publicidade

Reserva do capitão, Bosco quer devolver posição ao 'dono' com troféu

Ciente de que sua condição de titular do gol do São Paulo é temporária e que a rotina de assistir aos jogos da equipe do banco de reservas voltará tão logo Rogério Ceni se recupere da lesão no tornozelo esquerdo, o experiente Bosco traçou uma meta para quando chegar a hora de devolver a posição ao seu legítimo 'dono'.

Na visão do ex-arqueiro do Sport, o melhor modo de receber Rogério Ceni de volta ao time dentro de quatro ou cinco meses é com o troféu mais cobiçado por todos no clube neste primeiro semestre: o de tetracampeão da Libertadores da América.

"Venho trabalhando para poder entregar a posiçao de titular ao Rogério com títulos, com o título da Libertadores", avisou o camisa 22, também disposto a ter um bom início de Campeonato Brasileiro como titular.

"Gostaria de ver o Rogério voltar com o time em condição muito agradável, com um título e bem colocado no Campeonato Brasileiro. Esse é meu pensamento e vou trabalhar muito para que isso possa acontecer nesses quatro, cinco meses", prometeu.

Apesar de reconhecer a falta que o camisa 1 faz à equipe, Bosco discordou que o São Paulo tenha ficado 'órfão' de um jogador com capacidade para assumir a tarja de capitão. E citou vários exemplos para ilustrar sua afirmação.

"Tanto o Rodrigo quanto o Miranda, que foram os últimos capitães, têm buscado no Rogério um exemplo de liderança. Capitão nada mais é um representante perante da arbitragem. Não é a faixa que lhe dá a liderança. Sendo exercida em benefício da equipe é bem-vinda, independente do jogador".

Apesar de ainda não contar com a mesma confiança que a torcida deposita em Rogério, Bosco acredita estar credenciado para realizar um bom papel enquanto o capitão estiver em recuperação no departamento médico. E conta com o apoio do próprio Rogério Ceni e do técnico Muricy Ramalho para superar eventuais obstáculos.

"Quando ele (Rogério) machucou, falei que perderíamos um grande jogador e um grande líder, insubstituível, pois cresce muito em momentos de decisão. Foi uma perda visível, pela liderança, pelo respeito que o adversário tem. Perdemos em muitos sentidos, mas estou tranquilo, pois tenho a confiança do treinador e do próprio Rogério", finalizou.

VEJA TAMBÉM
- PRÓXIMO CONFRONTO! Veja o histórico do confronto entre Vasco e São Paulo
- VAI DEFINIR SEU FUTURO! Questionado no Tricolor, possível destaque na Copa América pode definir futuro de meia
- ONDE ASSISTIR: Vasco x São Paulo pelo Brasileirão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 7

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.