Osório, Aguirre e Crespo... a diretoria do SPFC repete os mesmos erros do passado?

O São Paulo agiu rápido para encontrar um novo técnico depois da saída de Hernán Crespo. O clube paulista acertou o retorno do ídolo Rogério Ceni, que desde sempre visto como principal nome para o cargo. O ex-goleiro comandou a equipe em 2017 e agora volta para uma segunda passagem.



LEIA TAMBÉM: Saída justa? Veja a opinião dos são-paulinos na web após a queda de Crespo


O anúncio da volta de Rogério Ceni foi feita em nota oficial pelo São Paulo. O treinador aceitou um contrato válido até dezembro de 2022. O clube anunciou que o novo técnico deverá comandar a equipe contra o Ceará, amanhã (14), às 19h (de Brasília).

Hernán Crespo viveu seu momento de maior contestação desde que chegou no São Paulo. Sob o comando do treinador, o Tricolor paulista se manteve a quatro pontos do Z4 do Brasileiro e somou apenas uma vitória nos últimos dez jogos. Com o empate com o Cuiabá na segunda-feira (11), o argentino tem o terceiro pior aproveitamento entre os últimos dez técnicos do clube na competição nacional.

No entanto, nas últimas semanas foi garantido no cargo de técnico pelo diretor Carlos Belmonte. Por vezes, o dirigente garantiu a permanência de Crespo no comando, inclusive após o empate contra o Cuiabá.

"Acredito no trabalho e queremos dar continuidade, lógico que precisamos também dos resultados, porque futebol é isso. Mas independente do resultado de hoje à noite, o Crespo não será demitido, pois nós temos convicção no trabalho dele", afirmou o dirigente em entrevista concedida ao programa Segunda Opinião da Rádio Energia 97.

Ao longo de oito meses, Crespo dirigiu o time na conquista do Campeonato Paulista e trabalhou em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e 10 derrotas, aproveitamento de 57,23% dos pontos. Pelo Brasileirão, alcançou 40% de aproveitamento em partidas, com 6 vitórias, 12 empates e 7 derrotas. Entre os últimos comandantes que passaram pelo Morumbi, apenas André Jardine, em 2018, e Rogério Ceni, em 2017, tiveram números inferiores.

O momento da queda do argentino relembra as saídas também de Osório e Aguirre, que, apesar dos bons números que conseguiram frente ao Tricolor, não sucumbiram a pressão e, de diferentes maneiras, deixaram o cargo de treinador no Morumbi. Relembre abaixo:

Saída de Osorio:

Em 2015, o técnico colombiano Juan Carlos Osorio comunicou à diretoria que aceitou uma proposta para dirigir a seleção mexicana. Ele tentou convencer os dirigentes do país de que poderia acumular as funções técnicas até o final do ano, mas a federação não aceitou as condições.

Segundo o colombiano, após conversas com o presidente da época, Miguel Carlos Aidar, a possibilidade de disputar a Copa do Mundo de 2018 pesou para sua decisão.

Osorio deixou o clube exatos quatro meses após sua estreia. O colombiano fez sua primeira partida pelo São Paulo na vitória por 2 a 0 contra o Grêmio, no dia 6 de junho. Seu último jogo à frente da equipe ocorreu no sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, no estádio do Morumbi.

Além de deixar o time na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos, Osorio garantiu a ida do Tricolor para a semifinal da Copa do Brasil. Por se tratar de um título inédito na história do clube, o técnico dava prioridade máxima para a disputa do torneio eliminatório.

A saída de Osorio foi mais um duro golpe para a gestão de Aidar. Na mesma semana, o clube havia confirmado a demissão do vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, por conta de uma briga em que ele se envolveu com o mandatário tricolor. Com o São Paulo mergulhado em uma grave crise política, Osorio se decepcionou com as provocações públicas de dirigentes e a quebra de promessas por parte da diretoria.

O ponto alto do desentendimento entre as partes ocorreu em 25 de setembro, quando Osorio disse não confiar na diretoria por conta dos oito jogadores que deixaram o clube desde sua chegada. Segundo o treinador, os dirigentes omitiram que o São Paulo teria de sofrer tantas baixas para quitar problemas financeiros.

Saída de Aguirre:

Após ser demitido do São Paulo no fim de 2018, Diego Aguirre praticamente não falou com a imprensa e nem explicou seu lado da história. Mais de um ano depois, o uruguaio finalmente abriu o jogo, criticou as circunstâncias de sua saída, mas se disse orgulhoso pelo trabalho no Tricolor.

Apesar de guardar os bons momentos, o treinador deixou bem claro que não entendeu sua demissão. Após liderar o Brasileirão na virada do turno, o São Paulo caiu de produção e lutava por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores, a cinco rodadas do fim.

"Óbvio que foi ruim, que foi injusto, que não dá para entender, mas isso fica para trás. Eu preferi não falar no momento (logo após ser demitido) porque eu estava ferido, estava mal e poderia falar alguma coisa que poderia me arrepender. Então deixei passar o tempo. Nós que estamos no futebol sabemos que acontecem essas coisas, faz parte", contou.



