publicidade

LNET! mostra história do clássico no BR

Equipes protagonizaram grandes jogos da história dos pontos corridos

Craques, polêmicas, campeões, gols, disputa de título... LANCENET ! mostra que Palmeiras e São Paulo fazem neste domingo o grande clássico da história dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro.

1 - Clássico no confronto direto

Pela primeira vez, desde 2003, quando o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado por pontos corridos, duas equipes que disputam o título fazem um clássico estadual. Nos três primeiros anos, os adversários eram de diferentes locais do país: Cruzeiro e Santos, em 2003; Santos e Atlético-PR, em 2004; e Corinthians e Internacional, em 2005. Nas últimas duas edições, as rodadas finais serviram apenas para que o São Paulo confirmasse os títulos. Agora, a nove jogos do fim da competição, o clássico do Palestra Itália ganha ares decisivos.

2 - Último clássico no Palestra?

O São Paulo, clube da capital que mais tem o hábito de freqüentar o Palestra Itália, onde sustenta bom retrospecto recente, pode disputar o último clássico da atual era do estádio. A diretoria do Palmeiras pretende iniciar as reformas no primeiro semestre de 2009 e, durante as primeiras etapas da obra, a equipe terá de jogar longe de casa. Com a Arena pronta, o Verdão espera poder receber também o Corinthians. A capacidade do estádio depois das reformas será de aproximadamente 45 mil pessoas.

3 - Na última visita, o gás...

O São Paulo volta ao Palestra Itália pela primeira vez depois do episódio do gás lançado em seu vestiário, no intervalo da semifinal do Paulista. Na ocasião, atletas, integrantes da comissão técnica e, sobretudo, Muricy Ramalho passaram mal. O time teve de ficar no gramado durante o intervalo. Após a partida, Vanderlei Luxemburgo insinuou que o Tricolor poderia ser responsável pelo gás. Na última semana, o L! mostrou que o suspeito, investigado pelo Ministério Público, pertence à Mancha Alviverde.

4 - É o melhor goleiro do Brasil...

É o que cantam tanto palmeirenses, quanto são-paulinos. Marcos completou 400 jogos recentemente com a camisa do Verdão. Após uma série de contusões, reconquistou o posto de titular e voltou a atuar como em seus melhores anos: 1999, quando venceu a Libertadores, e 2002, campeão do mundo pela Seleção Brasileira. Já Rogério Ceni, com 830 partidas pelo Tricolor, também está em boa fase. Nos últimos três anos, ele conquistou um Paulista, uma Libertadores, um Mundial e dois Brasileiros.

5 - Eles são os caras!

Dunga, técnico da Seleção Brasileira, deve ter calafrios ao ver o clássico de hoje. Vanderlei Luxemburgo e Muricy Ramalho são os principais candidatos a comandar a equipe nacional caso o ex-jogador não resista à pressão popular. Ambos já se declararam preparados para assumir o cargo. Além disso, não há técnico mais indicado para comandar um time em campeonatos por pontos corridos. Luxa conquistou os dois primeiros: 2003 (Cruzeiro) e 2004 (Santos). Muricy, os dois últimos, pelo São Paulo.

6 - Não vale só três pontos...

Nos últimos anos, as disputas entre Palmeiras e São Paulo têm se acirrado cada vez mais. Depois de reforços que estavam na mira de ambos, como Richarlyson, Lima, Rodrigo Fabri e Diego Souza, e do lateral-direito Ilsinho ter trocado o Alviverde pelo Tricolor, surgiu a disputa para ter o estádio paulista na Copa do Mundo de 2014. Os palmeirenses, com seu projeto de Arena, acusam o Morumbi de atraso. Os são-paulinos, com o aval da CBF e do Governo, rebatem e garantem a abertura do Mundial.

7 - Supremacia verde

Um resultado positivo fará o Palmeiras quebrar tabu de 11 anos: chegará ao fim da temporada com mais vitórias do que o São Paulo no confronto direto. Até aqui, em 2008, foram quatro partidas, com dois triunfos para cada lado. Os anfitriões ganharam duas no Paulistão, enquanto os visitantes de hoje venceram uma no Estadual, outra no primeiro turno do Brasileiro. Desde 1996, quando o Verdão ganhou os três clássicos, isso não ocorre. Naquele ano, Luxemburgo era o técnico do time. E Muricy estava no Sampa.

8 - Tricolor na frente

O São Paulo só esteve à frente do Palmeiras na tabela do atual Campeonato Brasileiro em três rodadas: primeira, 13 e 15, todas no primeiro turno. Hoje, se vencer, o time do Morumbi ultrapassa o rival num momento decisivo da competição: faltarão mais oito rodadas para o fim. Além de ficar numa posição superior a do Verdão, o Tricolor se aproximaria ainda mais da liderança. Nos últimos dois anos, depois que chegou à primeira posição, a equipe não largou mais. Até levantar a taça.

9 - Dupla de Ferro

A rivalidade histórica que cerca Palmeiras e São Paulo se acentuou com a queda do Corinthians para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Depois de festejarem juntos, os torcedores perceberam que o trio de ferro estaria desfalcado em 2008. No Paulistão, quando o Timão poderia incomodar, nem sequer se classificou para as semifinais. Verdão e Tricolor fizeram a polêmica decisão antecipada. Agora, com o Santos em mau momento, os vizinhos monopolizam a disputa estadual.

10 - Artilharia pesada

São Paulo e Palmeiras estão entre os três melhores ataques do Brasileirão: o time do Morumbi lidera o quesito, com 47 gols. A equipe do Palestra marcou 46, mesmo número do líder Grêmio. Promessa de gols hoje à tarde, principalmente porque os artilheiros dos times estarão em campo: de um lado, Alex Mineiro, com 17; do outro, Hugo, com dez. Diego Souza e Borges, os vices, também estão confirmados.

VEJA TAMBÉM
- CONCORRÊNCIA? Vasco entra na disputa por André Silva
- São Paulo empata com Guarani e completa 4 jogos sem vitória no Paulistão
- Provável escalação do São Paulo para duelo contra o Guarani no Paulistão


Receba em primeira mão as notícias do Tricolor, entre no nosso canal do Whatsapp


Avalie esta notícia: 11 10

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.