Com contrato renovado, Ceni quer passar dos mil jogos pelo Tricolor
publicidade

Com contrato renovado, Ceni quer passar dos mil jogos pelo Tricolor

0 0 0


O goleiro Rogério Ceni já está marcado na história do São Paulo. No entanto, o jogador ainda não se contenta e espera atingir mais recordes com a camisa tricolor. Justamente no dia em que sofreu a contusão na coxa, em 4 de fevereiro, o capitão teve seu contrato estendido até dezembro de 2012 no clube. Agora, plenamente recuperado da lesão, o arqueiro se sente à vontade para falar sobre a prorrogação de seu vínculo no Morumbi.



"Não tem muito segredo. Nunca peguei luvas em renovação e nunca pedi dinheiro, só renovei em cima do meu salário. Eu trabalho e recebo no fim do mês. Em 93, fiz meu primeiro contrato profissional. Depois, em 95, fiz minha primeira renovação. Na maioria das vezes, sentei e conversei muito rápido para assinar, pois confio no clube em que trabalho", explicou.



Maior goleiro-artilheiro do mundo, Rogério Ceni também é o jogador que mais atuou com a camisa do São Paulo, com 843 participações. Agora, segundo sua própria estimativa, o capitão demonstra a intenção de atingir a marca de mil jogos pelo São Paulo até o fim de seu novo contrato.



"Eu vou jogar mais quatro anos e tenho mais 200 jogos. Não posso me dar ao luxo de me machucar e ficar fora", afirmou. Se confirmar a previsão de disputar mais 200 partidas, Ceni se tornará no único atleta a ultrapassar a marca de mil jogos pelo Tricolor.



Com os números expressivos do atleta, o presidente Juvenal Juvêncio afirmou recentemente que gostaria que, depois de se aposentar, Rogério Ceni se tornasse dirigente ou até mandatário do São Paulo.



"Fico feliz com essa declaração porque acho que ele representa muito para a história do clube, assim como o Marcelo Portugal Gouvêa. Ele (Juvenal) é inovador e perseverante, não se acomoda. Por isso, revolucionou o clube", afirmou Ceni, referindo-se também ao ex-presidente Gouvêa, que morreu no ano passado.



Além do impressionante número de jogos pelo Tricolor, Rogério também atingirá um tempo expressivo ao cumprir seu novo contrato. Apesar de ter assinado seu primeiro vínculo no clube apenas em 1993, o goleiro está no Tricolor desde 1990. Assim, quando chegar ao fim do novo contrato, o capitão já terá mais de duas décadas de trabalhos no Morumbi.



"É o meu ganha pão, mas é também onde gosto de trabalhar. Sei fazer isso e quero continuar pelo máximo de tempo jogando em alto nível", concluiu. Rogério Ceni dá sequência à sua trajetória no Morumbi na noite desta quinta, quando enfrenta o Oeste, pelo Campeonato Paulista.


VEJA: Raí diz que Antony só sai com valor da multa e revela propostas por Nenê


E MAIS: Capitão do título da Copinha pode ser testado no profissional do São Paulo


SPFC ÚLTIMAS NOTÍCIAS: ADRIANO; DANI ALVES; GILBERTO E FELIPE LUÍS! - LAYLA REIS

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!






Avalie esta notícia: 10 6

Comentários (5)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.