Para mim é ainda mais difícil quando se trabalha em um clube no qual vivi 25 anos e com títulos importantes. As derrotas pesam mais do que em outras situações – admitiu o técnico.

bn2]


– Todo mundo veio convicto de que passaríamos – encerrou Ceni, que agora vai planejar mais de duas semanas de trabalho sem jogos, após uma terça de folga para analisar quais motivos geraram um novo capítulo triste recente da história do São Paulo.

Análise, velhos, problemas, custam, caro, São Paulo

VEJA TAMBÉM
- Provávele escalação do São Paulo para enfrentar o Vasco no Brasileirão
- PRÓXIMO CONFRONTO! Veja o histórico do confronto entre Vasco e São Paulo
- VAI DEFINIR SEU FUTURO! Questionado no Tricolor, possível destaque na Copa América pode definir futuro de meia


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 0

Comentários (11)
14/03/2023 13:52:35 L.P 1987 C.V

tá na hora de sair né? já deu!

14/03/2023 12:22:15 Sergio Gandini

este projeto de técnico vai destruir o São Paulo, ele serve muito para ser preparador de goleiros, fora disto é pura ilusão. O mais complicado de tudo é que tem o contrato até o fim do ano. fora Mico Ceni..

14/03/2023 12:11:41 GK PML

Duro essa imprensa com esse papinho furado de que tem que dar tempo pras coisas funcionarem, etc ..... será que não viram como foi o Diniz ?!?!? ou qto tempo o treinador do Água Santa teve pra dar um mínimo de padrão que levou eles pra semifinal, 3 meses?!?!?

14/03/2023 11:47:56 sandro mendes

Muita coisa tem que mudar no clube, o elenco tem deficiência, não temos um meia de criação. Somos um time de posse de bola,e não reativo para jogar no contra ataque. Jogadores dribladores como Pedrinho e Marcos Paulo,bons no um contra um, não jogam por problemas distintos. O departamento médico lotado, jogadores levam muito tempo para se recuperar como André Anderson,e Igor Vinicius, quando estava para voltar, foi constatado que necessitava de cirurgia,nessa é quase um ano afastado. Rafinha.....

14/03/2023 11:34:11 Andre jedus Jesus

esse péssimo treinador está montando um time bem pior do que o da temporada passada..e ainda está acabando com futebol de alguns jogadores.com mudança de função.. só falta cair pra segundona pra completar a incompetência.

14/03/2023 10:39:37 Antônio Guimarães

Já deu , fora Mico Professor Pardal Rogério Ceni , vc foi o culpado por mais uma eliminação

14/03/2023 10:15:25 Carmelo Lombardo

Todo time que joga fechado mata o São Paulo, porque sabem que o time do São Paulo é mediano, e não tem jogadores capazes de furar bloqueio, só ficam tocando sem fundamento algum

14/03/2023 10:10:45 tricolorateofim

CALMA QUE O TREINERO DO CARROSSEL MALUKO TEM O ANO INTEIRO PARA APARONTAR MAIS E FAZER A ALEGRA DO SEU CLÂ BIZONHO E JEITO "FOFO'' DE SER AS ''CENET''S", LUXA.JÁ!

14/03/2023 09:44:10 sandro mendes

Falta o jogador protagonista,aquele que decide, e o meia de criação. O time é jovem, e no momento de decisão fica inseguro com o passar do tempo. David é um jogador esforçado,regular, o mesmo serve para Alisson,mas ambos,no momento de decidir, não tem qualidade técnica. Triste situação de um clube que já foi referência.

14/03/2023 09:40:46 italo rafael araujo zorzetto

O presidente é péssimo, só pensa na reeleição dele. Diretoria péssima, só pensam em se manter nos cargos ganhando. Comissão técnica péssima, só pensam em se manter no SP pq outro dificilmente vão querem eles. Jogadores ruins, fracos, bichados. Este ano somos um dos fortes candidatos para serie B, infelizmente

14/03/2023 09:31:37 JACKBRAL

Cadê os defensores do Cenil:
Nas estatisticas. primeiro nisso, primeiro naquilo.
Cadê a classificação?
Cadê o padrão de jogo?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.