publicidade

São Paulo de Ceni contrata tanto quanto Santos e Atlético-MG de Sampaoli

Rogério Ceni durante São Paulo x Corinthians, jogo do Campeonato Paulista
Imagem: MARCELLO ZAMBRANA/AGIF


O São Paulo está próximo de anunciar seu oitavo reforço na temporada, o centroavante Erison. Com isso, o Tricolor paulista chega a 23 reforços nesta 'Era Rogério Ceni'. Com o ídolo no comando, o São Paulo contrata em volume similar a Santos e Atlético-MG quando tinham Jorge Sampaoli, conhecido pela sede insaciável por reforços.



Rogério Ceni assumiu o São Paulo em outubro de 2021. Ele participou diretamente e com bastante poder do planejamento de elenco para as temporadas 2022 e 2023.


LEIA TAMBÉM: Veja o que falta para o São Paulo anunciar seu próximo reforço ainda esta semana


No ano passado, o Tricolor somou 14 contratações: os goleiros Jandrei e Felipe Alves, o zagueiro Ferraresi, o lateral Rafinha, os meias Gabriel Neves, Andrés Colorado, Patrick e Nikão, e os atacantes André Anderson, Marcos Guilherme, Nahuel Bustos, Galoppo, Alisson e Calleri

Neste ano já foram oito: o goleiro Rafael, o zagueiro Alan Franco, o meia Méndez e os atacantes Wellington Rato, David, Marcos Paulo, Pedrinho e Caio Paulista. Erison deve ser o próximo.

Sampaoli somou 14 reforços quando treinou o Santos. Foram o goleiro Everson, os zagueiro Luan Peres e Felipe Aguilar, os laterais Felipe Jonatan, Jorge e Pará, os meias Jobson, Jean Lucas, Evandro e Cueva, e os atacantes Soteldo, Uribe, Marinho e Lucas Venuto.

No Atlético, Sampaoli também teve 14 reforços, mas três deles, Dodô, Nacho Fernández e Hulk, chegaram visando a temporada seguinte e sequer jogaram sob comando do argentino. Além do trio, os outros 11 reforços foram o goleiro Everson, os zagueiros Junior Alonso e Bueno, o lateral Mariano, os meias Zaracho, Alan Franco, Nathan, Léo Sena e Hyoran, e os atacantes Marrony, Keno, Sasha e Vargas.



Curiosidade: Assim como os times de Sampaoli, o São Paulo também estourou a cota de estrangeiros. O Brasil permite cinco jogadores estrangeiros por partida. O argentino somou seis estrangeiros nos dois times que trabalhou. No São Paulo de Ceni, o problema é ainda pior, já que o elenco soma oito gringos.

VEJA TAMBÉM
- São Paulo x Águia de Marabá: Onde assistir ao jogo da Copa do Brasil!
- A procura de reforços: São Paulo fala sobre contratação de Nilson Angulo e meia da Série A
- Uma bolada: Bayern de Munique deseja Emerson Royal e São Paulo calcula lucro na negociação


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 4 0

Comentários (8)
01/02/2023 21:58:31 Fernando Arcanjo

A diferença é que nesta janela saiu muito mais do que chegou... Sem distorções...

01/02/2023 08:54:27 Marcos Rogério Almeida

Tudo no SPFC demora demais, porque essa demora para naturalizar o Arboleda? Porque os jogadores do DM do SPFC demoram mais pra se recuperarem do que os contundidos de outras equipes? Porque o Luan e o Marcos Paulo demoram tanto pra entrarem em forma?

01/02/2023 08:52:12 elson santos

Unica coisa que falta é um técnico

01/02/2023 08:47:55 Sergio Gandini

Tem que naturalizar com urgência o Arboleda, Ferraresi até Julho esta fora dos planos e o Zerrruela não conta como jogador, ficando com 05 jogadores disponíveis..

01/02/2023 08:44:36 Carmelo Lombardo

Acontece que o Sao Paulo, se desfez de praticamente um time, aí como fica se não contratar, diferente de contratar muitos jogadores com um elenco formado

01/02/2023 08:31:09 Crtricolor1987

Só falta agora o Ceni aprender a montar um time igual o Sampaoli.

01/02/2023 08:05:34 Carlos Haffner

Esqueceram de falar que um é técnico e ou outro ta apenas começando

01/02/2023 08:00:25 Joao Filho Campos

A questão, não é contratar. A questão é deixar esse cara no comando.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.