Aguirre caiu após um empate com o Corinthians por 1 a 1, na Arena, pela 33ª rodada do Brasileirão. Depois do clássico no sábado, o técnico se reuniu no domingo com Raí, executivo de futebol, e Alexandre Pássaro, gerente-executivo de futebol, quando foi comunicado da decisão.






São Paulo, Osório, Aguirre, Queda, Diretoria, SPFC

VEJA TAMBÉM
- LG patrocina São Paulo Futebol Clube na final da CONMEBOL Sudamericana 2022
- Veja como chega o Independiente del Valle, adversário do São Paulo na Sul-Americana
- São Paulo inicia preparação para final contra Del Valle; veja situação de lesionados


RAIO-X DEL VALLE X SPFC; MIRANDA; DAVID; RETORNO DE LEDIONADOS; TORCEDORES EM CÓRDOBA E MAIS


CONFIRA:Final da Sul-Americana: são-paulinos poderão comprar ingressos no Morumbi

VEJA TAMBÉM:Diretor do São Paulo garante: "Vamos com o Rogério até o final de 2023"

E MAIS:Pato de volta ao São Paulo? Entenda a situação do atacante

Avalie esta notícia: 11 0

Comentários (6)

13/10/2021 22:05:13 Marcos Silva

Osorio saiu? Como ficar quando prometeram manter o time e vederam apos isso metade do time, o Osório goi o melhor tecnico rm anos que vimos, como ganharia se nao ficou nrm 6 meses no clube

13/10/2021 19:57:19 Rubens Gonzales

Bausa ruim aguirre tambem crespo tambem e osorio pediu a conta mas tambem nunca ganhou nada. Qual desses citados eh bom? Nenhum!!!!!

bronze
13/10/2021 19:23:10 Cainas010

O pior é que o momento não é nenhum pouco favorável ao retorno de Rogério Ceni.Tenho a sensação (torço muito para que esteja errado) que essa passagem irá arranhar bastante a imagem de ídolo máximo que Rogério construiu dentro de campo

prata
13/10/2021 19:22:57 regulation

Osorio saiu, não foi demitido.

A demissão do Aguirre foi a mais injusta.

O time na época dele simplesmente não tinha reservas e ainda por cima era velho (Nenê, Diego Souza etc). A queda de rendimento no segundo turno era esperada.

13/10/2021 19:15:38 JACKBRAL

Parabéns a todos os envolvidos a levar o São Paulo a segunda divisão. Principalmente aos frouxos, amarelões, sanguessugas dos jogadores. E a diretoria Amadora, que invés de punir quem são os verdadeiros culpados pela má fase. No final do Brasileirão, manda embora mais um treinador. E os derruba técnico continuarão sem ser incomodados.

13/10/2021 19:14:02 João Victor Alves santos

Erro foi demitir aguirre e agora o crespo.osorio tinha aceitado uma proposta do mexico se eu nao me engano. Agora aguirre e crepo decisões tomadas nem pela diretoria, mais sim pela pressão de jornalistas

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
  • + Comentadas Fórum

  • publicidade
  • Fórum

  • Próximo jogo - Sudamericana

    Sáb - 17:00 - Mario Alberto Kempes -
    São Paulo
    São Paulo
    Independiente Del Valle
    Independiente Del Valle

    Último jogo - Brasileiro

    Dom - 20:00 - Cicero Pompeu de Toledo
    images/icon-spfc.png
    São Paulo
    4 0
    X
    Avai
    Avai
    Calendário Completo
  • publicidade
  • + Lidas

  • publicidade
  • Untitled Document
    Classificação
    1 Palmeiras
    2 Corinthians
    3 Internacional
    4 Atletico Paranaense
    5 Atletico-MG
    6 Fluminense
    7 Flamengo
    8 São Paulo
    9 Santos
    10 Botafogo
    11 Avai
    12 RB Bragantino
    13 Ceará
    14 Goiás
    15 Cuiaba
    16 Coritiba
    17 America Mineiro
    18 Atletico Goianiense
    19 Juventude
    20 Fortaleza EC
    P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
    30 16 8 6 2 27 12 15 VVEDE
    29 17 8 5 4 19 17 2 VEDVD
    29 17 7 8 2 23 15 8 DVEVE
    28 17 8 4 5 20 17 3 VVVDE
    28 16 7 7 2 24 17 7 EVVVE
    27 16 8 3 5 22 15 7 EVVVV
    24 17 7 3 7 20 17 3 DVVDV
    23 16 5 8 3 20 16 4 DDEVE
    22 17 5 7 5 20 16 4 EEDVD
    21 16 6 3 7 17 21 -4 VVDVD
    21 17 6 3 8 19 27 -8 DEDDV
    21 16 5 6 5 24 20 4 VEDDV
    21 17 4 9 4 19 18 1 EEEDV
    20 16 5 5 6 16 19 -3 DDVDV
    19 16 5 4 7 13 17 -4 DEDVV
    19 17 5 4 8 20 27 -7 DDVED
    18 16 5 3 8 12 18 -6 EDDVD
    17 16 4 5 7 17 22 -5 DVEDD
    12 16 2 6 8 15 28 -13 DDEDE
    11 16 2 5 9 13 21 -8 DVDDE
    Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
    vitoria empate derrota
28/09/2022 15:57:26