publicidade

Anderson desabafa: ‘Nesta situação não dá’

Anderson está sendo pouco aproveitado por Muricy e tem brigado até mesmo por lugar no banco de reservas

Anderson tem contrato de empréstimo com o São Paulo até julho de 2009. No entanto, após três meses, sofreu com uma tendinite no joelho direito e foi pouco aproveitado.

Preocupado em recuperar o bom futebol apresentado pelos clubes em que já atuou, Anderson já admite deixar o Tricolor antes mesmo do término do contrato. Porém, esse assunto será discutido com a diretoria do Sampa após o fim do Brasileiro.

– Respeito as decisões do Muricy. O time está vivendo ótima fase. Mas, se eu sentir que o espaço está reduzido, vou procurar outro clube para jogar – admitiu Anderson.

Com a camisa do Sampa, o zagueiro atuou cinco vezes (duas na Sul-Americana e quatro no Nacional). A expectativa era se tornar titular, mas perdeu espaço após a volta de Miranda e a afirmação de Rodrigo.

– Uma pena meu joelho ter me atrapalhado. Tenho de procurar uma brecha na equipe. Não posso ficar sem jogar. Fico chateado quando não sou nem relacionado – disse o atleta, que tem brigado até mesmo por um lugar no banco.

Marcelo Djian, representante do Lyon (FRA) no Brasil, acredita que não seja o melhor momento para tomar esta definição, já que o São Paulo briga pelo título brasileiro. Anderson ainda tem contrato de dois anos com o clube francês.

– Não foi conversado nada ainda, mas tudo é possível. Acabando o Brasileirão, vamos conversar.

VEJA TAMBÉM
- Direção faz reunião com treinador e fica próximo de acordo
- Técnico argentino é o favorito para assumir o São Paulo
- Thiago Carpini é demitido do São Paulo após quatro meses no cargo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 5 2

Comentários (4)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.