publicidade

Rogério Ceni admite: resultado foi injusto

Ciente do sufoco que o São Paulo levou nos momentos finais da partida contra a Portuguesa, o capitão Rogério Ceni admitiu que o resultado final do placar não foi justo.

“O futebol é assim. Em muitas partidas nós fomos superiores e não vencemos. Hoje (sábado), a Portuguesa foi melhor no segundo tempo e não venceu. Não há explicação. A sorte escolheu um lado e hoje (sábado) foi o nosso”.

Para o goleiro-artilheiro, a conquista dos três pontos dentro do Canindé tem um responsável em especial: Borges, autor dos dois primeiros gols da equipe e que ainda tentou “roubar” de Zé Luis o terceiro, confirmado para o volante na súmula de Wilson Luis Seneme.

“Hoje foi a noite do Borges e da torcida. Agora é só fazer a nossa parte domingo, com 70 mil pessoas no Morumbi, para continuarmos caminhando. Mas temos que tomar cuidado, pois o Figueirense já arrancou pontos do Palmeiras e do Grêmio, nossos adversários mais próximos”, concluiu.

O volante Hernanes, novamente figura sóbria no meio-campo, também apostou em dificuldades contra os catarinenses, mas apostou suas fichas no potencial são-paulino. 'Daqui para a frente todos os jogos serão assim, decisões. Mas estamos preparados para tudo', garantiu.

VEJA TAMBÉM
- Meia argentino é oferecido ao São Paulo e tem preferência declarada
- Calleri e Rafinha processam empresa dona do jogo FIFA
- Zubeldía reforça torcida por renovação de lateral do São Paulo


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 6 5

Comentários (1)

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.