publicidade

Concentrado, Tricolor quer disparar

Líder do Brasileiro, São Paulo faz clássico contra a Portuguesa neste sábado, às 18h30min, no Canindé

Depois de mostrar uma arrancada espetacular e conquistar a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo tem uma verdadeira prova de fogo neste sábado para consolidar a condição de melhor equipe da competição. Às 18h30, os comandados de Muricy Ramalho enfrentam a Portuguesa, no estádio do Canindé. Se vencer, o time dispara na liderança e abre quatro pontos de vantagem sobre os principais rivais.

Muricy Ramalho teve uma longa conversa com os atletas durante a semana. Deixou clara a importância da vitória e, mais do que isso, pediu um time concentrado e com atittude em campo. "A gente vai enfrentar um adversário que cresceu demais nas últimas rodadas e que jogará na sua casa. Por isso, já falei para os jogadores. Para vencer, teremos de jogar muito mais do que o que mostramos contra o Internacional", disse o técnico.

Os jogadores seguem a mesma linha de raciocínio. "Não é porque vencemos o Internacional que já está tudo garantido. Temos de continuar com o mesmo comportamento. É mais uma decisão que teremos pela frente. Não podemos nem pensar no empate", disse o meia Jorge Wagner. O zagueiro André Dias foi ainda mais enfático. "Não podemos mudar nossa postura. Voltamos a jogar como o São Paulo porque passamos a ter humildade. E assim temos de continuar até o final", ressaltou o camisa 3.

Os números jogam a favor da equipe tricolor no clássico deste sábado. No estádio do Canindé, foram disputadas 30 partidas, com 14 triunfos do São Paulo, dez empates e apenas seis derrotas. "Faz muito tempo que a gente não joga lá", lembrou Muricy Ramalho.

As dimensões do gramado são menores em relação ao Morumbi. Por isso, Jorge Wagner disse que o time tem de procurar se adaptar rapidamente e ainda usar as melhores armas. "Como o campo é pequeno, a gente tem de usar muito a bola parada. Sabemos que é uma das nossas qualidades e podemos decidir a partida dessa maneira", ressaltou.

Em relação ao time, a grande novidade será a entrada de Joilson, recuperado de lesão no tornozelo esquerdo, sofrida na vitória de 1 a 0 sobre o Náutico. Ele entra na vaga de Hugo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Zé Luis, que vinha atuando na ala-direita, voltará para o meio-campo. E Hernanes atuará como um meia, com liberdade para encostar no ataque e municiar os atacantes Dagoberto e Borges.

Ficha técnica

Portuguesa: Gottardi; Halisson, Bruno Rodrigo e Erick; Wilton Goiano, Raí, Preto, Fellype Gabriel e Athirson; Jonas e Edno.
Técnico: Estevam Soares

São Paulo: Rogério Ceni; Rodrigo, André Dias e Miranda; Joilson, Zé Luis, Jean, Hernanes e Jorge Wagner; Dagoberto e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho

Juiz: Wilson Luiz Seneme (SP)
Horário: 18h30min
Local: estádio do Canindé, em São Paulo

VEJA TAMBÉM
- CHAPÉU NO RIVAL? São Paulo negocia com craque do futebol europeu que está na mira do Flamengo
- A CAMINHO DO RIVAL! Com a autorização do presidente, Santos aprova contratação de ex-São Paulo
- NOVA CHANCE! São Paulo reconsidera volante descartado por Zubeldía e pode receber nova chance


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 8 7

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.