publicidade

São Paulo produz filme "O Soberano" e nega arrogância

O São Paulo anunciou na manhã desta segunda-feira a produção do filme Soberano - Seis Vezes São Paulo. O documentário, que tem previsão de chegar aos cinemas em setembro, foi lançado pelo vice-presidente de marketing do time tricolor, Júlio Casares, que justificou a escolha do nome do longa-metragem.


"Este nome é forte e surgiu dentro de um cenário analítico. Não é arrogância, e sim números. Quem é seis vezes campeão brasileiro e três vezes do Mundial? É o São Paulo. O hexacampeonato é a oportunidade que esperávamos para lançar este filme", afirmou.

Três são-paulinos serão os responsáveis pela produção. A direção será de Carlos Nader, com roteiro de Maurício Arruda. Já a parte musical será de responsabilidade de Nando Reis.

Ainda há apenas uma idéia de como o filme será desenvolvido, mas Nader explica que é impossível de prever exatamente como será concluída a obra, já que os torcedores poderão participar da produção mandando vídeos para o site www.filmesoberano.com.br.

"A idéia é basear muito na torcida, que é um dos pilares do filme. Por isso, o site é importante, pois é por onde receberemos as histórias. Vamos tentar realmente abrir canais com o torcedor para eles mandarem imagens, histórias, músicas, fotos...", afirmou o diretor.

O documentário retratará os seis títulos brasileiros do São Paulo (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008). Personagens relevantes das conquistas terão destaque no longa-metragem, como Muricy Ramalho, Chicão, Careca, Daryo Pereira, Telê Santana, Raí e Rogério Ceni.

Já os dirigentes terão menor participação, enquanto os depoimentos dos torcedores serão os responsáveis por ditar o andamento do filme. "O roteiro de um documentário é alterado pelos depoimentos que chegam. Temos uma linha, mas podemos mudar pelo que recebermos dos torcedores", explicou Arruda.

Júlio Casares tem a intenção de ver a obra em salas de cinema do Brasil e do exterior. "Lançaremos primeiro em São Paulo, mas, depois, iremos também para Rio de Janeiro, Brasília, Nordeste... Além disso, tem a possibilidade de ser exibido fora do país em festivais", explicou. O vice-presidente de marketing explicou também que não acredita em ser arriscado lançar o filme apenas em setembro, justamente durante o Brasileirão e sem ainda saber como estará o desempenho do clube.

"Em setembro, o São Paulo ainda não terá sido alcançado por ninguém. O único que pode nos alcançar no fim do ano é o Flamengo, e ainda com alguma discussão", concluiu Casares, lembrando que o time rubro-negro se considera pentacampeão nacional, mas sem o reconhecimento da CBF.

VEJA TAMBÉM
- Ovacionado pela torcida em classificação do São Paulo, Rafael fala sobre "honra" e diz: "Cada dia no CT eu faço meu melhor"
- São Paulo perde de virada para o Sport e vê queda de tabu, recorde e série invicta de Dorival, mas avança na Copa do Brasil nos pênaltis
- Em duelo decisivo pela Copa do Brasil, Tricolor recebe o Sport


CONFIRA:Ceni revela jogadores que São Paulo tentou contratar e não conseguiu

VEJA TAMBÉM:São Paulo dá prazo para resposta de Luan e vê renovação com pessimismo

E MAIS:Palmeiras ultrapassa São Paulo como terceira maior torcida do Brasil, aponta pesquisa

Avalie esta notícia: 19 3

Comentários (23)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.
Stake Registre-se