publicidade

Zagueiros são-paulinos no TJD/SP

André Dias e Rodrigo foram expulsos nas semifinais do Paulistão 2009 e podem ter problemas para 2010

A participação do São Paulo no Paulistão 2009 já acabou, mas o time pode ter problemas para a edição de 2010 da competição. André Dias e Rodrigo foram expulsos na primeira e na segunda partida, respectivamente, da semifinal do campeonato contra o Corinthians, e serão julgados na segunda-feira, 27 de abril, no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD/SP), a partir das 18h.

Rodrigo Baldasso da Costa e André Gonçalves Dias foram denunciados no artigo 254 (Praticar jogada violenta) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê suspensão de 2 a 6 partidas.

André Dias já cumpriu suspensão automática não jogando a segunda partida da semifinal. Rodrigo, caso permaneça no futebol paulista, não jogará a primeira partida do campeonato estadual em 2010. Caso os zagueiros não sejam absolvidos, a punição será cumprida no próximo Paulistão, não tirando a condição dos atletas de atuarem no Campeonato Brasileiro.

O camisa 3 foi expulso no confronto do Pacaembu. O árbitro da partida foi Sálvio Spínola, que relatou na súmula que o zagueiro recebeu cartão vermelho “aos 56 minutos de jogo (nove minutos do segundo tempo) por, após ser advertido anteriormente, ter calçado seu adversário Bruno Bonfim (Dentinho), na disputa de bola, não sendo necessário atendimento médico”. O jogador havia levado o primeiro cartão por obstruir Ronaldo em um contra-ataque puxado pelo atacante corintiano.

Ronaldo e André Dias, nessa mesma partida, protagonizaram um lance que gerou muita polêmica sobre a arbitragem de Spínola. Logo no início da partida, Ronaldo entrou de sola na canela do são-paulino, e foi advertido apenas com um cartão amarelo.

Já Rodrigo foi expulso na segunda partida, na qual as equipes se enfrentaram no Morumbi. Desta vez, quem expulsou e relatou o fato foi o árbitro Wilson Luiz Seneme. “Por desferir e atingir, na disputa da bola, um pontapé com seu pé esquerdo, atingindo o tornozelo direito do adversário 31”, era o que estava escrito na súmula. O zagueiro atingiu Dentinho, na segunda etapa da partida, e tomou o segundo amarelo, seguido do vermelho.

VEJA TAMBÉM
- VAI PERDER O TITULAR? Rival no Brasileirão prepara oferta por titular absoluto do São Paulo. Confira!
- PROGREDINDO? Negociação com lateral Alex Sandro avança no São Paulo, diz diretor
- Promessa de Goleiro: Luciano responde a Carlos Miguel


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 11

Comentários (4)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.